CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

REPASTO DE ESQUECIMENTO

Sem porquê nem poder,

sem música nem fado

por céus divididos pelas fatias do tempo

ceifado até pó deitado ao passado,

onde seivas de nada escorrem

por todo o lado,

fechado num momento mordido

por cada pedaço da sua primitiva passagem,

sem vertigem nem miragem,

frias Primaveras nos prados do olhar,

de vistas cegas quão infinitas,

de aragem irrequieta,

de danças bonitas,

andanças aos gritos no peito

como que uma casa cheia de vazias luzes

num rio de cruzes e sede,

chegar como que uma rede de dor

que nos envolve,

amar que nos mata e nos dissolve

em poesia e silêncio

num repasto de esquecimento.
.
.
Henrique Fernandes

Submited by

terça-feira, janeiro 27, 2015 - 22:48

Poesia :

No votes yet

Henrique

imagem de Henrique
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 5 anos 14 semanas
Membro desde: 03/07/2008
Conteúdos:
Pontos: 34817

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Henrique

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Amor AMAR É SER SOL E LUA 6 1.220 07/03/2009 - 05:22 Português
Poesia/Desilusão CAIXÃO 7 847 06/18/2009 - 23:35 Português
Poesia/Geral AJO 1 1.442 05/21/2009 - 03:23 Português
Poesia/Amor QUERO 1 817 05/19/2009 - 15:09 Português
Poesia/Meditação EU... 4 2.692 05/19/2009 - 14:24 Português
Fotos/Outros O.V.N.I 6 1.499 05/18/2009 - 14:26 Português
Prosas/Pensamentos ÁRIES 2 1.588 05/11/2009 - 03:56 Português
Poesia/Paixão TU 1 1.292 05/11/2009 - 03:14 Português
Poesia/Meditação NOITE 3 2.080 05/05/2009 - 10:28 Português
Poesia/Amor QUÃO BELA É A MULHER 2 2.093 09/24/2008 - 13:04 Português