CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

O PIOR DE TUDO

Como será o pior de tudo
Se o tudo ninguém conhece
É como ouvir palavras de um mudo
Ou colher uma pedra que floresce

Mesmo um sábio não sabe nada
Se perguntamos sobre o depois
Recorrem à primitiva papelada
De profetas que titularam heróis

E porquê ter medo da morte
Se de quem morreu não há testemunho
É um mistério de grande porte
Como trinta dias se chamam Junho

Porém os dias são todos iguais
Pelas horas são gémeos
Criados pelos mesmos pais
Que de certo foram génios

Submited by

quarta-feira, julho 8, 2009 - 00:06

Poesia :

No votes yet

Henrique

imagem de Henrique
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 5 anos 48 semanas
Membro desde: 03/07/2008
Conteúdos:
Pontos: 34817

Comentários

imagem de analyra

Re: O PIOR DE TUDO

"Porém os dias são todos iguais
Pelas horas são gémeos
Criados pelos mesmos pais
Que de certo foram génios"

Musical, inteligente (e debochado).
Gostei muito, beijos

imagem de marialds

Re: O PIOR DE TUDO

Lindo, uma bela apologia, com um leve deboche do poeta.
Gostei muito.
parabens.

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Henrique

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Pensamentos DA POESIA 1 6.147 05/26/2020 - 22:50 Português
Videos/Outros Já viram o Pedro abrunhosa sem óculos? Pois ora aqui o têm. 1 38.492 06/11/2019 - 08:39 Português
Poesia/Tristeza TEUS OLHOS SÃO NADA 1 2.148 03/06/2018 - 20:51 Português
Poesia/Pensamentos ONDE O INFINITO SEJA O PRINCÍPIO 4 2.825 02/28/2018 - 16:42 Português
Poesia/Pensamentos APALPOS INTERMITENTES 0 2.708 02/10/2015 - 21:50 Português
Poesia/Aforismo AQUILO QUE O JUÍZO É 0 2.505 02/03/2015 - 19:08 Português
Poesia/Pensamentos ISENTO DE AMAR 0 4.675 02/02/2015 - 20:08 Português
Poesia/Amor LUME MAIS DO QUE ACESO 0 3.333 02/01/2015 - 21:51 Português
Poesia/Pensamentos PELO TEMPO 0 2.103 01/31/2015 - 20:34 Português
Poesia/Pensamentos DO AMOR 0 2.413 01/30/2015 - 20:48 Português
Poesia/Pensamentos DO SENTIMENTO 0 2.849 01/29/2015 - 21:55 Português
Poesia/Pensamentos DO PENSAMENTO 0 2.775 01/29/2015 - 18:53 Português
Poesia/Pensamentos DO SONHO 0 2.167 01/29/2015 - 00:04 Português
Poesia/Pensamentos DO SILÊNCIO 0 3.511 01/28/2015 - 23:36 Português
Poesia/Pensamentos DA CALMA 0 2.857 01/28/2015 - 20:27 Português
Poesia/Pensamentos REPASTO DE ESQUECIMENTO 0 2.386 01/27/2015 - 21:48 Português
Poesia/Pensamentos MORRER QUE POR DENTRO DA PELE VIVE 0 2.337 01/27/2015 - 15:59 Português
Poesia/Aforismo NENHUMA MULTIDÃO O SERÁ 0 2.281 01/26/2015 - 19:44 Português
Poesia/Pensamentos SILENCIOSA SOMBRA DE SOLIDÃO 0 3.420 01/25/2015 - 21:36 Português
Poesia/Pensamentos MIGALHAS DE SAUDADE 0 2.012 01/22/2015 - 21:32 Português
Poesia/Pensamentos ONDE O AMOR SEMEIA E COLHE A SOLIDÃO 0 1.823 01/21/2015 - 17:00 Português
Poesia/Pensamentos PALAVRAS À LUPA 0 2.892 01/20/2015 - 18:38 Português
Poesia/Pensamentos MADRESSILVA 0 1.909 01/19/2015 - 20:07 Português
Poesia/Pensamentos NA SOLIDÃO 0 2.146 01/17/2015 - 22:32 Português
Poesia/Pensamentos LÁPIS DE SER 0 2.197 01/16/2015 - 19:47 Português