CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

SOU

Sou tempestade de areia
Que no deserto se agita
Sou a voz que não se ouve
Mas que fala, mas que grita

Sou a voz da consciência
Que acorda moribundos
Sou a luz da minha sombra
Que brilha entre dois mundos

Sou a outra parte de mim
Que há muito de mim fugiu
Sou o eu, que em mim habita
Que nunca de mim saiu

Sou a árvore que renasce
Da raiz da minha morte
Sou a força da inércia
Que dá outro rumo ao norte

Sou a dor que dói em mim
Sou a outra face da Lua
Sou o cavaleiro andante
Que em seu Cavalo, flutua.

Mário Margaride "GIL60"

Submited by

sexta-feira, junho 22, 2012 - 16:25

Poesia :

Your rating: None (2 votes)

GIL60

imagem de GIL60
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 6 anos 35 semanas
Membro desde: 02/08/2012
Conteúdos:
Pontos: 712

Comentários

imagem de Henricabilio

belo cântico do

belo cântico do contraditório
- a nossa existência é preenchida
por extremos que se complementam.

Saudações!

Abilio

imagem de GIL60

Olá, amigo Abílio

Obrigado, pelo teu comentário.

Abraço forte!

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of GIL60

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Intervenção NÃO VENHAM! 2 401 03/14/2018 - 18:23 Português
Poesia/Intervenção ENTROIKADOS 0 861 04/01/2013 - 16:40 Português
Poesia/Meditação NEM SEMPRE A FORÇA TEM FORÇA... 0 329 04/01/2013 - 16:37 Português
Poesia/Pensamentos INDIFERENÇA 0 532 02/19/2013 - 16:32 Português
Poesia/Meditação CAMINHOS 0 493 02/19/2013 - 16:30 Português
Poesia/Paixão NO SEIO DA NOITE 0 620 12/27/2012 - 17:36 Português
Poesia/Paixão QUANDO ME BEIJAS 0 691 12/09/2012 - 16:18 Português
Poesia/Geral LIVRO POR INVENTAR 2 564 12/09/2012 - 15:56 Português
Poesia/Intervenção ACORDEMOS O SILÊNCIO 2 445 12/05/2012 - 18:36 Português
Poesia/Geral NESTE SILÊNCIO QUASE BRANCO 2 450 11/21/2012 - 23:00 Português
Poesia/Tristeza TSUNAMI 2 594 11/16/2012 - 16:54 Português
Poesia/Tristeza INCOMPREENSÃO 0 554 11/16/2012 - 16:42 Português
Poesia/Meditação PASSAGEM 2 687 11/13/2012 - 16:29 Português
Poesia/Amor VOU FALAR-TE, AMOR... 1 558 07/19/2012 - 22:14 Português
Poesia/Amor SABES AMOR? 2 606 07/19/2012 - 17:01 Português
Poesia/Intervenção APENAS ATORDOADO 2 758 07/12/2012 - 16:18 Português
Poesia/Amor BOSQUE INEXPLORADO 4 549 07/12/2012 - 16:17 Português
Poesia/Amor NO RIO DOS TEUS LÁBIOS 6 441 07/05/2012 - 17:27 Português
Poesia/Amor AUSÊNCIA 4 816 07/05/2012 - 17:22 Português
Poesia/Amor CAMINHOS 2 626 06/30/2012 - 15:13 Português
Poesia/Geral SOU 2 838 06/25/2012 - 16:42 Português
Poesia/Geral JUNTO AO MAR 4 991 06/25/2012 - 16:40 Português
Poesia/Geral PASSOS 6 660 06/22/2012 - 16:19 Português
Poesia/Amor SILÊNCIOS 2 576 06/05/2012 - 17:31 Português
Poesia/Amor QUANDO TE ENCONTREI 8 920 05/31/2012 - 17:45 Português