CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Te doy una canción (Silvio Rodriguez)

Como gasto papeles recordando..
como me haces hablar en el silencio.
como no te me quitas. de las ganas..
aunque nadie me ve nunca contigo..
y como pasa el tiempo..
que de pronto son años ..
sin pasar tu por mi .. que tenia..
 

Te doy una cancion se bare una puerta
y de la sombra sales tu
te doy una canciond e madrugada
cuando mas llego tu luz.
te doy una cancion
cuando apareces el misterio del amor
y si no apareces no me importa
yo te doy una cancion
 

Si yo pongo afuera me detengo
la ciudad se derrrrumba y yo cantando
a gente queme odia y que me quiere
no me va a perdornar que me distraiga
en que lo digo todo
que me juego la vida
por que no te conocen
ni te sienten ...
 

Te doy una cancion me hago un disco de ..
sobre mi derecho hablar
te doy una cancion con mis 2 manos
con las mimas de matar
te doy una cancion y digo patria
y sigo hablando para ti
te doy una cancion como un disparo
como un libro una palabra una guerrilla
como doy el amor

Silvio Rodriguez, compositor e músico cubano.

Submited by

domingo, dezembro 26, 2010 - 23:32

Videos :

No votes yet

AjAraujo

imagem de AjAraujo
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 1 ano 2 semanas
Membro desde: 10/29/2009
Conteúdos:
Pontos: 15585

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of AjAraujo

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Fantasia Cabelos de fogo 0 542 04/28/2018 - 21:38 Português
Poesia/Dedicado A criança dentro de ti 0 483 04/28/2018 - 21:20 Português
Poesia/Pensamentos O porto espiritual 0 497 04/28/2018 - 21:00 Português
Poesia/Dedicado Ano Novo (Ferreira Gullar) 1 628 02/20/2018 - 19:17 Português
Prosas/Drama Os ninguéns (Eduardo Galeano) 0 629 12/31/2017 - 19:09 Português
Poesia/Dedicado Passagem de ano (Carlos Drummond de Andrade) 0 598 12/31/2017 - 18:59 Português
Prosas/Contos Um conto de dor e neve (AjAraujo) 0 1.634 12/20/2016 - 11:42 Português
Prosas/Contos Conto de Natal (Rubem Braga) 0 996 12/20/2016 - 11:28 Português
Prosas/Contos A mensagem na garrafa - conto de Natal (AjAraujo) 0 2.073 12/04/2016 - 13:46 Português
Poesia/Intervenção Educar não é... castigar (AjAraujo) 0 742 07/08/2016 - 00:54 Português
Poesia/Intervenção Dois Anjos (Gabriela Mistral) 0 2.242 08/04/2015 - 23:50 Português
Poesia/Dedicado Fonte (Gabriela Mistral) 0 1.269 08/04/2015 - 22:58 Português
Poesia/Meditação O Hino Cotidiano (Gabriela Mistral) 0 1.333 08/04/2015 - 22:52 Português
Poesia/Pensamentos As portas não são obstáculos, mas diferentes passagens (Içami Tiba) 0 1.364 08/02/2015 - 23:48 Português
Poesia/Dedicado Pétalas sobre o ataúde - a história de Pâmela (microconto) 0 2.068 03/30/2015 - 11:56 Português
Poesia/Dedicado Ode para a rendição de uma infância perdida 0 1.319 03/30/2015 - 11:45 Português
Poesia/Tristeza Entre luzes e penumbras 0 1.640 03/30/2015 - 11:39 Português
Poesia/Tristeza No desfiladeiro 1 2.435 07/26/2014 - 00:09 Português
Poesia/Intervenção Sinais da história 0 1.452 07/17/2014 - 00:54 Português
Poesia/Fantasia E você ainda acha pouco? 0 2.242 07/17/2014 - 00:51 Português
Poesia/Aforismo Descanso eterno 2 2.840 07/03/2014 - 22:28 Português
Poesia/Intervenção Paisagem (Charles Baudelaire) 0 1.947 07/03/2014 - 03:16 Português
Poesia/Meditação Elevação (Charles Baudelaire) 0 1.951 07/03/2014 - 03:05 Português
Poesia/Intervenção A uma mendiga ruiva (Charles Baudelaire) 0 3.652 07/03/2014 - 02:55 Português
Poesia/Intervenção Coração avariado 1 1.508 06/25/2014 - 03:09 Português