CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Um dia pode ser melhor

Chegou o momento em que parei um pouco.
Meus dedos fervilhavam e as palavras surgiam como formigas.
Não conseguia nem processar tudo.
Apenas via que se formavam como nuvens e aparecia sentenças.
Havia revoltas.
Palavras de carinho.
De afeto.
Tudo parecia se encaixar conforme ia escrevendo.
E, os homens primitivos sujavam suas mãos.
Até deixavam as marcas nas paredes das cavernas.
Quem seria o melhor?
Entendi que não poderia ser nenhum deles.
Não havia condições de ser.
A imagem esbelta era de uma donzela.
A silhueta era feminina.
Então só poderia ser isso.
O melhor do mundo era uma mulher.
Houve um silêncio.
Não ouvia mais as vozes que faziam meus dedos fervilharem.
Como um trovão pipocou perto de mim e me assustei.
Vi o olhar.
Vi o sorriso.
Então rendi-me aquela escultura.
Lá estava o enigma do mundo.
Bem ali podia se ter a revelação do maior mistério já existente.
E quem poderia negar tudo isso?
Ninguém ousaria tal ato de loucura.
Engraçado que vi os olhos as espreitas.
Tentavam se esconder.
Mas, a luz era muito forte.
Era impossível esconder o que quer que seja.
A cortina se abriu.
A figura deslumbrante desfilou pelo palco.
Todos boquiabertos.
Sem fôlegos.
Atônitos.
Eu só poderia rir te toda essa loucura.
Como tudo isso era possível?
A lógica era desafiada.
E, nem o mais covarde dos guerreiros fogem de um desafio.
Então, o destino sorriu para mim.
E as palavras continuavam a surgir.
Eram dezenas, depois centenas, milhares.
Ah!
Um suspiro.
Uma calma a pairar sobre meus pensamentos.
Lá no mais recôndito da alma
Eu sentia aquela sensação maravilhosa do desconhecido.
A alma sorria em silêncio.
Eu poderia viver ali para sempre.
Já não me lembrava mais daqueles dias tristonhos.
No fundo eu tinha plena convicção de que um dia pode ser melhor.
E isso aconteceu sem que eu percebesse.
Agora eu estava no paraíso e nada mais importava.
Tudo está em silêncio outra vez.
Agora vou olhar para as palavras
E descobrir qual foi a mensagem dos deuses.

Poema: Odair José, Poeta Cacerense

Leia o livro "Contos e Pensamentos do Poeta Cacerense"
https://www.dragoeditorial.com/p/contos-e-pensamentos-do-poeta-cacerense...

www.odairpoetacacerense.blogspot.com

Submited by

sexta-feira, novembro 6, 2020 - 23:13

Poesia :

No votes yet

Odairjsilva

imagem de Odairjsilva
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 13 horas 55 minutos
Membro desde: 04/07/2009
Conteúdos:
Pontos: 4972

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Odairjsilva

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Prosas/Pensamentos Tirem esse preto de perto de mim 1 66 01/17/2021 - 21:33 Português
Poesia/Meditação A assolação do coronavírus 1 143 01/17/2021 - 21:24 Português
Poesia/Amor Neste amor vou acreditar 0 113 01/17/2021 - 16:40 Português
Poesia/Meditação Jesus, Nosso Salvador 2 192 01/16/2021 - 13:45 Português
Poesia/Paixão Existe um amor em mim 0 883 01/14/2021 - 18:03 Português
Poesia/Paixão Singela poesia 0 132 01/13/2021 - 12:31 Português
Poesia/Desilusão O caminho do coração 0 75 01/12/2021 - 12:19 Português
Poesia/Amor Outra canção de amor 0 83 01/11/2021 - 11:31 Português
Poesia/Tristeza Silenciosa sombra da solidão 0 60 01/10/2021 - 13:27 Português
Poesia/Amor Num piscar de olhos 0 52 01/09/2021 - 17:58 Português
Poesia/Amor Eu e você! 0 62 01/08/2021 - 11:38 Português
Poesia/Amor É você! 0 161 01/07/2021 - 12:10 Português
Poesia/Amor A delicadeza das sombras 0 54 01/06/2021 - 12:12 Português
Poesia/Intervenção Visões em desarrumo 0 65 01/05/2021 - 12:35 Português
Poesia/Meditação Não sou 0 54 01/04/2021 - 18:25 Português
Poesia/Meditação Profecia 0 51 01/04/2021 - 11:27 Português
Poesia/Desilusão Não passa de ilusão 0 51 01/02/2021 - 12:25 Português
Poesia/Meditação Desejos de Ano Novo 0 71 01/01/2021 - 11:57 Português
Prosas/Contos Após a Volta de Jesus 0 125 12/30/2020 - 12:02 Português
Poesia/Desilusão O que pensavam os dois 0 64 12/30/2020 - 11:56 Português
Poesia/Amor Quando vejo você 0 128 12/29/2020 - 12:21 Português
Poesia/Amor A essência do amor 0 48 12/29/2020 - 12:09 Português
Poesia/Amor Nunca soube dizer 0 57 12/28/2020 - 17:54 Português
Poesia/Amor É com você! 0 85 12/28/2020 - 11:52 Português
Poesia/Dedicado A rua feita de cabeças 0 47 12/26/2020 - 13:30 Português