CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Roça de Milho

Uma lamparina acesa

na mesa posta

nada farta

pouca sopa

 

O candeeiro anuncia

a chegada

de visita

abre a porta

 

O chapéu pendura

mão cumprimenta

aproxima, abraça

e senta

 

Aperitivo é caninha

da roça

a moça

trás da cortina

 

Caldo de mandioca

couve, taioba

alguma linguiça

serve a janta

 

Alguns causos conta

história de caipora,

a noite anima de prosa

da gente caipira

 

Hora já passada

Despede da parentada

Plena madrugada

Rumo da estrada toma

 

Amanhã mais um dia

Afiar a enxada

Tempo de capina

Milharal já desponta a boneca

 

Cuidar pra colheita

Pra ser boa a safra

Poder comprar roupa nova

Querosene, arroz e manta de banha

 

O espantalho espanta

O corvo negro que devora

As bonecas do milho em flor ainda

Quem planta, cuida

     

Olha pro céu cinza

Faz prece pra cair chuva

Para nascer forte espiga

Virar cural, fubá,

 

Depois, levar pra feira

Preparar com água quente, palha e linha

a saborosa pamonha, que delícia

ou assar a espiga, passar manteiga de garrafa.

 

AjAraújo, o poeta humanista, escrito em 23-fev-2012, homenagem aos agricultores familiares de todo o Brasil que tem na plantação do milho e de outros gêneros alimentícios, a esperança de dias melhores.

Submited by

quinta-feira, fevereiro 23, 2012 - 15:43

Poesia :

No votes yet

AjAraujo

imagem de AjAraujo
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 1 ano 43 semanas
Membro desde: 10/29/2009
Conteúdos:
Pontos: 15584

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of AjAraujo

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Poetrix Poemas - de "Magma" (Guimarães Rosa) 2 18.309 06/11/2019 - 10:48 Português
Videos/Música Ave Maria - Schubert (Andre Rieu & Mirusia Louwerse) 1 24.390 06/11/2019 - 10:02 inglês
Poesia/Fantasia Cabelos de fogo 0 1.722 04/28/2018 - 20:38 Português
Poesia/Dedicado A criança dentro de ti 0 1.088 04/28/2018 - 20:20 Português
Poesia/Pensamentos O porto espiritual 0 992 04/28/2018 - 20:00 Português
Poesia/Dedicado Ano Novo (Ferreira Gullar) 1 972 02/20/2018 - 18:17 Português
Prosas/Drama Os ninguéns (Eduardo Galeano) 0 1.222 12/31/2017 - 18:09 Português
Poesia/Dedicado Passagem de ano (Carlos Drummond de Andrade) 0 1.498 12/31/2017 - 17:59 Português
Prosas/Contos Um conto de dor e neve (AjAraujo) 0 2.169 12/20/2016 - 10:42 Português
Prosas/Contos Conto de Natal (Rubem Braga) 0 1.477 12/20/2016 - 10:28 Português
Prosas/Contos A mensagem na garrafa - conto de Natal (AjAraujo) 0 2.683 12/04/2016 - 12:46 Português
Poesia/Intervenção Educar não é... castigar (AjAraujo) 0 1.057 07/07/2016 - 23:54 Português
Poesia/Intervenção Dois Anjos (Gabriela Mistral) 0 2.703 08/04/2015 - 22:50 Português
Poesia/Dedicado Fonte (Gabriela Mistral) 0 1.709 08/04/2015 - 21:58 Português
Poesia/Meditação O Hino Cotidiano (Gabriela Mistral) 0 1.745 08/04/2015 - 21:52 Português
Poesia/Pensamentos As portas não são obstáculos, mas diferentes passagens (Içami Tiba) 0 2.103 08/02/2015 - 22:48 Português
Poesia/Dedicado Pétalas sobre o ataúde - a história de Pâmela (microconto) 0 2.991 03/30/2015 - 10:56 Português
Poesia/Dedicado Ode para a rendição de uma infância perdida 0 1.647 03/30/2015 - 10:45 Português
Poesia/Tristeza Entre luzes e penumbras 0 1.981 03/30/2015 - 10:39 Português
Poesia/Tristeza No desfiladeiro 1 3.084 07/25/2014 - 23:09 Português
Poesia/Intervenção Sinais da história 0 1.803 07/16/2014 - 23:54 Português
Poesia/Fantasia E você ainda acha pouco? 0 2.721 07/16/2014 - 23:51 Português
Poesia/Aforismo Descanso eterno 2 3.291 07/03/2014 - 21:28 Português
Poesia/Intervenção Paisagem (Charles Baudelaire) 0 2.394 07/03/2014 - 02:16 Português
Poesia/Meditação Elevação (Charles Baudelaire) 0 2.363 07/03/2014 - 02:05 Português