CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Época

- Época -

Crianças jogavam pião
os pombos cagavam na praça
o bêbado pedia de graça,
uma morte, uma cachaça...

Era uma época boa
os velhinhos viviam a toa
a missa estava sempre cheia

Os devotos iluminavam as candeias
pedindo aos santos,
proteção e barriga cheia

O carteiro vivia passando
os cães sempre latiam
boas novas eram entregues,
más notícias devolvidas
sem avisos de serem recebidas

O pião girava
crianças gritavam, gargalhavam
as mães chamavam seus filhões
sempre nas horas das refeições

Os moleques criavam alçapões
andavam com estilingue na cintura
faziam armadilhas, achavam ferraduras

Este mundo ficou distante,
fotos presas na estante
sorrisos de diamantes
congelando uma época
que não volta mais

Muitas coisas ficaram para trás
alguns amigos partiram
momentos bons deixaram,
lembrando que existiram

Hoje seria uma época boa,
se tudo agora voltasse
trazendo todo o meu passado
fazendo que aqui ficasse!

Submited by

terça-feira, agosto 29, 2017 - 13:23

Poesia :

No votes yet

fabio ferreira do amaral

imagem de fabio ferreira do amaral
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 1 ano 43 semanas
Membro desde: 05/07/2013
Conteúdos:
Pontos: 1838

Comentários

imagem de J. Thamiel

Isto é um espelho da minha

Isto é um espelho da minha vida.
.saçnarbmel sasse rezart em rop odagirbO

imagem de fabio ferreira do amaral

Agradecimento

Obrigado por ler meus poemas.

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of fabio ferreira do amaral

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Amor Primeiro 2 673 02/27/2018 - 11:32 Português
Poesia/Intervenção Recesso 4 695 02/08/2018 - 16:05 Português
Poesia/Paixão Suspiros 0 579 12/21/2017 - 12:00 Português
Poesia/Geral Empório 0 517 12/11/2017 - 11:25 Português
Poesia/Geral Passageiro 2 580 12/04/2017 - 11:19 Português
Poesia/Fantasia Cata-ventos 2 774 11/30/2017 - 11:21 Português
Poesia/Intervenção Estandarte 0 1.374 10/30/2017 - 19:52 Português
Poesia/Pensamentos Vicissitudes 0 870 10/24/2017 - 12:31 Português
Poesia/Amor Nanquim 0 810 10/16/2017 - 19:30 Português
Poesia/Geral Descontrole 0 649 09/27/2017 - 12:27 Português
Poesia/Geral Cara-velas 0 1.090 09/19/2017 - 12:46 Português
Poesia/Amor Duvido 0 839 09/12/2017 - 13:28 Português
Poesia/Pensamentos Época 2 877 08/30/2017 - 21:03 Português
Poesia/Amor Florir 0 686 08/26/2017 - 14:40 Português
Poesia/Pensamentos Cata-dor 0 964 08/19/2017 - 14:52 Português
Poesia/Geral Uni-versos 2 937 08/13/2017 - 02:49 Português
Poesia/Paixão Roda Viva 0 1.528 06/30/2017 - 20:02 Português
Poesia/Geral Descansar 0 663 06/30/2017 - 19:49 Português
Poesia/Amor Sofrido 0 1.012 06/07/2017 - 14:22 Português
Poesia/Geral Vida Dura 0 849 06/07/2017 - 14:08 Português
Poesia/Geral Diário 0 989 05/15/2017 - 13:34 Português
Poesia/Geral Verdade 0 938 05/15/2017 - 13:22 Português
Poesia/Geral Tudo 0 852 04/26/2017 - 19:17 Português
Poesia/Pensamentos Ressuscito 0 1.566 04/13/2017 - 12:18 Português
Poesia/Geral Surdo 0 867 04/03/2017 - 17:21 Português