CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Um hóspede clandestino

A presença invisível da alma vagueia,
Por entre as sombras do entardecer.
Em cada esquina, em cada ideia,
O mundo tenta a essência entender.

Pessoas que vivem desencantadas,
Com olhares que perderam a cor,
Buscando respostas nas estradas,
Mas encontrando apenas o sabor amargo da dor.

O sonho é sempre um hóspede clandestino,
Entra sem pedir, sem fazer alarde,
No silêncio da noite, traça seu destino,
Sob o manto da lua, faz com que o peito arde.

Existem profetas que profetizam outras coisas,
Visões que vão além do que se vê,
Palavras misteriosas, propostas atrevidas,
Prometem ao coração o que o mundo não pode oferecer.

Mas em meio ao caos, à sombra do incerto,
Surge a esperança, um brilho que não se ofusca,
A presença da alma, sempre por perto,
Revela que viver é sempre o que se busca.

Poema: Odair José, Poeta Cacerense

www.odairpoetacacerense.blogspot.com

Submited by

quinta-feira, setembro 7, 2023 - 11:30

Poesia :

No votes yet

Odairjsilva

imagem de Odairjsilva
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 8 horas 10 minutos
Membro desde: 04/07/2009
Conteúdos:
Pontos: 16169

Comentários

imagem de Odairjsilva

Visitem os

imagem de Odairjsilva

Visitem os

imagem de Odairjsilva

Visitem os

imagem de Odairjsilva

Visitem os

imagem de Odairjsilva

Visitem os

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Odairjsilva

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Meditação A loucura da verdade 6 139 07/15/2024 - 13:45 Português
Poesia/Canção Tudo o que desejei 6 160 07/14/2024 - 17:02 Português
Poesia/Pensamentos Palavras escritas para os perdidos 6 422 07/13/2024 - 14:36 Português
Poesia/Amor Amanhã, quem sabe? 6 163 07/12/2024 - 13:50 Português
Poesia/Desilusão O tempo faz esquecer 6 274 07/11/2024 - 14:37 Português
Poesia/Pensamentos Esquecemos o que aconteceu ontem 6 492 07/10/2024 - 16:47 Português
Poesia/Desilusão Passados recompostos 6 478 07/09/2024 - 15:15 Português
Poesia/Desilusão Fere como um punhal 6 324 07/08/2024 - 16:19 Português
Poesia/Pensamentos Que mundo criamos? 6 462 07/07/2024 - 14:34 Português
Poesia/Intervenção Convoco os poetas 8 409 07/07/2024 - 14:28 Português
Poesia/Pensamentos Todas as canções possíveis 6 665 07/05/2024 - 14:21 Português
Poesia/Dedicado Canção ao Festival de Pesca 6 248 07/04/2024 - 14:55 Português
Poesia/Amor No silêncio da noite 6 228 07/03/2024 - 23:34 Português
Poesia/Desilusão Um olhar que se foi 6 370 07/02/2024 - 17:08 Português
Poesia/Amor Para tão longo amor 6 250 07/01/2024 - 13:51 Português
Poesia/Paixão Êxtase 6 169 06/30/2024 - 14:01 Português
Poesia/Pensamentos Escravos da mentira e do vento 6 1.015 06/29/2024 - 15:23 Português
Poesia/Intervenção Planeta a suspirar 6 255 06/29/2024 - 01:23 Português
Poesia/Amor Sempre 6 428 06/28/2024 - 02:07 Português
Poesia/Desilusão Saudade é minha poesia 6 270 06/26/2024 - 20:35 Português
Poesia/Amor Se alguém souber 6 254 06/25/2024 - 03:50 Português
Poesia/Amor Deusa em um jardim 6 642 06/23/2024 - 14:57 Português
Poesia/Pensamentos Um tolo por acreditar 6 904 06/22/2024 - 14:07 Português
Poesia/Pensamentos A noite dos gafanhotos 8 1.058 06/22/2024 - 14:05 Português
Poesia/Pensamentos Enigmas de uma vida intensa 6 1.126 06/20/2024 - 20:08 Português