CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Desabafo

Será que um dia serei feliz?
E encontre alguém que dê mais do que eu dou nas relações
e não ligue a bens materiais?
Alguém que solte um sorriso ao ouvir uma simples batida,
E que saiba que seremos felizes com coisas simples na vida?

Estou farta de viver ilusões que acabam em discussões,
Farta de viver relações que acabam sem relações
Algo que parecia uma vida...
E eu estou cansada...
tenho que fazer algo que me motiva!

Porque só eu sei o que me move por dentro,
A distância traz saudade, alguém que a sopre com o vento!

Ele diz que amar não chega, desculpa conveniente!
Porque amar não chega quando não se ama o suficiente ...

Não vou implorar pra ficares comigo,
queres que eu te peça só?
As relações moldam-se até se tornarem numa peça só

Não me digas que te sufoco se nada a mim me demonstras,
A minha insegurança tu é que a criaste,
Eu estou a mostrar-te o que sinto...

Pensas que dar-me segurança é só apertar o cinto!

Desculpa pelas discussões... disse que não voltavam a acontecer,
Tive medo que acontecesse algo, que voltou a acontecer...
E parte-me o coração, até chego a endoidecer,
E não consigo dormir quando chega ao anoitecer...

Não me esqueço do que disseste.
Do esforço que não fizeste, 
Não mereço o que tu fizeste
não esqueceste porque não quiseste...
Dei o benefício da dúvida para uma alegria de momento.
Via-te como a única aberta para os meus dias cinzentos...

Desperdiçaste a oportunidade e fizeste a mesma merda,
A pensar para ti se eu seria a pessoa certa,
Só a morte é certa,
Não queiras encontrar a pessoa certa aos 20 ...

E se eu sou a pessoa errada, o instinto é mais intuitivo,
Porque o fruto proibido é sempre o mais apetecido ...

Tanto lutaste que parecias estar a ganhar em me ter,
Hoje em dia, estás a ganhar em me perder ...

Por isso respeita o meu espaço se eu quiser ficar f@did@,
Não quero estar com alguém que não quer estar comigo...

Sei que vou andar perdida, e eu já não vejo "népia" ..
Se ontem era colorido, hoje já só vejo sépia!

Vai me custar podes crer,
Mas recordar é viver...
E eu acho que só te vais lembrar
No dia em que eu te esquecer ...

Não prevejo um futuro escuro, eu desejo tudo
Pensamentos aleatórios mudam a cada minuto.

E o amor morre numa altura em que já ninguém morre de amor.

Eu tento dar-te motivos para tu ficares comigo,
Tu só procuras razões para não ficar comigo...
Segue o teu coração se a cabeça andar indecisa...

Opiniões são de borla, toda a gente as dá na hora,
É sempre mais fácil falar para quem está de fora...
Mas só quem vive e sente,
sabe a 100 por cento a dor
da agonia de deixar partir alguém de quem se adora ...

Só queria ter um desejo da lâmpada de Aladin,
Que não amasses mais o orgulho do que me amas a mim ...

Espero que o dia em que tu souberes o que tu queres pra ti,
Não seja o dia que eu já saiba o que eu não quero pra mim.
Hoje eu quero-te a ti, aqueço o inverno por ti,
Apago o sol com um cachecol e enfrento o inferno por ti...

Sei que se apronto ralhas ...  enrolas-me ...
Isto não é um conto de fadas
Isto é um conto de falhas...
Porque errar é humano e posso parecer doida varrida
Mas dava um ano da minha vida,
por mais uma noite contigo....

Não sei se sentes a minha falta e se não te custa um só dia,
Horas passadas num colchão sem ver a luz do dia ...
Mas cansei-me de indecisões..
Só me resta relembrar a sós com a nostalgia ...

Submited by

sexta-feira, julho 12, 2013 - 13:51

Poesia :

No votes yet

SweetPoison

imagem de SweetPoison
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 11 semanas 3 dias
Membro desde: 02/20/2013
Conteúdos:
Pontos: 298

Comentários

imagem de Bruno Sanctus

Sinto, logo existo.

"Fala que não sorri, se eu ligar agora?
Fala que não chorou quando me viu ir embora?
E, se eu disser que volto você não conta as horas..."

Tétrico, dorido. Há uma dor obscena em cada verso. Um desejo subliminar de volta. A vida só existia no fio de sua língua. Imagino as agruras crepitando da ponta do lápis à folha pálida: risc, risc, risc. Quebrou a ponta, - Droga! - Nem este objeto milenar da escrita está suportando a dor. O relógio transforma tudo em motivo de chacota, quando você atém-se aos horários. A hora não passa. O vazio na cama, o espaço entre os edredons, o cabelo despenteado, são as evidências de que ele não voltará.

Um discurso comovente. A dor inegável, e quanto dela já tornou-nos artistas? Ó, catalisador cruel. Gostei muito. Parabéns.

imagem de SweetPoison

Difícil esconder

Nunca fui muito boa em eufemismos, esquemas e "trapacisses".

Muito menos em tentar esconder o que sinto, o que penso... mas sou óptima em escrever o que penso e o que tantas vezes raciocino dizer, equaciono, faço grandes planos... E nunca o faço, nunca tenho aqueles segundos de coragem inspiradora, libertadora!

A dor é um grande catalisador, sem sombra de dúvidas, mas mais ainda é o sofrer em silêncio, catarse metafórica de versos acumulados uns em cima dos outros, trepando-se para terem mais evidência que um ou outro...

Beijo Grande.
Obrigado pela sua leitura!!

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of SweetPoison

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Prosas/Cartas Se eu Pudesse... 1 613 07/19/2016 - 17:08 Português
Prosas/Romance Queria ter-lhe dito 0 408 02/18/2016 - 12:09 Português
Prosas/Drama Aconteci ... 2 1.001 06/13/2014 - 21:35 Português
Prosas/Erótico Quantum Satis 1 927 10/24/2013 - 02:11 Português
Poesia/Paixão Sabes uma coisa? 1 622 10/18/2013 - 01:53 Português
Prosas/Erótico Conto I 1 778 10/18/2013 - 01:31 Português
Poesia/Erótico Don't Be a Pussy 0 593 10/15/2013 - 15:10 Português
Poesia/Erótico Se eu te pedir .. 4 633 10/15/2013 - 14:27 Português
Prosas/Pensamentos C.A.O.S. 2 799 10/15/2013 - 14:25 Português
Poesia/Erótico Tudo Ou Nada 0 597 08/08/2013 - 10:47 Português
Prosas/Romance Ele e Ela 0 771 08/07/2013 - 14:15 Português
Poesia/Paixão Eu não queria 0 504 08/07/2013 - 14:10 Português
Poesia/Erótico Tentar ... 0 474 08/07/2013 - 12:36 Português
Poesia/Desilusão Promessas 2 579 08/06/2013 - 09:02 Português
Poesia/Pensamentos Desabafo 2 686 08/06/2013 - 08:58 Português
Poesia/Paixão Quando penso em ti 0 573 08/05/2013 - 14:54 Português
Poesia/Paixão Não sais daqui 0 681 08/05/2013 - 12:45 Português
Poesia/Erótico O crime do Padre Amaro 0 488 07/09/2013 - 00:03 Português
Poesia/Erótico Shiuuuu 3 783 06/20/2013 - 19:36 Português
Poesia/Erótico S curvo 2 435 06/20/2013 - 11:14 Português
Poesia/Erótico (...) -me 4 662 06/20/2013 - 11:13 Português
Poesia/Erótico Beijo Voraz 0 2.071 06/19/2013 - 10:32 Português
Poesia/Erótico Toca-me 0 403 06/17/2013 - 11:42 Português
Poesia/Erótico Anseio-te 4 703 06/17/2013 - 11:12 Português
Poesia/Paixão Hoje 4 548 06/13/2013 - 19:27 Português