CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Palavras vazias

Fale silenciosamente ao meu coração
Deixe sua tristeza saltar do peito
Não esconda essa dor que dilacera
A sua alma tão frágil.
Como a névoa da manhã
As mágoas são terríveis
E causa-me a sensação triste
De uma despedida sem fim.
Palavras vazias que saem do coração
Sem sentidos para quem não sabe viver
E a angústia silenciosa
De um sentimento que se foi.
Solte minhas mãos
Eu não quero mais sentir o toque delas
Liberte-me de suas mazelas
Quero voar os espaços no horizonte.
Tenho medo desse silêncio
Que perturba a minha inocência
Preciso partir para longe
E sentir o toque da liberdade em meu rosto.
Não faças de mim seu prisioneiro
Que não posso suportar essa aflição
Calo-me diante de seus olhos
Que fingem esse sentimento.
Rasgo minhas esperanças
E já não vejo mais o sol nascer
Dentro de mim tudo isso acabou
Só não quero de medo morrer.
Por isso deixo as palavras vazias
Saírem de meu coração
Quem sabe elas encontram guaridas
Longe dessa triste ilusão.

Poema: Odair José, o Poeta Cacerense

www.odairpoetacacerense.blogspot.com

Submited by

sábado, maio 19, 2018 - 01:37

Poesia :

No votes yet

Odairjsilva

imagem de Odairjsilva
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 3 dias 12 horas
Membro desde: 04/07/2009
Conteúdos:
Pontos: 3788

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Odairjsilva

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Prosas/Drama Encontro fatal 1 926 08/02/2018 - 16:43 Português
Poesia/Meditação Na voracidade do tempo 0 801 07/04/2018 - 01:12 Português
Poesia/Meditação Escrevo e descrevo minh’alma 0 798 06/13/2018 - 01:33 Português
Poesia/Meditação Não deixe vacilar os meus pés 0 643 06/13/2018 - 01:31 Português
Poesia/Desilusão Espinhos 0 789 06/05/2018 - 20:48 Português
Poesia/Amor Veneno 0 840 06/04/2018 - 18:57 Português
Poesia/Pensamentos A dor do poeta 0 705 05/23/2018 - 20:05 Português
Poesia/Tristeza O lado escuro do sol 0 590 05/23/2018 - 03:25 Português
Poesia/Fantasia Pele morena 0 629 05/22/2018 - 03:05 Português
Prosas/Drama Nos olhos negros daquela mulher 0 552 05/21/2018 - 19:57 Português
Poesia/Desilusão Palavras vazias 0 571 05/19/2018 - 01:37 Português
Poesia/Desilusão Queria tanto 0 448 05/16/2018 - 02:59 Português
Poesia/Desilusão A invenção das inverdades 0 421 05/16/2018 - 02:24 Português
Poesia/Tristeza O trágico fim do amor 0 381 05/15/2018 - 19:44 Português
Poesia/Amor Debaixo da Figueira 0 621 05/15/2018 - 00:21 Português
Poesia/Amor Que seu coração era como as areias do mar 0 395 05/12/2018 - 01:01 Português
Poesia/Amor O anelo de um sonho lindo 0 564 05/09/2018 - 00:23 Português
Poesia/Amor E se eu não tivesse encontrado você 0 384 05/08/2018 - 23:37 Português
Poesia/Tristeza Onde o cão e o lobo uivam para a lua 0 388 05/04/2018 - 00:16 Português
Poesia/Amor Saiu da alma, virou poesia 0 270 05/03/2018 - 03:23 Português
Poesia/Dedicado Homenagem a uma professora 0 423 05/02/2018 - 03:43 Português
Poesia/Canção Nostalgia 0 439 05/01/2018 - 04:52 Português
Prosas/Drama O estranho caso de Cindy 0 411 05/01/2018 - 04:15 Português
Poesia/Pensamentos Crepúsculo dos deuses 0 406 04/29/2018 - 05:03 Português
Prosas/Pensamentos A ruiva 0 454 04/24/2018 - 23:38 Português