CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

[CONHEÇAMOS OS NOSSO FILHOS - para quem os têm :P]Sexualidade Infantil - do nascimento ao 2.º ano de vida

>O período que decorre entre o nascimento e a aquisição da linguagem é um período marcado por um extraordinário desenvolvimento mental. De acordo com Piaget (1978), esta fase nem sempre é devidamente reconhecida por não ser acompanhada pelo desenvolvimento da linguagem, o que não nos permite seguir o progresso da inteligência e dos sentimentos, como acontecerá mais tarde? (Piaget, 1978:18).

Este período mostra-se decisivo para todo o desenvolvimento posterior, pois, em dois anos, a criança ganha um conjunto de novas e importantes competências, como seja o aparecimento da marcha, o início da linguagem e do controlo dos esfíncteres. Todas elas tornam a criança mais independente e com maior capacidade de explorar o meio.

Se a primeira fonte de prazer corporal se encontra na região oral e a amamentação é, sem dúvida, uma fonte de prazer expressivo para o recém-nascido, com o desenvolvimento e maturação do sistema nervoso central, e com a gradual aquisição da coordenação motora, a criança lança-se à descoberta do seu corpo e dos prazeres que este lhe proporciona (Piaget, 1978; Felix, 1995; Lopez & Fuertes, 1999; Strecht, 2001).

É um facto da observação quotidiana que os bebés e as crianças mexem e interessam-se pelos seus órgãos genitais. Esta ?masturbação? (entende-se esta masturbação infantil como a manipulação dos órgãos genitais, observável nos rapazes a partir dos 6/7 meses e nas raparigas a partir dos 10/11 meses; no entanto, e de realçar que autores como Bakwin (1973) e Kinsey (1953) apontam para a existência de orgasmos a partir dos 6 meses (Pereira, 1987)) infantil conduz a sensações que vão do prazer à curiosidade (Lopez & Fuertes, 1999).
No entanto, estas actividades não são, nesta fase, reconhecidas como manifestações precoces da sexualidade e, portanto, não são reprimidas pelos adultos, pois a sociedade não reconhece o exercício da sexualidade não genitalizada.

Um outro aspecto importante e fundamental da sexualidade infantil são as relações entre o bebé e os adultos que lhe estão próximos (as figuras de apego. com as quais se operam os processos de vinculação). O apego, de acordo com Bowlby (1969), citado por Montagner (1993), é um sistema que garante os vínculos entre os progenitores e as crias, com fins de sobrevivência, mas que no ser humano tem um papel crucial. Bowlby entende a vinculação como a capacidade inata dos recém-nascidos se ligarem aos adultos que lhe estão próximos, sobretudo os que dele cuidam no dia-a-dia.
O bom desenvolvimento depende da qualidade dos vínculos, que por sua vez mediatizam a sexualidade ao longo de toda a vida e, muito particularmente, durante a primeira infância (Felix. 1995; Lopez & Fuertes, 1999).

A teoria da vinculação de Bowlby ajuda a compreender a nossa capacidade futura de estabelecer relações com boa qualidade afectiva através de padrões de vinculação seguros, o que significa um bom nível de auto-estima e um grau adequado de confiança nos outros (Strecht, 2001). O vínculo afectivo entre a criança e o adulto que a cuida (apego) implica sentimentos, comportamentos e um conjunto de expectativas que se forma durante o primeiro ano de vida.
Na experiência relacional com as figuras de apego, a criança adquire:
# a confiança e a segurança que lhe permite abrir-se a contactos com o meio envolvente;
# o uso e o significado de formas de comunicação íntimas e informais;
# o uso e o significado de expressões emocionais; e
# a capacidade de explicitar as suas necessidades, bem como a de satisfazer as necessidades dos outros.

Ao generalizarem estas experiências, as crianças vão posteriormente utilizálas em outras relações sociais, nomeadamente naquelas que impliquem afectos e formas de comunicação íntimas, como o namoro, as relações sexuais e a amizade (Félix, 1995, Lopes&Fuentes, 1999).

De uma forma simplificada e resumida, podemos dizer que as principais características da sexualidade nesta idade são:
1. Importância das figuras de apego nos processos de vinculação.
2. Actividades íntimas de satisfação oral ? mamar, chupar no dedo ? que podem ser entendidas como actividades eróticas não genitais.
3. Reconhecimento dos papéis sexuais, estabelecendo a diferença dos papéis atribuídos a um ou ao outro sexo.

 

retirado de http://www.new-digital.net/sexualidade-infantil/sexualidade-infantil-do-nascimento-ao-2-o-ano-de-vida/

Submited by

segunda-feira, junho 20, 2011 - 17:59

Prosas :

No votes yet

Rui Lima

imagem de Rui Lima
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 3 anos 24 semanas
Membro desde: 03/04/2011
Conteúdos:
Pontos: 1584

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Rui Lima

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Intervenção ¿¿O que é isso da liberdade?? 1 1.150 02/27/2018 - 12:15 Português
Ministério da Poesia/Amor o meu 1º poema de amor EVER 9 2.671 12/07/2014 - 11:18 Português
Poesia/Pensamentos [PENSAMENTO/REFLEXÃO]"Me_Ditação" 3 1.533 07/26/2014 - 00:16 Português
Poesia/Pensamentos "moral" sociedade 1 1.276 06/13/2014 - 21:22 Português
Poesia/Meditação os nossos sonhos e as alegorias que vivemos 1 1.718 06/13/2014 - 03:29 Português
Poesia/Geral folha branca de papel 2 1.807 05/30/2014 - 16:32 Português
Poesia/Geral A Árvore dos Patafúrdios 0 1.454 04/07/2014 - 15:59 Português
Poesia/Pensamentos [PENSAMENTO/REFLEXÃO]Do Económico ao Social... 0 1.462 03/26/2014 - 01:16 Português
Poesia/Intervenção o dia passa, a vida passa, tudo nasce, tudo morre 0 2.516 02/21/2014 - 18:08 Português
Poesia/Intervenção Distrofia Social 0 1.638 02/17/2014 - 18:04 Português
Poesia/Geral Uma mão cheia de nada 0 1.531 01/25/2014 - 04:50 Português
Poesia/Geral o tempo passa e vai passando e deixa tudo para trás 0 3.891 01/02/2014 - 18:49 Português
Críticas/Outros [ANALISE DE MERCADO] Segmento/nicho de mercado dos "salgadinho" low-cost nas lojas de estações de serviço em Portugal 0 5.094 12/04/2013 - 02:42 Português
Poesia/Pensamentos [PENSAMENTO/REFLEXÃO]Respeito Vs. Desrespeito 0 1.726 11/01/2013 - 20:04 Português
Poesia/Geral FADO 0 1.671 10/30/2013 - 15:29 Português
Poesia/Pensamentos [PENSAMENTO/REFLEXÃO]Condicionalismos 0 1.273 10/26/2013 - 01:02 Português
Poesia/Pensamentos [PENSAMENTO/REFLEXÃO]limitações sociais 0 1.471 10/26/2013 - 00:56 Português
Poesia/Pensamentos [PENSAMENTO/REFLEXÃO]hipóteses... factos... certezas... 0 1.435 10/25/2013 - 23:45 Português
Poesia/Pensamentos [PENSAMENTO/REFLEXÃO]Formatação Social 0 1.195 10/25/2013 - 23:40 Português
Poesia/Pensamentos [PENSAMENTO/REFLEXÃO]Bem Vs. Mal 0 2.637 10/25/2013 - 23:32 Português
Prosas/Outros 15% do IVA dedutivel para o IRS... como manipular a seu favor para receber mais no seu IRS 2013 0 2.865 10/17/2013 - 16:04 Português
Poesia/Geral little moments in time 0 2.881 09/24/2013 - 21:06 inglês
Poesia/Geral TODOS (menos nenhum) 0 1.754 09/02/2013 - 21:18 Português
Poesia/Geral INTENSAMENTE 2 1.756 09/02/2013 - 21:09 Português
Poesia/Geral sociedade(s) decadente(s)... 0 2.016 07/29/2013 - 23:52 Português