CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

«lágrimas de dois gumes»

 

A noite descia suavemente sobre os meus pés dormentes, de tanto caminhar em vitrinas pardas, agasalhadas pela nudez de manequins que se passeavam em suspiros de glamour.
Não conseguia deixar de pensar naqueles corpos entrelaçados uns nos outros, como se fossem heras a trepar pelas minhas pernas febris de desejo em tons verdejantes de seda pura. Tinha fome do meu corpo ou de outro corpo qualquer, que apenas me tocasse com luvas de pelica, delicadas sonatas num negro piano de cuada.
Toquei-me, e, as pautas escritas em folhas brancas deslizavam em gestos harmoniosos o romper da aurora, o prazer aumentava com a mesma fúria das mãos que saciavam o estremecer das teclas, que se rompiam em orgias de cor preta e branca.
Caí num êxtase selvagem de palmas destiladas, deitada num palco onde as cortinas se fecharam num correr purpúreo de incenso mort du petit Jasmin.
Quando acordei as árvores enroupavam o meu corpo desfolhado, estava submersa em lágrimas de dois gumes num banco de jardim.
O tempo tinha-se esquecido da madame coquet…Olhei de novo as vitrinas, não passavam de folhas de jornal amareladas, lacradas por letras crescentes…” Pour la vente”.
 

 

Conceição Bernardino

Submited by

terça-feira, fevereiro 15, 2011 - 00:16

Prosas :

No votes yet

ConceiçãoBernardino

imagem de ConceiçãoBernardino
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 8 anos 32 semanas
Membro desde: 03/28/2008
Conteúdos:
Pontos: 330

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of ConceiçãoBernardino

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Intervenção ainda ontem saltei o muro de Berlim 1 1.045 06/10/2012 - 11:25 Português
Prosas/Erótico Uma pena, dois momentos 2 1.027 12/09/2011 - 16:15 Português
Poesia/Intervenção Simplesmente Maria 1 771 09/28/2011 - 21:45 Português
Poesia/Amor amor… 2 1.033 09/27/2011 - 21:33 Português
Prosas/Outros Retalhos I 0 1.127 09/27/2011 - 21:30 Português
Poesia/Intervenção Os filhos de Hiroshima 0 1.024 09/26/2011 - 23:07 Português
Poesia/Tristeza ainda que eu morresse hoje 0 846 09/25/2011 - 23:47 Português
Poesia/Amor …segredam-se 2 1.007 09/25/2011 - 23:43 Português
Poesia/Intervenção No sense 0 743 09/20/2011 - 15:08 Português
Poesia/Amor Ama-me antes do fim… 0 1.154 09/20/2011 - 15:04 Português
Poesia/Amor já não sinto medo, amor… 0 837 09/20/2011 - 14:58 Português
Poesia/Geral que bem que me sabe o bolor… 3 902 05/23/2011 - 02:03 Português
Poesia/Geral olha-me sem dor… 2 1.068 04/07/2011 - 22:43 Português
Poesia/Intervenção Não creias só nas lágrimas dos homens 2 835 03/16/2011 - 12:20 Português
Prosas/Erótico «lágrimas de dois gumes» 0 1.070 02/15/2011 - 00:16 Português
Poesia/Intervenção Sirvam-se…qualquer nome me serve 0 1.123 02/06/2011 - 18:12 Português
Poesia/Meditação …nunca digas adeus 0 932 02/06/2011 - 18:12 Português
Poesia/Meditação Epicentro 2 1.036 02/05/2011 - 21:34 Português
Prosas/Tristeza como um quadrado sem lados… 0 1.063 02/05/2011 - 21:27 Português
Poesia/Intervenção Hei-de arrancar as palavras com os dentes 0 720 02/03/2011 - 23:05 Português
Poesia/Amor Ama-me antes do fim… 0 844 02/03/2011 - 11:24 Português
Poesia/Amor já não sinto medo, amor… 0 1.222 02/02/2011 - 15:51 Português
Videos/Perfil 147 0 1.271 11/24/2010 - 21:48 Português
Videos/Perfil 145 0 1.053 11/24/2010 - 21:48 Português
Videos/Perfil 82 0 993 11/24/2010 - 21:48 Português