CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Uni-versos

- Uni-versos -

Na montanha dos ventos uivantes
as árvores bailavam,
uma densa poeira
se transformava em espiral
chegava e partia...

O sol amanhecia
apagando à luz das estrelas
trazendo à esperança de um novo dia

Passarinhos cantavam com alegria
trazendo ao ambiente,
tranquilidade e fantasia

A montanha é fria
nos dias de inverno,
fortes ventos trazem pensamentos...

Cães latiam, galos cantavam
brincavam, pulavam

Homens e mulheres
subiam à montanha
desciam maravilhados
tiravam selfies, gargalhavam

Os ventos uivão 
noite e dia
trazem alegria, tristeza
saudade-nostalgia

A montanha é eterna
o homem uma lanterna,
acende e apaga

O homem é como o vento
vai a toda velocidade
deixa rastros por onde passa

Um dia vira fumaça
como nuvem pela montanha passa
retorna ao universo,
nasce em outras vidas
escreve novos versos!

Submited by

sexta-feira, agosto 4, 2017 - 17:28

Poesia :

No votes yet

fabio ferreira do amaral

imagem de fabio ferreira do amaral
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 4 dias 3 horas
Membro desde: 05/07/2013
Conteúdos:
Pontos: 1958

Comentários

imagem de J. Thamiel

coment

Fábio,
tudo bem? Como vai o interior?

Tenho lido seus poemas.
Você é bem dissertativo
e descritivo.
Eu tenho a impressão que
você poderia ser um bom
romancista.
Talvez já tenha escrito
muitas coisas, não sei.
Se ainda não o fez,
aventure nesta área.

Tenho certeza que se dará
muito bem.

Seu admirador
J. Thamiel

imagem de fabio ferreira do amaral

Agradecimento

Quem sabe..??obrigado pelas palavras..abraco!!!

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of fabio ferreira do amaral

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Amor Primavera 0 221 02/14/2024 - 20:57 Português
Poesia/Fantasia Avenidas 0 218 02/14/2024 - 20:41 Português
Poesia/Geral O velhinho 0 1.069 01/19/2022 - 13:52 Português
Poesia/Geral Verdades irreais 0 1.090 01/19/2022 - 13:35 Português
Poesia/Geral Clausura 0 670 12/29/2021 - 14:24 Português
Poesia/Desilusão Os erros 0 752 12/29/2021 - 14:08 Português
Poesia/Pensamentos Solidão 0 570 12/29/2021 - 13:53 Português
Poesia/Pensamentos Carminha 0 1.065 12/27/2021 - 14:33 Português
Poesia/Fantasia Mel 0 1.087 12/27/2021 - 14:10 Português
Poesia/Intervenção Impossível ? 0 916 12/27/2021 - 13:51 Português
Poesia/Pensamentos Zé-ninguém 0 816 09/16/2021 - 14:47 Português
Poesia/Pensamentos Tempo Fora 1 1.163 06/17/2021 - 16:45 Português
Poesia/Fantasia Os tomates 1 1.252 06/17/2021 - 16:45 Português
Poesia/Amor Minha Musa 1 1.248 06/17/2021 - 16:43 Português
Poesia/Pensamentos Vazio 0 5.274 06/17/2021 - 13:23 inglês
Poesia/Geral Debaixo do sol 0 952 05/21/2021 - 15:10 Português
Poesia/Geral O amor 0 851 05/21/2021 - 14:52 Português
Poesia/Geral Fotografias 0 1.134 05/21/2021 - 14:38 Português
Poesia/Meditação Voz longínqua 0 1.362 05/19/2021 - 14:53 Português
Poesia/Pensamentos O porteiro 0 1.119 05/19/2021 - 14:21 Português
Poesia/Pensamentos Sombras 0 1.010 12/29/2020 - 17:02 Português
Poesia/Pensamentos Gotas 0 905 12/29/2020 - 16:47 Português
Poesia/Pensamentos Rastros 0 952 12/29/2020 - 16:33 Português
Poesia/Pensamentos Serpentes 0 1.270 12/28/2020 - 16:13 Português
Poesia/Pensamentos O deus do verão 0 1.315 12/26/2020 - 16:45 Português