Levas o vento para o quarto

Levas o vento para o quarto
vai ser a sua primeira vez
Tiras as meias e puxas um cigarro
ele não quer saber do fumo que se espalha na sala
nem da musica que se cruza com as balas.
Levas o vento para o quarto
e é a primeira vez aquela posição
não se vai olhar no espelho
nem ter conversas muito demoradas
Levas o vento para o quarto
mostras o livro com fotografias
imagino que não sabia nada de sexo
nem tinha poesia antes do orgasmo.
Levas o vento para o quarto
fechas as cortinas, tiras as meias e puxas um cigarro
vai ser muito rápido adormecer,é a primeira vez aquela posição

Lobo

Submited by

Tuesday, August 6, 2013 - 17:11

Poesia :

No votes yet

lobo

lobo's picture
Offline
Title: Membro
Last seen: 3 years 12 weeks ago
Joined: 04/26/2009
Posts:
Points: 2592

Add comment

Login to post comments

other contents of lobo

Topic Title Replies Views Last Postsort icon Language
Poesia/Dedicated Quando o sol se derrete 0 1.629 12/27/2011 - 19:14 Portuguese
Poesia/General Eu não sei nada 0 992 12/27/2011 - 15:15 Portuguese
Poesia/Dedicated Com fome não se faz a sopa 1 1.081 12/26/2011 - 18:39 Portuguese
Poesia/Dedicated Ó sol preciso dos teus raios 1 381 12/26/2011 - 18:29 Portuguese
Poesia/Aphorism Ao redor do fogo 0 751 12/26/2011 - 15:50 Portuguese
Poesia/General Atrás da porta eu fico 0 731 12/24/2011 - 18:34 Portuguese
Poesia/Dedicated Não vou ficar com a tristeza 0 687 12/23/2011 - 14:48 Portuguese
Poesia/General Como se faz a casa 0 977 12/23/2011 - 11:52 Portuguese
Poesia/General Aquece as palavras 0 702 12/19/2011 - 16:03 Portuguese
Poesia/General Esperamos a solidão 0 728 12/17/2011 - 21:29 Portuguese
Poesia/Dedicated Agora já não vou fazer planos 0 539 12/16/2011 - 12:43 Portuguese
Poesia/General Dentro das páginas 1 772 12/16/2011 - 03:19 Portuguese
Poesia/General Carta 0 778 12/15/2011 - 15:36 Portuguese
Poesia/General O mar vê-se dos teus olhos 1 698 12/15/2011 - 00:41 Portuguese
Poesia/General A cidade... 0 639 12/14/2011 - 17:19 Portuguese
Poesia/General Nós fazemos a viagem 0 732 12/13/2011 - 11:50 Portuguese
Poesia/Intervention O mar é o teu animal 0 806 12/05/2011 - 01:08 Portuguese
Poesia/Dedicated Na poesia do prato da fruta 0 734 12/05/2011 - 00:06 Portuguese
Poesia/Aphorism O barro moldado na transpiração 0 880 11/30/2011 - 18:23 Portuguese
Poesia/Aphorism Agora nada me está faltando 0 831 11/30/2011 - 12:23 Portuguese
Poesia/Intervention O velho caminho ferroviario 0 636 11/29/2011 - 12:37 Portuguese
Poesia/Song A árvore que está no meio 0 858 11/27/2011 - 21:41 Portuguese
Poesia/Dedicated se a água corta-se 0 894 11/27/2011 - 21:37 Portuguese
Poesia/General Dá-me o teu lado inquieto 0 793 11/23/2011 - 17:19 Portuguese
Poesia/General Se tu soltares a lua 3 1.020 11/22/2011 - 20:28 Portuguese