Levas o vento para o quarto

Levas o vento para o quarto
vai ser a sua primeira vez
Tiras as meias e puxas um cigarro
ele não quer saber do fumo que se espalha na sala
nem da musica que se cruza com as balas.
Levas o vento para o quarto
e é a primeira vez aquela posição
não se vai olhar no espelho
nem ter conversas muito demoradas
Levas o vento para o quarto
mostras o livro com fotografias
imagino que não sabia nada de sexo
nem tinha poesia antes do orgasmo.
Levas o vento para o quarto
fechas as cortinas, tiras as meias e puxas um cigarro
vai ser muito rápido adormecer,é a primeira vez aquela posição

Lobo

Submited by

Tuesday, August 6, 2013 - 17:11

Poesia :

No votes yet

lobo

lobo's picture
Offline
Title: Membro
Last seen: 3 years 12 weeks ago
Joined: 04/26/2009
Posts:
Points: 2592

Add comment

Login to post comments

other contents of lobo

Topic Title Replies Views Last Postsort icon Language
Poesia/Dedicated O noite vem vestir o povo 0 1.100 07/11/2011 - 08:21 Portuguese
Poesia/General A noite é uma mosca 0 739 07/10/2011 - 08:50 Portuguese
Poesia/Dedicated Estás dentro do poço 1 920 07/09/2011 - 17:18 Portuguese
Poesia/Love Anda não fiques ai 0 1.168 07/08/2011 - 08:00 Portuguese
Poesia/General De que amarga água 1 810 07/07/2011 - 02:55 Portuguese
Poesia/Dedicated Os bichos e as pessoas 0 1.253 07/05/2011 - 10:28 Portuguese
Poesia/Dedicated Escrevem na pele com tinta limão 0 1.033 07/04/2011 - 13:31 Portuguese
Poesia/Thoughts Como se faz para levantar o corpo 0 919 07/03/2011 - 14:18 Portuguese
Poesia/General A morte da mulher do dono do hotel 0 709 07/03/2011 - 12:59 Portuguese
Poesia/Thoughts Os dias marcados no corpo 0 1.210 07/02/2011 - 22:15 Portuguese
Poesia/Love Fim 1 739 07/01/2011 - 22:48 Portuguese
Poesia/Thoughts Vamos juntar palavras 1 649 07/01/2011 - 17:07 Portuguese
Poesia/Love O amor se escondeu 0 756 07/01/2011 - 09:16 Portuguese
Poesia/Dedicated Volto no mar 0 853 06/30/2011 - 08:44 Portuguese
Poesia/Thoughts A lembrança é uma faca 2 556 06/29/2011 - 23:58 Portuguese
Poesia/General Os barcos que se perdem dos rios 0 1.058 06/27/2011 - 17:21 Portuguese
Poesia/Aphorism O fogodas mãos 0 1.092 06/26/2011 - 20:35 Portuguese
Poesia/Love Vou virar essa carta pra ti 0 575 06/26/2011 - 13:32 Portuguese
Poesia/Poetrix A transparencia ou o outro modo de criar um pacto 0 535 06/26/2011 - 09:09 Portuguese
Poesia/General Vou-te contar menino 1 1.008 06/25/2011 - 17:45 Portuguese
Poesia/Erotic Como era aquele movimento 0 810 06/24/2011 - 22:09 Portuguese
Poesia/Thoughts Vou sacar um cigarro 0 997 06/24/2011 - 19:51 Portuguese
Poesia/Fantasy Quando se prova a folha da coca 0 1.960 06/24/2011 - 16:12 Portuguese
Poesia/General As lagartas andam no deserto 0 1.258 06/24/2011 - 14:51 Portuguese
Poesia/Thoughts Como me soubesse a triste 1 1.222 06/24/2011 - 09:32 Portuguese