CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Cata dor

- Cata dor -

Descia ele pela rua da amargura
sua carroça era um carro,
ele ia no lugar do cavalo
com à força de um motor

Forte era sua dor
sua fraqueza a carcaça
nessa vida nada passa
sua voz uma mordaça

Gente perdida na praça
soltando fumaça
aguentando uma dor
que nunca passa...

O mundo é uma vingança
os sonhos morrem
a vida vive, a morte mata

Sua jornada é eterna
o universo fica na lanterna,
todos ficam para trás

Em nenhum lugar ele volta mais
ficou pra trás, voltou ao começo,
já perdeu tudo mesmo
até àquele lugar ermo

Nada mais, tudo menos
querendo coisas, quebrando o absurdo
perdendo o nada, catando maldades

Todos precisam de tudo
pular esse muro, subir nesta escada
continuar à caminhada...

Cair no buraco, reviver o morto
matar o pesadelo, viver um sonho louco

Agora ele sobe...
sua rua é a boa morte
fazendo dele, um catador com sorte!

Submited by

sábado, agosto 19, 2017 - 15:52

Poesia :

No votes yet

fabio ferreira do amaral

imagem de fabio ferreira do amaral
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 4 dias 4 horas
Membro desde: 05/07/2013
Conteúdos:
Pontos: 1958

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of fabio ferreira do amaral

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Amor Primavera 0 221 02/14/2024 - 20:57 Português
Poesia/Fantasia Avenidas 0 218 02/14/2024 - 20:41 Português
Poesia/Geral O velhinho 0 1.069 01/19/2022 - 13:52 Português
Poesia/Geral Verdades irreais 0 1.090 01/19/2022 - 13:35 Português
Poesia/Geral Clausura 0 670 12/29/2021 - 14:24 Português
Poesia/Desilusão Os erros 0 752 12/29/2021 - 14:08 Português
Poesia/Pensamentos Solidão 0 570 12/29/2021 - 13:53 Português
Poesia/Pensamentos Carminha 0 1.065 12/27/2021 - 14:33 Português
Poesia/Fantasia Mel 0 1.087 12/27/2021 - 14:10 Português
Poesia/Intervenção Impossível ? 0 916 12/27/2021 - 13:51 Português
Poesia/Pensamentos Zé-ninguém 0 816 09/16/2021 - 14:47 Português
Poesia/Pensamentos Tempo Fora 1 1.164 06/17/2021 - 16:45 Português
Poesia/Fantasia Os tomates 1 1.252 06/17/2021 - 16:45 Português
Poesia/Amor Minha Musa 1 1.248 06/17/2021 - 16:43 Português
Poesia/Pensamentos Vazio 0 5.274 06/17/2021 - 13:23 inglês
Poesia/Geral Debaixo do sol 0 952 05/21/2021 - 15:10 Português
Poesia/Geral O amor 0 851 05/21/2021 - 14:52 Português
Poesia/Geral Fotografias 0 1.134 05/21/2021 - 14:38 Português
Poesia/Meditação Voz longínqua 0 1.362 05/19/2021 - 14:53 Português
Poesia/Pensamentos O porteiro 0 1.119 05/19/2021 - 14:21 Português
Poesia/Pensamentos Sombras 0 1.010 12/29/2020 - 17:02 Português
Poesia/Pensamentos Gotas 0 905 12/29/2020 - 16:47 Português
Poesia/Pensamentos Rastros 0 952 12/29/2020 - 16:33 Português
Poesia/Pensamentos Serpentes 0 1.270 12/28/2020 - 16:13 Português
Poesia/Pensamentos O deus do verão 0 1.315 12/26/2020 - 16:45 Português