CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

SONETO DO MORTO VIVO

Certo dia eu morri, embora viva
Pois o meu corpo ainda se aquece
Encena às vezes ser vivo e aparece
Teatro de uma mente ainda ativa

O tempo já me fez jogar a toalha
Deixei a luta antes da partida
Sigo vivendo a morte ainda em vida
Nesse caminho que ninguém encalha

No meu interior sempre em conflito
Contra os encantos da atualidade
Sou vencedor mesmo obsoleto

No meu corpo morto eu ressuscito
Nas palavras, portais da eternidade
Que eu abro através deste soneto.

Sérgio da Silva Teixeira
BAGÉ/RS/BRASIL.

Submited by

sexta-feira, fevereiro 28, 2020 - 18:51

Poesia :

No votes yet

Sérgio Teixeira

imagem de Sérgio Teixeira
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 2 dias 8 horas
Membro desde: 01/24/2011
Conteúdos:
Pontos: 506

Comentários

imagem de Ana Martins

SONETO DO MORTO VIVO

"No meu corpo morto eu ressuscito
Nas palavras, portais da eternidade
Que eu abro através deste soneto."

E que soneto... Parabéns!

imagem de J. Thamiel

coment

Amigo, você é
o mestre!

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Sérgio Teixeira

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Geral ALMA 0 69 05/17/2021 - 22:21 inglês
Poesia/Geral O PÃO E A LETRA 2 321 04/21/2021 - 23:20 Português
Poesia/Geral PERIGO REAL E IMEDIATO 2 267 04/08/2021 - 15:09 Português
Poesia/Geral A DERROTA DA MORTE 2 304 04/07/2021 - 15:46 Português
Poesia/Fantasia ETERNA INFÂNCIA 0 175 03/08/2021 - 01:19 inglês
Poesia/Geral PLANOS PARA O FUTURO 1 498 02/28/2021 - 11:18 Português
Poesia/Soneto SONETO DO MORTO VIVO 2 684 01/27/2021 - 17:26 Português
Poesia/Geral DÉCIMAS DO ATORMENTADO 2 276 01/27/2021 - 16:16 Português
Poesia/Soneto SONETO ANTAGÔNICO 3 450 01/27/2021 - 16:13 Português
Poesia/Geral DESEJO DE MORTE 4 211 01/24/2021 - 23:24 Português
Poesia/Geral DÉCIMAS DA PANDEMIA 1 388 12/04/2020 - 13:03 Português
Poesia/Soneto SONETO DA ESCURIDÃO 2 379 10/30/2020 - 12:15 Português
Poesia/Geral POEMA DO HOMEM INVISÍVEL 0 339 10/10/2020 - 20:45 Português
Poesia/Soneto SONETO À ESPERANÇA 1 296 09/21/2020 - 13:05 Português
Poesia/Geral DESPEDIDA 0 426 07/04/2020 - 21:40 Português
Poesia/Geral POR UNS E OUTROS MOTIVOS (RACISMO) 3 683 06/16/2020 - 21:07 Português
Poesia/Geral SOMOS TODOS IGUAIS (?) 2 722 05/25/2020 - 21:23 Português
Poesia/Geral O CANTAR DO MEU SILÊNCIO 2 574 05/06/2020 - 16:26 Português
Poesia/Soneto SONETO ÀS FLORES DA SEXTA-FEIRA SANTA 0 557 04/10/2020 - 16:10 Português
Poesia/Geral DÉCIMAS DO MAL QUE FEZ A PAZ MUNDIAL 2 672 03/27/2020 - 01:51 Português
Poesia/Geral ANALISTA DE MIM MESMO 0 514 03/17/2020 - 14:38 Português
Poesia/Soneto SONETO DA EXPERIÊNCIA 0 620 02/17/2020 - 17:52 Português
Poesia/Soneto SONETO DO ACASO 0 619 02/07/2020 - 11:45 Português
Poesia/Geral INÚTIL SABER (DÉCIMAS) 0 681 01/22/2020 - 22:41 Português
Fotos/Pessoais LIVRO RECENTE 0 812 01/05/2020 - 14:06 Português