CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

O RIO GRANDE DO SUL E O MUNDO

Por ter nascido um dia aqui
Na fronteira de dois países
Pelas coisas que aprendi
Sobre meus ancestrais matrizes
Acho estranho só agora
Ver povos derrubando “malos”
O que com bala, ferro, espora
Por sobre patas de cavalos
-Há muito tempo aqui foi feito!
De liberdade eu entendo
Pois me deixaram por direito
Os ancestrais dos quais descendo


Os índios donos da terra
Homens brancos que aqui vieram
Também pelearam na guerra
Os escravos que eles trouxeram
E usando a sabedoria
Do solitário que mateia
Combateram a tirania
Morrendo em terra alheia
É o mistério do Rio Grande
Da coragem e do amor
Misto de coragem e amor
Onde não há rei que nos mande
Nem lugar para um ditador 

Aqui nosso não é rotundo
Resposta de grosso calibre
Somos exemplo para o mundo
Única escolha é ser livre
Por defender essa postura
O escravo que aqui tombou
Que sabe por visão futura
Minha liberdade plantou
Quem sabe nos navios negreiros
A exemplo da cruz e os açoites
Vieram salvar os herdeiros
Deixando luz nas nossa noites.

Sérgio Teixeira

Bagé/RS

Submited by

terça-feira, março 1, 2011 - 14:24

Poesia :

Your rating: None (1 vote)

Sérgio Teixeira

imagem de Sérgio Teixeira
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 7 horas 17 minutos
Membro desde: 01/24/2011
Conteúdos:
Pontos: 401

Comentários

imagem de MarneDulinski

O RIO GRANDE DO SUL E O MUNDO

Belo texto Gaúcho conterrâneo, gostei e me orgulhei do mesmo!

Um abração,

MarneDulinski

imagem de Sérgio Teixeira

AGRADECIMENTO PELO COMENTÁRIO

Prezado Marne Dulinski, obrigado pelo comentário positivo sobre meu trabalho.

Incentivos assim fazem com que eu continue criando meus versos.

Fraterno abraço

Sérgio Teixeira

 de Bagé/RS

imagem de MEYRE

Descendo de alemães que

Descendo de alemães que fugiram da guerra.Nasci no RIo Grande Do Sul tb e amo essa terra.Belíssimo poema.abraços

imagem de Sérgio Teixeira

RESPOSTA AO COMENTÁRIO

Prezada MEYRE, um privilégio receber teu comentário aprovando meus versos.

Nosso Rio Grande do Sul tem algo mais que nos dá tanto orgulho de ter nascido nesse estado.

Sou apenas riograndense, urbano, mas o gaúcho, aquele peão que vive no campo juntamente com a companheira estão entre as criaturas que mais respeito nesse planeta.  

Obrigado e fraterno abraço

Sérgio Teixeira

de Bagé/RS

imagem de MarneDulinski

Meire!

Mais uma gauchinha que apareceu, muito contente fiquei, minha querida conterrânea!

Um abração,

MarneDulinski

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Sérgio Teixeira

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Geral DÉCIMAS DO MAL QUE FEZ A PAZ MUNDIAL 2 202 03/27/2020 - 01:51 Português
Poesia/Geral ANALISTA DE MIM MESMO 0 77 03/17/2020 - 14:38 Português
Poesia/Soneto SONETO DO MORTO VIVO 1 244 02/29/2020 - 03:04 Português
Poesia/Soneto SONETO DA EXPERIÊNCIA 0 264 02/17/2020 - 17:52 Português
Poesia/Soneto SONETO DO ACASO 0 99 02/07/2020 - 11:45 Português
Poesia/Geral INÚTIL SABER (DÉCIMAS) 0 245 01/22/2020 - 22:41 Português
Fotos/Pessoais LIVRO RECENTE 0 112 01/05/2020 - 14:06 Português
Fotos/Pessoais LIVRO RECENTE 0 125 01/05/2020 - 13:59 Português
Poesia/Geral AGONIA DO ANO 0 115 12/30/2019 - 00:45 Português
Poesia/Geral DEVANEIO 2 479 12/22/2019 - 12:08 Português
Poesia/Geral ADEUS À PRIMAVERA 0 286 12/22/2019 - 11:36 Português
Poesia/Geral O IDÓLATRA 0 130 11/10/2019 - 17:29 Português
Poesia/Geral RIMAS COM SINAIS 0 228 10/16/2019 - 01:35 Português
Poesia/Soneto SONETO DO SER INVISÍVEL 2 406 10/02/2019 - 23:54 Português
Poesia/Geral SUPERSTIÇÃO (SEXTA-FEIRA TREZE) 1 361 09/13/2019 - 17:22 Português
Poesia/Geral SENTIMENTOS E CORES 1 394 08/19/2019 - 13:00 Português
Poesia/Geral MEU TEMPO, MEU REINO 2 395 08/18/2019 - 19:38 Português
Poesia/Geral SOLSTÍCIO DE INVERNO 2 566 06/23/2019 - 12:42 Português
Poesia/Geral CANTO, SILÊNCIO E LIBERDADE 3 612 06/03/2019 - 12:39 Português
Poesia/Soneto SONETO AO EXPEDICIONÁRIO "SEU ZÉCA" 0 428 05/05/2019 - 14:35 Português
Poesia/Geral OS SONS DO TEMPO 0 425 04/27/2019 - 16:12 Português
Poesia/Tristeza AS FLORES FIÉIS 0 397 04/12/2019 - 19:07 Português
Poesia/Geral A ILUSÃO DE SER POETA 2 504 04/04/2019 - 19:50 Português
Poesia/Geral MUITO ALÉM DO MÊS DE ABRIL 0 428 04/02/2019 - 00:10 Português
Poesia/Geral QUANDO O SILÊNCIO AUMENTA 0 331 03/27/2019 - 12:11 Português