CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

SONHANDO ACORDADO

Às vezes eu sonho acordado
Ainda ver antes da partida
Algum sonho que trago em vida
Um dia ser realizado
Mas o que penso não tapeio
Meu verso rima sem preguiça
Sonho num mundo com justiça
-Apenas sonho, mas não creio

O sonho não é coisa séria
Nem para o jogo aproveito
Mas de sonhar tenho direito
De ver um mundo sem miséria
Sonho um mundo sem receio
Com todo o mal eliminado
É tanto que tenho sonhado
-Apenas sonho, mas não creio

Meu sonho falha porque tarda
Infinito que não se alcança
-Ser verdade que a criança
Tem mesmo um anjo da guarda
De ver tanto crime no meio
Contra esse ser tão inocente
Sonho que meu sonho não mente
-Apenas sonho, mas não creio

Sonhar acalma a minha ira
Pelo menos por um instante
Quando sonho que o governante
Não faz mais uso da mentira
Político nao fazer feio
Sonho que apareça um sério
Repetindo o mesmo critério
-“Apenas sonho, mas não creio”.

Submited by

quarta-feira, outubro 13, 2021 - 17:52

Poesia :

No votes yet

Sérgio Teixeira

imagem de Sérgio Teixeira
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 1 semana 1 dia
Membro desde: 01/24/2011
Conteúdos:
Pontos: 552

Comentários

imagem de Sérgio Teixeira

É sempre uma alegria a tua

É sempre uma alegria a tua presença aqui prezado amigo Poeta.
-
Seja o dia feio ou lindo
Quando observo da janela
O verso pra sair apela
E o seu espaço eu vou abrindo
Juntos nós dois vamos seguindo
Sem saber o que está por vir
Revelando o nosso sentir
Na tristeza de um dia findo.

imagem de J. Thamiel

coment

Não sei se estou acordado ou dormindo
Ainda entra luz pela minha janela.
Mas, a noite, de mansinho, vai chegando.
Na madrugada eu não pensarei nela,
apenas ficarei o céu olhando,
na tristeza de um dia findo.

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Sérgio Teixeira

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Geral VIAGEM AO INTERIOR 0 39 11/19/2021 - 22:23 Português
Poesia/Geral A PIADA E O PASSARINHO 4 232 11/18/2021 - 16:37 Português
Poesia/Geral SONHANDO ACORDADO 2 484 10/27/2021 - 16:57 Português
Poesia/Geral OUTUBRO 0 91 10/01/2021 - 14:54 Português
Poesia/Geral SETEMBRO 4 488 09/21/2021 - 22:30 Português
Poesia/Fantasia A DÚVIDA 2 480 08/14/2021 - 20:49 Português
Poesia/Geral ABAIXO DE ZERO 0 171 07/29/2021 - 19:24 Português
Poesia/Geral QUEBRA CABEÇA 1 232 06/28/2021 - 14:38 Português
Poesia/Geral ALMA 0 264 05/17/2021 - 21:21 inglês
Poesia/Geral O PÃO E A LETRA 2 485 04/21/2021 - 22:20 Português
Poesia/Geral PERIGO REAL E IMEDIATO 2 417 04/08/2021 - 14:09 Português
Poesia/Geral A DERROTA DA MORTE 2 464 04/07/2021 - 14:46 Português
Poesia/Fantasia ETERNA INFÂNCIA 0 350 03/08/2021 - 00:19 inglês
Poesia/Geral PLANOS PARA O FUTURO 1 636 02/28/2021 - 10:18 Português
Poesia/Soneto SONETO DO MORTO VIVO 2 858 01/27/2021 - 16:26 Português
Poesia/Geral DÉCIMAS DO ATORMENTADO 2 395 01/27/2021 - 15:16 Português
Poesia/Soneto SONETO ANTAGÔNICO 3 683 01/27/2021 - 15:13 Português
Poesia/Geral DESEJO DE MORTE 4 356 01/24/2021 - 22:24 Português
Poesia/Geral DÉCIMAS DA PANDEMIA 1 498 12/04/2020 - 12:03 Português
Poesia/Soneto SONETO DA ESCURIDÃO 2 584 10/30/2020 - 11:15 Português
Poesia/Geral POEMA DO HOMEM INVISÍVEL 0 551 10/10/2020 - 19:45 Português
Poesia/Soneto SONETO À ESPERANÇA 1 473 09/21/2020 - 12:05 Português
Poesia/Geral DESPEDIDA 0 590 07/04/2020 - 20:40 Português
Poesia/Geral POR UNS E OUTROS MOTIVOS (RACISMO) 3 881 06/16/2020 - 20:07 Português
Poesia/Geral SOMOS TODOS IGUAIS (?) 2 882 05/25/2020 - 20:23 Português