CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

****

Quebra-se o num do num devaneio triste
E sendo a saudade eterna da nostalgia.
Partiu para longe o barco da memória.
Sabemos cada vez menos o que é um humano

A crueldade habita os nossos corações
O ódio somos nos próprios….
O natal é um Inverno gelado
Numa imensa escuridão

O que nos aconteceu?
Nós somos mais vis.
Dispara a arma. Bis.
Duas vezes matamos, quando não são três!

Naufragou a nossa memoria,
Afogou-se a mágoa, a tristeza.
Somos barcos com rota indefinida.
Homens cegos sem rumo.

More a minha memória
Renasce a dor infinita.
Lamina eterna que entra em mim
Ódio! Ó dio, ó dio mio

Deus que não existe!
Martelos cruzados na minha alma,
Asas rasgadas na minha carne.
Dor de lâmina eterna
Que trespassa o corpo infinito.

Submited by

quarta-feira, novembro 5, 2008 - 04:19

Poesia :

No votes yet

archangel

imagem de archangel
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 9 anos 15 semanas
Membro desde: 04/01/2008
Conteúdos:
Pontos: 189

Comentários

imagem de Henrique

Re: ****

Muito bom, gostei de ler!

:-)

imagem de zizo

Re: ****

Dor da alma trespassada por mil sóis quentes e fatais, por mil luas geladas e cortantes.
Forte!

Abraço

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of archangel

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Videos/Perfil 1163 0 812 11/24/2010 - 23:11 Português
Fotos/ - 512 0 833 11/24/2010 - 00:35 Português
Fotos/ - 513 0 660 11/24/2010 - 00:35 Português
Fotos/ - 323 0 809 11/24/2010 - 00:35 Português
Fotos/ - 503 0 740 11/24/2010 - 00:34 Português
Prosas/Outros A tragédia de Deus e da Lua num abismo chamado Amor 0 375 11/19/2010 - 00:05 Português
Poesia/Amor Amor 0 471 11/17/2010 - 23:11 Português
Fotos/Outros No face to face me 1 832 09/14/2010 - 01:46 Português
Fotos/Outros on the wall!! 1 770 09/14/2010 - 01:45 Português
Fotos/Rostos A tristeza 1 893 09/07/2010 - 01:41 Português
Poesia/Pensamentos No silêncio vazio desta noite calma 1 590 04/12/2010 - 15:16 Português
Prosas/Pensamentos “Eu penso, logo existo (cogito ergo sum) ” 1 488 04/07/2010 - 21:06 Português
Fotos/Cidades A minha velha cidade 1 1.002 03/07/2010 - 15:28 Português
Poesia/Dedicado Cartas 2 423 03/01/2010 - 04:03 Português
Poesia/Meditação ? 2 428 02/28/2010 - 21:00 Português
Poesia/Desilusão **** 2 615 02/28/2010 - 16:07 Português
Poesia/Tristeza Regressando 2 511 02/28/2010 - 16:04 Português
Poesia/Desilusão Anseio ver o invisível 1 396 02/28/2010 - 16:03 Português
Poesia/Dedicado Psico-retrato 1 630 02/28/2010 - 16:03 Português
Poesia/Meditação Rascunho 1 486 02/28/2010 - 16:02 Português
Poesia/Dedicado Tardar 2 434 02/28/2010 - 15:41 Português
Poesia/Desilusão Porquê sofro? 2 510 02/28/2010 - 15:41 Português
Poesia/Dedicado Desculpo-me 2 533 02/28/2010 - 15:40 Português
Poesia/Aforismo Lucidez?! 2 368 02/28/2010 - 15:39 Português
Poesia/Desilusão Ode do meu sentir 1 519 02/28/2010 - 15:35 Português