CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

vivo recolhendo coisas pelas ruas

vivo recolhendo coisas pelas ruas,
reunindo minhas humanas incertezas
abortadas de meu coração vazio
que não entende coisa alguma de nada.

na alma toca um blues
por aqueles que se foram
em infelizes destinos excomungados
nas encruzilhadas do tempo.

vejo a festa e o contentamento
que fugazes escaparam de minhas mãos
e se esvaneceram em olhares confusos,
em alegrias provisórias.

procuro o significado de estar vivo
somente para encontrar
absolutas verdades ocultas
em antros de mentiras declaradas.

nesta busca insana
encontro realidades concretas
que abstratas me sentenciam,
me deserdam.

de que me servem as certezas
paridas de em algum momento de lucidez?
sou apenas um peregrino mendigando
o alívio de retóricos venenos.

Poema do livro Diários do Desassossego
A venda em http://sergioprof.wordpress.com
Contato:
blog: http://sergioprof.wordpress.com/
facebook: https://www.facebook.com/jardimpoeta
https://www.facebook.com/poetajardim
twitter: http://twitter.com/SERGI0_ALMEIDA
linkedin: https://www.linkedin.com/in/poeta-jardim-a7b0222b
google +: https://plus.google.com/+sergioalmeidaJardim
skoob: http://www.skoob.com.br/autor/7181-jardim

Submited by

segunda-feira, janeiro 23, 2017 - 10:40

Poesia :

No votes yet

jardim

imagem de jardim
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 2 anos 12 semanas
Membro desde: 07/28/2012
Conteúdos:
Pontos: 358

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of jardim

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Amor o anjo que pego em meu colo 0 510 02/02/2017 - 11:18 Português
Poesia/Amor será que consegues 0 434 02/02/2017 - 11:15 Português
Poesia/Amor antes que eu pudesse me dar conta 0 418 02/01/2017 - 19:40 Português
Poesia/Amor algo se quebrou no universo 0 429 02/01/2017 - 19:38 Português
Poesia/Amor guardei para ti rosas e versos 0 410 02/01/2017 - 19:34 Português
Poesia/Amor foi preciso te encontrar 0 347 01/31/2017 - 11:36 Português
Poesia/Amor foram eternos dias 0 431 01/31/2017 - 11:35 Português
Poesia/Amor em minha boca calada 0 403 01/31/2017 - 11:33 Português
Poesia/Amor nos acostumamos 0 394 01/30/2017 - 12:05 Português
Poesia/Amor se me falta o chão em que piso 0 310 01/30/2017 - 12:03 Português
Poesia/Amor a casa está vazia 0 2.040 01/30/2017 - 12:01 Português
Poesia/Amor eternos dias 0 338 01/29/2017 - 12:59 Português
Poesia/Amor de ti trago memórias 0 430 01/29/2017 - 12:57 Português
Poesia/Amor provo teu negro amor 0 326 01/29/2017 - 12:55 Português
Poesia/Amor penetraste 0 335 01/28/2017 - 11:16 Português
Poesia/Amor te busco em todas as outras 0 523 01/28/2017 - 11:09 Português
Poesia/Amor sou somente um bardo 0 366 01/28/2017 - 11:07 Português
Poesia/Amor dentro de nós 1 307 01/27/2017 - 15:00 Português
Poesia/Amor andei pelas avenidas até minhas pernas se confundirem com o asfalto. 0 393 01/27/2017 - 10:40 Português
Poesia/Amor menti, enganei, aprend 0 338 01/27/2017 - 10:38 Português
Poesia/Amor vívido corpo 0 339 01/26/2017 - 11:10 Português
Poesia/Amor dentro daquele beijo 0 347 01/26/2017 - 11:07 Português
Poesia/Amor decifrando teus abismos 0 463 01/26/2017 - 11:06 Português
Poesia/Amor o meu corpo a buscar teu corpo ausente 0 403 01/25/2017 - 12:59 Português
Poesia/Amor de tuas entradas às tuas entranhas 0 307 01/25/2017 - 12:57 Português