CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

A VIDA É BELA

A vida é bela
Alguém reza na capela
Por alguém que agoniza
De um milagre precisa
Mas a morte se aproxima
É o tempo que nos abona
Ante ela nada funciona
E eu aqui fazendo rima


A vida é bela
Feche a porta e a janela
O mundo é uma maravilha
Pai é perigo pra filha
Os atentados, as guerras
Matas vítimas das serras
Raridade de alegria
E eu fazendo poesia

A vida é bela
Às vezes abro a cancela
Que protege o meu abrigo
Dizem uns, não eu que digo
Não é o que comigo penso
Do contrário me convenço
No meu mundo, submerso
-E só frase para verso

A vida é bela
Alienados frente à tela
Crianças doentes, com fome
Número matou o nome
Entes queridos morreram
Anjos desapareceram
Ser humano em retrocesso
Eu triste aqui, me despeço.

Sérgio Teixeira

Bagé/RS
 

Submited by

quarta-feira, abril 20, 2011 - 16:03

Poesia :

Your rating: None (1 vote)

Sérgio Teixeira

imagem de Sérgio Teixeira
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 1 dia 3 horas
Membro desde: 01/24/2011
Conteúdos:
Pontos: 401

Comentários

imagem de Henricabilio

apesar de tanta dor e

apesar de tanta dor e contradição,
existe sempre quem diga e cante:
A vida é bela!

Saudações!

Abilio

imagem de MarneDulinski

A VIDA É BELA

Lindo e maravilhosopoema, gostei muito!

Meus parabéns,

MarneDulinski

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Sérgio Teixeira

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Geral DÉCIMAS DO MAL QUE FEZ A PAZ MUNDIAL 2 202 03/27/2020 - 01:51 Português
Poesia/Geral ANALISTA DE MIM MESMO 0 77 03/17/2020 - 14:38 Português
Poesia/Soneto SONETO DO MORTO VIVO 1 245 02/29/2020 - 03:04 Português
Poesia/Soneto SONETO DA EXPERIÊNCIA 0 265 02/17/2020 - 17:52 Português
Poesia/Soneto SONETO DO ACASO 0 100 02/07/2020 - 11:45 Português
Poesia/Geral INÚTIL SABER (DÉCIMAS) 0 245 01/22/2020 - 22:41 Português
Fotos/Pessoais LIVRO RECENTE 0 112 01/05/2020 - 14:06 Português
Fotos/Pessoais LIVRO RECENTE 0 125 01/05/2020 - 13:59 Português
Poesia/Geral AGONIA DO ANO 0 117 12/30/2019 - 00:45 Português
Poesia/Geral DEVANEIO 2 481 12/22/2019 - 12:08 Português
Poesia/Geral ADEUS À PRIMAVERA 0 288 12/22/2019 - 11:36 Português
Poesia/Geral O IDÓLATRA 0 131 11/10/2019 - 17:29 Português
Poesia/Geral RIMAS COM SINAIS 0 229 10/16/2019 - 01:35 Português
Poesia/Soneto SONETO DO SER INVISÍVEL 2 408 10/02/2019 - 23:54 Português
Poesia/Geral SUPERSTIÇÃO (SEXTA-FEIRA TREZE) 1 361 09/13/2019 - 17:22 Português
Poesia/Geral SENTIMENTOS E CORES 1 394 08/19/2019 - 13:00 Português
Poesia/Geral MEU TEMPO, MEU REINO 2 395 08/18/2019 - 19:38 Português
Poesia/Geral SOLSTÍCIO DE INVERNO 2 568 06/23/2019 - 12:42 Português
Poesia/Geral CANTO, SILÊNCIO E LIBERDADE 3 614 06/03/2019 - 12:39 Português
Poesia/Soneto SONETO AO EXPEDICIONÁRIO "SEU ZÉCA" 0 429 05/05/2019 - 14:35 Português
Poesia/Geral OS SONS DO TEMPO 0 427 04/27/2019 - 16:12 Português
Poesia/Tristeza AS FLORES FIÉIS 0 399 04/12/2019 - 19:07 Português
Poesia/Geral A ILUSÃO DE SER POETA 2 506 04/04/2019 - 19:50 Português
Poesia/Geral MUITO ALÉM DO MÊS DE ABRIL 0 428 04/02/2019 - 00:10 Português
Poesia/Geral QUANDO O SILÊNCIO AUMENTA 0 332 03/27/2019 - 12:11 Português