CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Uma tarde de chuva

Toda pessoa tem seus esqueletos no armário, segredos escondidos a sete chaves, gemidos perdidos em algum lugar. E em dias de chuva costumam frequentar a lembrança da mais pacata a mais atrevida mente, mesmo sendo ela sã.
Uma brisa para alguns, refresco para outros tantos, mas para dois corpos, uma tarde que brinda a vida com uma aconchegante chuva, é o convite em forma de poesia aos olhos curiosos do desejo.
Paredes em tons de roxo confundem a mente dos corpos se encontram em um despretensioso sexo casual, apenas mais algumas palavras sem sentido, arranhões superficiais, nada que a alma sentirá, tanto quanto a saudade do suor, sujo e promiscuo que contracena com a janela embaçada. 
Taças de vinho com suas bordas manchadas pelo toque dos lábios, uma garrafa há meia altura, roupas espalhadas, dividindo-se entre cadeiras, escrivaninha e abajur, ao fundo tocando suavemente uma bossa. As mãos delicadas, que de forma abrupta possuem o corpo quase que instintivamente, a língua que procura o ouvido, murmurando os segredos vassalos, implorando por mais e mais. 
A maravilhosa sensação que se tem ao perceber que toda timidez contida naquele corpo se esvai, ao toma-la em minhas mãos, libertando uma espécie de mulher antes nunca vista por outros, fogosa e surpreendente, tão viciante quanto a mais pura química já feita pelo homem.
Sensações tão a flor da pele que o tempo foge ao controle dos olhos, passam-se segundos, minutos e talvez horas. Restando abraços e palavras vazias, olhos que correm sobre seu corpo nu, macio e cheiroso, a chuva caindo e nos avisando que a tarde poderia sim ser emendada com a noite, que poderíamos repetir quantas vezes mais fossem possíveis, pois aqueles arranhões logo sairiam do corpo, restando apenas à lembrança de todo desejo alcançado, em uma tarde chuvosa de abril.

Submited by

segunda-feira, agosto 13, 2012 - 20:47

Prosas :

No votes yet

Pablo Gabriel

imagem de Pablo Gabriel
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 2 semanas 4 dias
Membro desde: 05/02/2011
Conteúdos:
Pontos: 2916

Comentários

imagem de backtothemoon

O amor e a sexualidade em

O amor e a sexualidade em conjunto. Divino a meu ver.
Excelente prosa.

Cumprimentos

Sofia Ferreira

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Pablo Gabriel

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Meditação [Teias] 0 68 03/16/2020 - 14:24 Português
Poesia/Pensamentos [As vozes] 0 124 02/12/2020 - 19:15 Português
Poesia/Meditação [Vento] 0 67 02/10/2020 - 14:13 Português
Poesia/Pensamentos [Queda] 0 216 01/23/2020 - 20:15 Português
Poesia/Amor [Invisíveis] 0 91 01/06/2020 - 18:06 Português
Poesia/Meditação [Casas invisíveis] 0 235 12/13/2019 - 17:59 Português
Poesia/Meditação [PÓ] 0 152 12/09/2019 - 15:01 Português
Poesia/Pensamentos [A hora mais escura] 0 278 09/27/2019 - 18:59 Português
Poesia/Pensamentos [Urubus] 1 493 09/27/2019 - 13:24 Português
Poesia/Pensamentos [Fantasma] 0 238 09/19/2019 - 21:31 Português
Poesia/Amor [Teus lábios] 0 411 08/15/2019 - 15:01 Português
Poesia/Meditação [Á deriva] 0 820 05/08/2019 - 15:29 Português
Poesia/Meditação [Vazios] 0 933 04/03/2019 - 21:00 Português
Poesia/Meditação [Círculos] 0 1.164 03/12/2019 - 17:34 Português
Poesia/Meditação [Mundo] 0 848 12/07/2018 - 20:47 Português
Poesia/Meditação [Curtido] 0 1.171 11/26/2018 - 20:20 Português
Poesia/Meditação [Caminhar] 0 764 11/21/2018 - 14:21 Português
Críticas/Outros [A filosofia do povo] 0 1.287 10/30/2018 - 14:13 Português
Poesia/Meditação [Morto] 0 1.349 10/25/2018 - 19:56 Português
Poesia/Meditação [Novos velhos] 0 789 10/24/2018 - 14:52 Português
Poesia/Meditação [Preço] 0 644 10/23/2018 - 15:12 Português
Poesia/Meditação [Destempero] 0 726 10/05/2018 - 21:19 Português
Poesia/Meditação [Brasília] 0 738 08/03/2018 - 20:28 Português
Poesia/Meditação [Enlatado] 0 2.272 07/24/2018 - 15:13 Português
Poesia/Meditação [Malandro] 0 868 07/19/2018 - 15:11 Português