CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

ESPERANÇA

Muitas vezes aflito
Outras tantas abatido
Tudo parecia findar
Sofrimento que não queria parar

Nesses momentos duros
Emoldurados por pensamentos obscuros
Do problema insolúvel
Veio a luz no fim do túnel

Como mão invisível
A solução incrível
Brotou como flor no deserto
O inesperado tornou-se certo

Quando força não havia
Estando eu à revelia
Socorro veio de outra parte
Eficaz, intrépido, dessarte

E todos esses momentos
No instante derradeiro
Ao pino do golpe ligeiro
Aprendi algo certeiro

Que ao esperar
Se pode alcançar
E a esperança é a última que morre
Se eu não morrer primeiro

Submited by

domingo, maio 15, 2016 - 21:16

Poesia :

No votes yet

Marcio de Assis

imagem de Marcio de Assis
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 2 anos 25 semanas
Membro desde: 05/13/2016
Conteúdos:
Pontos: 58

Comentários

imagem de J. Thamiel

Pedido

Meu amigo,
se você tem um blog ou site individual,
com gosto eu colocaria links em meus blogs.

Pode me passar o endereço.

imagem de Marcio de Assis

Bom dia, amigo! Ainda não

Bom dia, amigo!
Ainda não tenho, mas penso em criar um blog ainda esta semana e lhe passo. Fico muito grato e honrado por sua atitude. Um abraço.

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Marcio de Assis

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Geral SE EU PUDESSE 2 634 03/06/2018 - 20:46 Português
Poesia/Geral INSPIRAÇÃO 1 484 03/06/2018 - 20:45 Português
Poesia/Amor MINHA ESPOSA 0 607 05/17/2016 - 13:35 Português
Prosas/Fábula O SÁBIO, O LOUCO E O TOLO 0 593 05/17/2016 - 03:07 Português
Prosas/Contos SÓ SILVA 0 415 05/17/2016 - 02:19 Português
Poesia/Geral CRÍTICA 0 531 05/17/2016 - 01:59 Português
Poesia/Geral ESPERANÇA 2 669 05/16/2016 - 11:16 Português
Poesia/Geral VERDADEIRO AMOR 0 508 05/15/2016 - 21:38 Português
Poesia/Geral PERDA 0 550 05/15/2016 - 21:05 Português
Poesia/Geral BUSCA 0 569 05/14/2016 - 18:02 Português
Poesia/Geral O GRITO 1 510 05/13/2016 - 21:31 Português
Poesia/Geral EXPRESSÕES 0 508 05/13/2016 - 19:43 Português