CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

A ou À Espera

Na torre do tempo há um vigilante
Do passado presente e futuro.
Está sempre de olho aberto
Não vá um segundo saltar o muro

Não pode o tempo se baralhar
E o futuro ficar para trás
São muitas as almas que por ele anseiam
E de que o próprio futuro traz

Mas há gente que há muito deixou
De se preocupar com os seus presentes
Por tal seu futuro passa-lhes
Sem que disso estejam cientes.
 

Submited by

terça-feira, dezembro 21, 2010 - 17:13

Poesia :

No votes yet

Outro

imagem de Outro
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 3 anos 27 semanas
Membro desde: 03/02/2010
Conteúdos:
Pontos: 884

Comentários

imagem de Librisscriptaest

Ola, ola!!!

"Na torre do tempo há um vigilante
Do passado presente e futuro.
Está sempre de olho aberto
Não vá um segundo saltar o muro"

Reflectivo, inteligente e divertido...  Como sempre fez-me imaginar e pensar!

E sabes, de certeza que ha mesmo um guarda a vigiar os muros do tempo e deve atirar a matar...

Ja tinha saudades de te ler!

Um beijinho grande em ti!

Inês

imagem de Outro

Obrigado Inês!! Também

Obrigado Inês!!

Também tenho saudades de te ler.

Um beijinho em ti idem!!

imagem de Susan

EXCLENTE REFLEXÃO POÉTICA

EXCLENTE REFLEXÃO POÉTICA ...
UM FUTURO QUE FICOU PRA TRAZ
E UM FUTURO QUE PASSA DESAPERCEBIDO ...
BEIJO
Susan

imagem de Outro

Talvez tudo seja futuro

Talvez tudo seja futuro Susaninha.

Gracias!

Bjs!!

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Outro

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Geral Ao volante do Chevrolet pela estrada de Sintra- Álvaro de Campos -Poema Pintado- Paint sobre Paint 0 1.364 01/17/2018 - 22:11 Português
Poesia/Geral O Astro Rei 0 1.318 01/14/2018 - 17:14 Português
Poesia/Geral Imagina lá tu... 0 2.042 01/14/2018 - 16:54 Português
Poesia/Geral Alfanumérico 0 1.670 01/13/2018 - 13:56 Português
Poesia/Geral Raízes 0 1.021 01/11/2018 - 18:45 Português
Poesia/Geral Inteligência Artificial 0 1.232 01/07/2018 - 19:32 Português
Poesia/Geral Canção ás Minhas 3 Meninas 0 1.101 01/02/2018 - 11:13 Português
Poesia/Geral contemplamento 0 1.066 01/01/2018 - 17:27 Português
Poesia/Amor Livros 0 1.446 12/15/2017 - 16:06 Português
Poesia/Geral As Grandes Guerras 2 1.974 07/27/2011 - 14:36 Português
Poesia/Geral Patetice 4 1.966 07/27/2011 - 14:17 Português
Poesia/Geral Palavras Caídas 0 1.816 07/27/2011 - 13:45 Português
Poesia/Geral Palavreados 0 1.670 07/05/2011 - 13:23 Português
Poesia/Geral Hermético 0 3.138 06/19/2011 - 22:54 Português
Poesia/Geral Sinapse em Tilt 0 2.845 06/05/2011 - 11:57 Português
Poesia/Geral Convite Para Lançamento de Livro 0 2.984 05/18/2011 - 18:38 Português
Poesia/Geral Não Tenho Titulo Para Isto 13 2.388 04/27/2011 - 15:23 Português
Poesia/Geral Os Encalhados 4 2.895 04/27/2011 - 09:17 Português
Poesia/Geral Silêncios 4 1.816 04/17/2011 - 23:44 Português
Poesia/Geral Escrito Por Todos Nós 0 2.362 03/17/2011 - 16:45 Português
Poesia/Geral In Perfeição 3 1.469 03/15/2011 - 22:50 Português
Poesia/Geral Valium 1 2.577 03/13/2011 - 00:44 Português
Poesia/Geral "Tu" 0 2.217 03/12/2011 - 16:37 Português
Poesia/Geral "Porque a Galinha Atravessa a Estrada?" 0 2.109 03/12/2011 - 15:53 Português
Poesia/Geral "Eu" 1 1.789 03/11/2011 - 00:51 Português