CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Os aprendizes!

Os aprendizes!

Como os seres humanos são buscadores de amor, sugadores de amor, aprendizes do amor.
Sem ele, algo morre dentro de si, seria como uma tormenta, um navio a deriva no mar, uma cidade em habitantes, sem flores, arvores, jardins e por ai fora
Fechem os olhos e se imaginem num lugar, magnífico, verdes jardins, cascata de água correndo, dentro pequeninhos peixinhos nadando, pedras multicores, brilhando com o sol a refletir os seus raios.
Imaginem uns lindos bancos, confortáveis, lembrem-se daqueles que gostariam de ter nesse belo jardim.
Tragam-nos, vejam eles a chegarem, vejam o seu deslumbre, sua alma aquietar, respirem o ar que ali se faz sentir, leve, perfumado, inalem lentamente e deixem-se ir, apenas...
Observem as flores, com atenção e compreensão, vejam o que as rodeiam, apurem os sentidos, lindas borboletas, quantas cores variadas, elas voam delicadamente, como se fosse uma dança, um agradecimento a flor.
Olhem as arvores, observem, olhem para o alto, vejam seus galhos, observem lentamente e veja a vida que ali habita, quantas aves, quantos insetos, escutem o canto delas, o canto dos anjos. A brisa, apenas embala as folhas e os grandes galhos da arvores, observe, apenas...
Veja o Sol entrar através dos ramos, olhe a luz, como ela é bela, tentem olhar mais o sol, sintam o calor a sua luz entrar na sua mente, tudo fica laranja, tudo fica intenso.
Conversem com seus familiares, deixem os problemas, os desentendimentos, as diferenças em casa, aqui são todos iguais, imagine o mundo exatamente assim, um mundo repleto de paz, harmonia e amor.
Escutem as risadas felizes, crianças brincando vestidas de branco, exatamente vestidas da mesma forma. Vejam seus cabelos de cor negra, castanha, loura e vermelha, seus tons de pele de varias cores, seus olhos de cores variadas, olhem e vejam a sua alegria, seu vibrar no amor.
Uma chega do seu lado e dá um abraço bem apertado, entregando uma bela rosa branca símbolo de sua pureza e amor. Sinta esse abraço, sinta a leveza de seu ser, deixe-se conduzir apenas e não deixe nenhum pensamento o magoar, apenas se liberte, deixe ir embora toda a dor e toda sua a magoa.
Pense em alguém que magoou, pense no perdão desse alguém, imagine o quanto seu coração sente aliviado tirar esse peso dentro de si, perdoe incondicionalmente, perdoe apenas, perdoa-se também.
Escute o rio, escute as águas, sinta o cheiro delas, do lugar, respire mais fundo, relaxe, deixe-se ir, olhe e veja o que acontece ali, o calor, as crianças foram brincar na água, veja as pedras brancas e negras, veja com elas estão arrumadas, em sintonia.
Deixe-se ir, mergulhe os pés na água, sinta-a, vamos sem medo, sente-se refrescado, aliviado, sente quase renovado e sua alma purificada, não tema é mesmo assim.
Quer conter as suas lágrimas não consegue, elas teimam em cair, olhe a sua volta, veja tudo e reflita porque tudo o que partilhou é apenas a vida.
Seu coração quer mudar, quer abrir partes que desconhecia, escute a voz que dele surge suave e meiga. Não tema, apenas escute a sua voz, ele fala sabia e como ele fala, aprenda a o ouvir.
Psiu! Escute a voz a tão falada voz que provem do coração, mas por acaso sabem quem fala? O vosso Deus que em vós habita o vosso templo, ele esteve sempre ai, esperando pacientemente o vosso despertar um dia.
Afinal Deus sempre esteve ai, aprendam a agradecer tudo que recebem e tudo que lhes és ofertado gratuitamente, pois apenas estamos aqui para aprender algo tão grandioso o amor e nada mais, o resto nada levam um dia...

Submited by

quinta-feira, abril 7, 2011 - 11:43

Prosas :

Average: 5 (1 vote)

betimartins

imagem de betimartins
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 6 anos 14 semanas
Membro desde: 09/09/2010
Conteúdos:
Pontos: 439

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of betimartins

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Amor Selaste-me os meus lábios! 0 687 05/31/2011 - 00:41 Português
Prosas/Contos O estranho incêndio! 0 682 05/31/2011 - 00:39 Português
Prosas/Pensamentos Pedacinhos de fé 0 941 05/31/2011 - 00:35 Português
Poesia/Pensamentos Eu serei a poetisa? 0 870 05/19/2011 - 12:13 Português
Poesia/Desilusão Não! Tenho mais palavras! 0 986 05/19/2011 - 12:11 Português
Poesia/Soneto As lágrimas do Poeta. 0 809 05/19/2011 - 12:10 Português
Poesia/Alegria Sempre me encanta... 0 744 05/19/2011 - 12:08 Português
Prosas/Pensamentos Os aprendizes! 0 1.327 04/07/2011 - 11:43 Português
Poesia/Tristeza A cor da solidão! 1 1.133 04/07/2011 - 00:31 Português
Poesia/Amor Apenas mulher! 1 1.007 04/03/2011 - 21:50 Português
Poesia/Tristeza A dor! 1 1.168 04/03/2011 - 17:20 Português
Poesia/Pensamentos Almas! 0 1.038 04/03/2011 - 13:24 Português
Poesia/Amizade Soneto do amigo 0 1.084 04/03/2011 - 13:21 Português
Prosas/Lembranças Fantasmas! 0 1.268 04/03/2011 - 13:20 Português
Poesia/Intervenção Caminhos sem paz 0 992 04/03/2011 - 13:19 Português
Poesia/Meditação Controvérsias! 0 800 04/03/2011 - 13:18 Português
Poesia/Intervenção Desabafo 0 917 04/03/2011 - 13:17 Português
Poesia/Amizade Palavras de amizade... 0 1.051 04/03/2011 - 13:15 Português
Poesia/Amizade Poema do amigo 0 1.153 04/03/2011 - 13:14 Português
Poesia/Meditação Semeadores de amor 0 843 04/03/2011 - 13:13 Português
Poesia/Amor Eu, apenas te amo. 0 796 04/03/2011 - 13:12 Português
Poesia/Meditação Vida. 0 883 04/03/2011 - 13:10 Português
Prosas/Contos A irmã luz e o irmão escuridão 0 1.450 04/03/2011 - 13:09 Português
Poesia/Amor Hino de amor à natureza 1 931 03/25/2011 - 22:44 Português
Poesia/Meditação Cai o pano no silêncio da noite 0 590 03/25/2011 - 22:40 Português