CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

em nome d'Ele

Escrevia o nome Dele,
Vezes e vezes sem conto ,
Em paredes de cal e estuque ,
Era estugado pelo Nome sublinhado,
"Completamente louco em terra varrida pela loucura",
Infiltrara-se pelos porosos e percursos obtusos ,
Rondos a absurdos nos declives e pelos talefes breves ,agudos ,sempre empinados,
Desenhava rotas, impossíveis e passivas ,
Esquadrinhava vagas/areias de Samarkand a Finisterra de Baku a Burgos
Sobrevoando o Gobi seguindos os raiados vales/paredes dos silencios em Jerusalém ,
Vales dos Reis e Nilos .
Escrevia o Nome Dele nas paredes silenciosas ,
Ociosas e brancas da memoria ,tentando não O olvidar(mos) ,
Á cadencia cadenciada dos passos perdidos e achados ,preenchia-o o fluxo das palavras imaginadas em Estilhaços Biblicos,recolhidos de
Destinos planisféricos , plenos em silêncios e em cores repetidas , vides paredes em vidas e vidas Planetárias.
Cheiro a rosa velho o carvão negro desenhava o Nome que estendia pelas paredes Venais.
Gautama Jesus

Jorge Santos

Submited by

segunda-feira, dezembro 21, 2009 - 17:12

Ministério da Poesia :

No votes yet

Joel

imagem de Joel
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 2 semanas 3 dias
Membro desde: 12/20/2009
Conteúdos:
Pontos: 40650

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Joel

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Ministério da Poesia/Dedicado Iris 10 1.180 11/28/2018 - 16:24 Português
Ministério da Poesia/Aforismo espelho meu 10 1.803 11/28/2018 - 16:22 Português
Ministério da Poesia/Aforismo seda 10 2.524 11/28/2018 - 16:21 Português
Ministério da Poesia/Aforismo Dedragão 10 1.611 11/28/2018 - 16:19 Português
Ministério da Poesia/Aforismo Mal feito eu 10 640 11/28/2018 - 16:17 Português
Ministério da Poesia/Aforismo larva ou crisálida 10 911 11/28/2018 - 16:16 Português
Poesia/Geral De mim não falo mais 10 806 11/18/2018 - 17:04 Português
Poesia/Geral Não ha paisagem que ame mais 10 1.127 11/15/2018 - 21:32 Português
Prosas/Outros Requiem for a dream 10 2.128 11/15/2018 - 21:32 Português
Poesia/Geral O rio só precisa desejar a foz 10 934 11/13/2018 - 13:43 Português
Poesia/Geral Se pudesse pegava em mim e seria outra coisa qualquer 11 972 11/13/2018 - 13:41 Português
Poesia/Geral Vivo numa casa sem vista certa 11 1.692 11/13/2018 - 13:39 Português
Ministério da Poesia/Geral Amor omisso. 11 877 10/16/2018 - 17:32 Português
Poesia/Geral I can fly ... 11 761 10/16/2018 - 09:41 Português
Poesia/Geral -O corte do costume, se faz favor – 14 508 10/16/2018 - 09:38 Português
Ministério da Poesia/Geral Jaz por terra... 13 611 10/16/2018 - 09:37 Português
Ministério da Poesia/Geral Eu sou o oposto, 13 559 10/16/2018 - 09:36 Português
Ministério da Poesia/Geral Escolho fugir de mim, 13 1.170 10/16/2018 - 09:35 Português
Ministério da Poesia/Geral No bater de duas asas​ ... 13 552 10/16/2018 - 09:34 Português
Poesia/Geral “From above to below” 13 445 10/16/2018 - 09:33 Português
Ministério da Poesia/Geral Conto … 13 253 10/16/2018 - 09:32 Português
Ministério da Poesia/Geral “From above to below” 13 575 10/16/2018 - 09:31 Português
Ministério da Poesia/Geral JOEL MATOS 14 1.169 10/16/2018 - 09:31 Português
Ministério da Poesia/Geral Antes de tud’o mais ... 13 477 10/16/2018 - 09:30 Português
Ministério da Poesia/Geral "Sinto" 13 878 10/16/2018 - 09:29 Português