CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Quisera eu fosse assim

Quisera eu que fosse assim

Fitilhos de cetim,
Beijos em boca carmim.
Pacto de sangue
Ao léu, no mangue.
Pedras brutas
No caos, em lutas.
Mãos seguras,
Coesas figuras.
Melado, doce
Quisera eu que assim fosse.
Melancolia, flores,
Magia em dores
Permeiam corpos,
Todos quase mortos.
Plurisensoriais
Descobertos, neurais.
Petelecos de farra
Sedução na marra.
Clareia a lua,
E ela nua.
Ele, boto
Não rosa, morto.
Jurubebas e jamelões curativos
Para livrá-los dos martírios.
Presunção de hoje,
Inquietude do amanhã.

Texto de Teresa Azevedo, extraído livro “Faíscas da Paixão”
Pintura de Vicente do Rego Monteiro – O boto (MAC- USP)

Adquira os livros de Teresa Azevedo no site www.clubed

eauti=ores.com.br

Submited by

segunda-feira, março 31, 2014 - 14:12

Poesia :

No votes yet

teresaazevedo

imagem de teresaazevedo
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 1 ano 3 semanas
Membro desde: 09/16/2010
Conteúdos:
Pontos: 608

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of teresaazevedo

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Tristeza Simples assim 0 577 05/25/2018 - 20:42 Português
Poesia/Paixão Dono dos meus caprichos 0 343 05/25/2018 - 20:15 Português
Poesia/Paixão Dono dos meus caprichos 0 321 05/25/2018 - 20:15 Português
Poesia/Geral O êxtase do poeta é a poesia 0 702 11/06/2015 - 11:34 Português
Poesia/Geral Poeta é gente diferente 0 794 11/06/2015 - 11:32 Português
Poesia/Geral Nós eremitas 0 660 11/06/2015 - 11:31 Português
Poesia/Geral Ser coletivo 0 759 11/05/2015 - 18:08 Português
Poesia/Geral Transcendemos corpos e emoções 0 771 11/05/2015 - 18:06 Português
Poesia/Meditação Ondulações 0 797 11/05/2015 - 18:04 Português
Videos/Poesia Projeto Ondulações 2014 0 3.507 11/05/2015 - 08:02 Português
Poesia/Tristeza Batem as asas do adeus 1 1.350 07/29/2014 - 01:08 Português
Poesia/Poetrix Crescer sim, beber não! 1 930 07/26/2014 - 00:30 Português
Poesia/Geral Miscelânea poética 1 1.420 07/17/2014 - 23:58 Português
Poesia/Aldravias Aldravia 1 0 1.509 07/17/2014 - 16:36 inglês
Poesia/Geral Tarde, mormaço 1 1.086 07/13/2014 - 23:57 Português
Poesia/Geral Descortine-os 0 1.019 07/12/2014 - 18:42 Português
Poesia/Geral Intocável 0 733 07/12/2014 - 18:01 Português
Poesia/Arquivo de textos Como alcançar o inalcançável 0 1.308 07/11/2014 - 04:39 inglês
Poesia/Arquivo de textos Como alcançar o inalcançável 0 1.113 07/11/2014 - 04:39 inglês
Poesia/Arquivo de textos (Poesia coletiva, resultado do primeiro Sarau, produzida através de palavras que cada assistido falou) 0 1.147 06/27/2014 - 19:06 inglês
Poesia/Paixão Casados em cópula 1 1.288 06/19/2014 - 00:12 Português
Poesia/Desilusão Pássaro Errante 1 1.015 06/16/2014 - 03:15 Português
Poesia/Fantasia Sonhei, tão somente sonhei 1 840 06/14/2014 - 19:28 Português
Poesia/Paixão Com a força dos temporais 1 975 06/12/2014 - 04:55 Português
Poesia/Amor Fragmento da poesia “Nós” 0 793 06/11/2014 - 06:21 Português