CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Uma pequena parte do meu segundo livro não editado (ninguém lhe achou valor)

Heeey,

Queria apresentar-vos uma pequena parte, cerca de dois parágrafos do segundo  livro da minha autoria... espero que gostem!

 

"O ar triste e desanimado que tinha desapareceu, a sombra que lhe ocultara a face fugiu e pela primeira vez nesse dia sorriu. A sala parecia que ganhava luz, o dia alegrava-se, o mundo sorria-lhe só pela beleza do seu sorriso. Nesse momento o sol reapareceu na janelam mais especificamente na cadeira, convidando-me a sentar, incitando-a me a desfolhar todos os livros, cadernos e folhas que lá se encontravam, era uma ânsia que me corroía por dentro, me esventrava. Uma dor tão intensa que parecia física, me impelia a mover as pernas, passo a passo até ao escritório. Uma voz assolou-me à mente, e mal senti o conhecido impacto, o conhecido movimento austero, uma voz, uma mente estava a mais dentro de mim. Pensei imediatamente que era o Daniel. No segundo seguinte o meu regresso à vida entrou-me na mente, vários flashes assomaram-me à memória, e naquele momento soube para onde eu e o Palki iríamos acima de tudo: ao planeta-lar do Daniel a quem eu devia, justa ou injustamente a minha vida.
-Maria? - O toque suave, quase fantasmagórico de Palki arrepiou-me a pele e fez com que o meu coração pulasse, saltando para as minhas mãos enquanto me virava olhando para o Palki que me fitava, ainda alegre mas um pouco desconfiado. - Estás bem?
-Óptima! - chilreei, parecendo um pássaro. - Estava apenas .. pensativa – Respondi tentando sorrir enquanto me continuava a sentir tentada a ir para a secretária. Senti um movimento no ar quando o Palki começou lentamente a descer a mão que tinha levantado para me agarrar a minha mão que estava também estendida. Impedi-o de o fazer agarrando-lhe a mão e entrelaçando os meus dedos nos dele. Um choque atravessou-nos a ambos e sorrimos sem nunca largar a mão um do outro, e continuámos a observar a sala.
 

 

Eu sei que nããão presta =)

Abraços, Maryaha (Myriam Yohanan) *

 

Submited by

sábado, março 26, 2011 - 22:28

Prosas :

Average: 5 (1 vote)

Maryaha

imagem de Maryaha
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 7 anos 9 semanas
Membro desde: 03/26/2011
Conteúdos:
Pontos: 59

Comentários

imagem de antonioduarte

Olá Maryaha, Na verdade,

Olá Maryaha,

Na verdade, todas as coisas têm o seu valor; Li o texto e posso-lhe dizer que não achei mau.

Porque não vai colocando aqui esse seu livro "rejeitado" Segundo... Para que, quem sabe, criar esse valor que lhe merece ser dado?

Não seja timida, todos nós adoramos ler e quando o autor reparte nós apreciamos e valorizamos.

Seja bem vinda ao WAF.

Não exite: Reparta.

Abraço.

imagem de Saru

Já pensaste em publicar um

Já pensaste em publicar um livro?

Pessoalmente achei que tens toda a subetileza e beldade nas palavras para o fazer. Criaste uma ambiencia magnifica! Usas a primeira pessoa como se tivesses vivido realmente esses acontecimentos... É realmente espantoso... não consigo explicar - A tua escrita é perfeita para um romance. Pensa nisso!

 

Adorei... continua assim!

imagem de Maryaha

Sim, já pensei em publicar um

Sim, já pensei em publicar um livro.

O primeiro livro (é uma colecção, o texto que apresentei é do segundo livro) foi recusado. Sou uma daquelas pessoas que se empenha imenso e após ter recebido críticas boas sobre o tal primeiro livro, enviei para uma editora e KABUM! Não gosto de receber as tais "tampas"... Sei que se não arriscar nunca vou sequer ter oportunidade de publicar nada... mas o medo é maior.

Obrigado pelos comments, mas, sabes, não acredito em mim, no que toca à escrita. Tal como não acredito em relação a muitas outras coisas.

Tu, sim, vais ser um bom escritor =)

imagem de LillyAraujo

Teu talento

Oi Maryaha,

Percebi que voce é jovem, e como jovem tem uma carga de insegurança muito grande, se desnima de ser rejeitada em suas escrita.

Mas quem nao tem medo de ser rejeitado?

Escreves muito bem. Acredite-me.

Nao deixe o tempo passar tanto quanto eu deixei, tendo voce um dom nato como percebo.

Tente todos os estilos, explore-se, confie em si. E faça-nos felizes! Os teus leitores.

imagem de Saru

Adiciona o meu

Adiciona o meu MSN...

under_punk_47@hotmail.com

 

Tenho algo importante para te dizer...

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Maryaha

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Prosas/Contos Se o mundo acabasse daqui a um mês 0 553 09/11/2012 - 10:10 Português
Prosas/Contos Recomecar de Novo 0 519 09/11/2012 - 10:07 Português
Prosas/Pensamentos Mayber, maybe 0 1.312 09/11/2012 - 10:03 inglês
Poesia/Dedicado Ave Rara 6 820 02/22/2012 - 12:55 Português
Prosas/Romance A morte não é só GAME OVER. 4 747 02/19/2012 - 16:34 Português
Fotos/Pessoais A minha gatinha *.* 0 760 02/18/2012 - 20:54 Português
Musica/Outro Fácil de Entender 0 911 02/18/2012 - 20:53 Português
Prosas/Drama Onde vamos nós parar? - Primeira parte 0 464 02/18/2012 - 17:43 Português
Prosas/Contos Um conto - 2009 0 545 02/18/2012 - 17:38 Português
Culinária/Vegetariano Esparguete 4 queijos 0 1.768 02/18/2012 - 17:29 Português
Prosas/Drama As nossas Conversas - Sinopse do meu livro 0 564 02/18/2012 - 16:20 Português
Prosas/Pensamentos The Beginning 0 800 04/12/2011 - 19:48 Português
Prosas/Romance Uma pequena parte do meu segundo livro não editado (ninguém lhe achou valor) 5 711 04/01/2011 - 00:45 Português
Críticas/Livros Animorphs - K.A.Applegate 0 2.440 03/27/2011 - 20:15 Português
Musica/Outro Yesterday 0 1.282 03/27/2011 - 19:48 Português
Fotos/Outros As minhas amigas... Gatinhas 0 1.041 03/26/2011 - 23:07 Português