CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Você o príncipe e eu a rosa

Como alcançar o inalcançável?
Como tocar o inacessível?
Como contemplar o invisível?
Como ouvir canções mudas?
Penso, repenso, e não compreendo:
Qual a razão de tamanho engano?
Tão perto do corpo e tão distante,
Tão longe da mente e tão aqui.
Tudo que preciso é de uma chance,
Uma oportunidade de sentir.
Mais uma única vez, que seja,
Um único momento sendo só meu.
Não me despreze mais.
Não fuja ou minta.
Não se acovarde.
Não resista.
Seja piedoso e dê-me um pouco de si.
Não me deixe assim com tamanha tristeza,
Com um peito que sangra incontinente,
Com a velha ferida ainda aberta.
Um dia me cativou.
Você o príncipe e eu a rosa.
Não me deixe aqui tão só,
Seja generoso.
Você se esconde atrás de si mesmo.
Ama-me, mas não admite.

Do livro: Peripécias de Poeta de Teresa Azevedo

Imagem do livro "O pequeno Príncipe" de Antoine de Saint-Exupéry

Submited by

segunda-feira, março 10, 2014 - 17:31

Poesia :

No votes yet

teresaazevedo

imagem de teresaazevedo
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 1 ano 44 semanas
Membro desde: 09/16/2010
Conteúdos:
Pontos: 608

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of teresaazevedo

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Tristeza Simples assim 0 956 05/25/2018 - 20:42 Português
Poesia/Paixão Dono dos meus caprichos 0 729 05/25/2018 - 20:15 Português
Poesia/Paixão Dono dos meus caprichos 0 829 05/25/2018 - 20:15 Português
Poesia/Geral O êxtase do poeta é a poesia 0 962 11/06/2015 - 11:34 Português
Poesia/Geral Poeta é gente diferente 0 1.108 11/06/2015 - 11:32 Português
Poesia/Geral Nós eremitas 0 935 11/06/2015 - 11:31 Português
Poesia/Geral Ser coletivo 0 1.147 11/05/2015 - 18:08 Português
Poesia/Geral Transcendemos corpos e emoções 0 1.539 11/05/2015 - 18:06 Português
Poesia/Meditação Ondulações 0 977 11/05/2015 - 18:04 Português
Videos/Poesia Projeto Ondulações 2014 0 4.205 11/05/2015 - 08:02 Português
Poesia/Tristeza Batem as asas do adeus 1 1.715 07/29/2014 - 01:08 Português
Poesia/Poetrix Crescer sim, beber não! 1 1.230 07/26/2014 - 00:30 Português
Poesia/Geral Miscelânea poética 1 1.667 07/17/2014 - 23:58 Português
Poesia/Aldravias Aldravia 1 0 1.892 07/17/2014 - 16:36 inglês
Poesia/Geral Tarde, mormaço 1 1.270 07/13/2014 - 23:57 Português
Poesia/Geral Descortine-os 0 1.198 07/12/2014 - 18:42 Português
Poesia/Geral Intocável 0 948 07/12/2014 - 18:01 Português
Poesia/Arquivo de textos Como alcançar o inalcançável 0 1.585 07/11/2014 - 04:39 inglês
Poesia/Arquivo de textos Como alcançar o inalcançável 0 1.422 07/11/2014 - 04:39 inglês
Poesia/Arquivo de textos (Poesia coletiva, resultado do primeiro Sarau, produzida através de palavras que cada assistido falou) 0 1.488 06/27/2014 - 19:06 inglês
Poesia/Paixão Casados em cópula 1 1.664 06/19/2014 - 00:12 Português
Poesia/Desilusão Pássaro Errante 1 1.230 06/16/2014 - 03:15 Português
Poesia/Fantasia Sonhei, tão somente sonhei 1 1.064 06/14/2014 - 19:28 Português
Poesia/Paixão Com a força dos temporais 1 1.186 06/12/2014 - 04:55 Português
Poesia/Amor Fragmento da poesia “Nós” 0 1.051 06/11/2014 - 06:21 Português