CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

SANTA CRIANÇA

Longo tempo de vivência
Muita coisa a ser lembrada
Vida parece parada
Mas o tempo faz sequencia
Levou embora a inocência
Que só a memória alcança
E os resquícios de lembrança
Que a mente ainda fareja
São meus motivos de inveja
Ao ver brincar a criança

É mesmo invejável cena
-Inveja no bom sentido
Ver no meu mundo perdido
Hoje a criança pequena
E até de mim tenho pena
Por não ter visto passar
Porém me deixo levar
E através do pensamento
Sou criança solta ao vento
A brincar, brincar, brincar...

Lá onde a luz sempre brilha
Nos olhos de quem retorna
Somente a criança adorna
Só crianças é a família
Amor de eterna vigília
E o tempo sem passar
Nesse encantado lugar
De pureza e esperança
Vive a Santa Criança
A brincar, brincar, brincar...

Tão cativante figura
Único ser inocente
Do universo imenso ambiente
É a vida mais bela e pura
Santa criança, a criatura
Papai, mamãe a chamar
Então me ponho a sonhar
Outro mundo eu construir
Só crianças existir
A brincar, falar, brincar...

Sérgio da Silva Teixeira
BAGÉ/RS/R/BRASIL.

Submited by

sexta-feira, dezembro 31, 2021 - 16:56

Poesia :

No votes yet

Sérgio Teixeira

imagem de Sérgio Teixeira
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 1 dia 13 horas
Membro desde: 01/24/2011
Conteúdos:
Pontos: 582

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Sérgio Teixeira

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Soneto SONNETO DE LA ESPERANZA 0 14 05/09/2022 - 23:40 Espanhol
Poesia/Geral OS SONS DA VILA 3 677 05/09/2022 - 16:33 Português
Fotos/Pessoais LIVRO MEMORIAL EM CONTOS E VERSOS 0 95 04/15/2022 - 13:59 Português
Poesia/Soneto SONETO DO FANTOCHE 2 467 03/30/2022 - 17:05 Português
Poesia/Amor SANTA CRIANÇA 0 130 12/31/2021 - 16:56 Português
Poesia/Geral A PALAVRA MISÉRIA 0 185 12/28/2021 - 16:49 Português
Poesia/Geral VIAGEM AO INTERIOR 0 200 11/19/2021 - 23:23 Português
Poesia/Geral A PIADA E O PASSARINHO 4 386 11/18/2021 - 17:37 Português
Poesia/Geral SONHANDO ACORDADO 2 658 10/27/2021 - 17:57 Português
Poesia/Geral OUTUBRO 0 201 10/01/2021 - 15:54 Português
Poesia/Geral SETEMBRO 4 662 09/21/2021 - 23:30 Português
Poesia/Fantasia A DÚVIDA 2 602 08/14/2021 - 21:49 Português
Poesia/Geral ABAIXO DE ZERO 0 315 07/29/2021 - 20:24 Português
Poesia/Geral QUEBRA CABEÇA 1 331 06/28/2021 - 15:38 Português
Poesia/Geral ALMA 0 473 05/17/2021 - 22:21 inglês
Poesia/Geral O PÃO E A LETRA 2 662 04/21/2021 - 23:20 Português
Poesia/Geral PERIGO REAL E IMEDIATO 2 515 04/08/2021 - 15:09 Português
Poesia/Geral A DERROTA DA MORTE 2 615 04/07/2021 - 15:46 Português
Poesia/Fantasia ETERNA INFÂNCIA 0 500 03/08/2021 - 01:19 inglês
Poesia/Geral PLANOS PARA O FUTURO 1 751 02/28/2021 - 11:18 Português
Poesia/Soneto SONETO DO MORTO VIVO 2 1.026 01/27/2021 - 17:26 Português
Poesia/Geral DÉCIMAS DO ATORMENTADO 2 522 01/27/2021 - 16:16 Português
Poesia/Soneto SONETO ANTAGÔNICO 3 866 01/27/2021 - 16:13 Português
Poesia/Geral DESEJO DE MORTE 4 487 01/24/2021 - 23:24 Português
Poesia/Geral DÉCIMAS DA PANDEMIA 1 614 12/04/2020 - 13:03 Português