CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Fantasmas!

Fantasmas!

Caminhos por muitos sofridos, caminhos que foram de amor incompreendido
Apenas o silêncio impera na minha alma, na quietude do tempo que aflora
Escuto a madruga a chegar, entre os vultos que assombram nossa alma imortal
Apenas fico a mastigar dentro de mim, o que tanto eu fiz de errado para senti-los
E a escuridão atola meus pensamentos em grandes pânicos, quero caminhar, mas não consigo...
Abro meus olhos no negro do meu quarto, nada vejo a ser os meus fantasmas do que me perseguem do meu passado.
Tateio apenas a parede aos encontrões aos que encontro, quase que eu caio em tralhas que por ali andam ao descaso.
Quero respirar e não consigo, sinto o sufoco como asfixia só quer apenas sair dali e ligar a luz do meu quarto.
O ar está pesado e completamente abafado, caminho entre poeiras e pilhas de livros para a janela do meu quarto.
Sinto minhas pernas fraquejarem ao toque de algo quente e fofo, que arrepia grito sem saber o que posso eu fazer...
Apenas recobro a minha força para ir abrir a minha janela, abro e logo sinto o ar fresco entrar no meu quarto.
Entre a luz da lua e das estrelas eu olho para dentro e vejo aqueles olhos brilhantes, olhando-me, apenas...
Respiro de alivio, pois era meu gato que estava apenas fazendo companhia no meu quarto.
Espantei todos os meus fantasmas, desamarrando-os do meu passado, sinto apenas alivio e liberdade no momento.
Eu era livre de arrumar as minhas idéias e minha mente, apenas sorri, caminhou para a porta do meu quarto.
Acendi a luz da minha vida sem ter mais medo do meu passado, libertei as correntes que amarravam e doía na minha mente.
Enfim! Aconteceu de novo? Aquele sonho voltou da casa que não conheço e do quarto que nunca vi...
Afinal eu estava a sonhar.

Submited by

domingo, abril 3, 2011 - 13:20

Prosas :

No votes yet

betimartins

imagem de betimartins
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 6 anos 15 semanas
Membro desde: 09/09/2010
Conteúdos:
Pontos: 439

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of betimartins

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Amor Selaste-me os meus lábios! 0 692 05/31/2011 - 00:41 Português
Prosas/Contos O estranho incêndio! 0 686 05/31/2011 - 00:39 Português
Prosas/Pensamentos Pedacinhos de fé 0 945 05/31/2011 - 00:35 Português
Poesia/Pensamentos Eu serei a poetisa? 0 871 05/19/2011 - 12:13 Português
Poesia/Desilusão Não! Tenho mais palavras! 0 988 05/19/2011 - 12:11 Português
Poesia/Soneto As lágrimas do Poeta. 0 811 05/19/2011 - 12:10 Português
Poesia/Alegria Sempre me encanta... 0 744 05/19/2011 - 12:08 Português
Prosas/Pensamentos Os aprendizes! 0 1.328 04/07/2011 - 11:43 Português
Poesia/Tristeza A cor da solidão! 1 1.136 04/07/2011 - 00:31 Português
Poesia/Amor Apenas mulher! 1 1.009 04/03/2011 - 21:50 Português
Poesia/Tristeza A dor! 1 1.170 04/03/2011 - 17:20 Português
Poesia/Pensamentos Almas! 0 1.045 04/03/2011 - 13:24 Português
Poesia/Amizade Soneto do amigo 0 1.084 04/03/2011 - 13:21 Português
Prosas/Lembranças Fantasmas! 0 1.269 04/03/2011 - 13:20 Português
Poesia/Intervenção Caminhos sem paz 0 993 04/03/2011 - 13:19 Português
Poesia/Meditação Controvérsias! 0 804 04/03/2011 - 13:18 Português
Poesia/Intervenção Desabafo 0 918 04/03/2011 - 13:17 Português
Poesia/Amizade Palavras de amizade... 0 1.053 04/03/2011 - 13:15 Português
Poesia/Amizade Poema do amigo 0 1.155 04/03/2011 - 13:14 Português
Poesia/Meditação Semeadores de amor 0 845 04/03/2011 - 13:13 Português
Poesia/Amor Eu, apenas te amo. 0 798 04/03/2011 - 13:12 Português
Poesia/Meditação Vida. 0 886 04/03/2011 - 13:10 Português
Prosas/Contos A irmã luz e o irmão escuridão 0 1.454 04/03/2011 - 13:09 Português
Poesia/Amor Hino de amor à natureza 1 933 03/25/2011 - 22:44 Português
Poesia/Meditação Cai o pano no silêncio da noite 0 592 03/25/2011 - 22:40 Português