CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Fogo Posto

Meu amor é fogo que teima em arder...
A ti quero minhas chamas lançar
Mas teimas em este fogo não ver
E em brasa meu coração deixar!

Este fogo foste tu quem mo puseste,
Foi contigo que este calor apareceu.
Foi quando comigo estiveste
Que este fogo posto nasceu.

Minha alegria não consigo conter
Num contentamento distante
De o meu desejo satisfazer
Em ser teu amante.

Fogo posto é mal da Natureza,
Mas o fogo que em mim suscitaste
Foi o fim da minha tristeza...
Foi um novo ser que despertaste.

Achas para a fogueira mandar
É tudo o que de ti posso desejar.
Dá-me motivos para esta chama alimentar
Dar-te de volta tudo o que possa receber.
Até que algo este fogo possa apagar,
Contigo ardentemente viver.

Quero ser fogo incapaz de controlar,
Quero ser quem tu queres amar.

Submited by

domingo, abril 26, 2015 - 01:33

Poesia :

No votes yet

fláviopinheiro

imagem de fláviopinheiro
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 4 anos 4 semanas
Membro desde: 02/18/2015
Conteúdos:
Pontos: 35

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of fláviopinheiro

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Amor Fogo Posto 0 769 04/26/2015 - 01:33 Português
Poesia/Tristeza Morte 0 760 04/13/2015 - 23:18 Português
Poesia/Intervenção Outrora 0 727 02/22/2015 - 18:02 Português
Poesia/Paixão Exposição 0 736 02/22/2015 - 17:59 Português
Poesia/Tristeza Ressaca 0 800 02/19/2015 - 03:23 Português
Poesia/Tristeza Quebra de Confiança 0 765 02/19/2015 - 03:12 Português
Poesia/Tristeza Escuridão 0 795 02/18/2015 - 22:25 Português