CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

O Cavaleiro da Dinamarca.

Quando eu depuser, amarga
A madrugada na Dinamarca,
Será tarde noutro continente,
Quando for eu, um dia desses

Poeira ou folha agarrada,
Na marca do tempo d’andas,
Serei um pouco do nada,
Imprevisível, cioso e portada

Desperto pra todas
As majestosas madrugadas,

Quando eu pensar,
-vai valer a pena-
Abraçarei sem medo,
A inicial loucura,

Que tinha o aspecto
Da minha cara banda,

Estou decidido a ser decidido,
Embora não saiba a diferença,
Entre o decreto e o impulso,
E qual o mais eficiente dos 2,

Contudo decidi partir pro n/sei,
Contra tudo e contra todos,
Pois o conceito de arriscar,
Não tem decreto-lei ou pulso tatuado

Sinto o impulso na veia cava,
Conto com a reacção avulsa
Do coração este e oeste,

Duvido do calor que faz,
Duvido de tudo que faz pensar,
Duvido do sábio do asno,
Duvido até do ar em Março,

Duvido ter nascido autarca,
De uma relação de humanos,
Não duvido do sonho,
Que esta canção conta,

Do mar a mar, em braços
E repete na volta dele,
O meu frio pensar, cento e tal
Vezes certos, na Dinamarca.

Jorge Santos (02/2015)

http://namastibetpoems.blogspot.com

Submited by

sexta-feira, fevereiro 23, 2018 - 14:04

Ministério da Poesia :

Your rating: None Average: 5 (1 vote)

Joel

imagem de Joel
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 3 dias 13 horas
Membro desde: 12/20/2009
Conteúdos:
Pontos: 39366

Comentários

imagem de Joel

.

.

imagem de Joel

.

.

imagem de Joel

.

.

imagem de Joel

.

.

imagem de Joel

.

.

imagem de Joel

.

.

imagem de Joel

.

.

imagem de Joel

.

.

imagem de Joel

.

.

imagem de Joel

.

.

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Joel

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Ministério da Poesia/Geral É hoje o dia… 301 326 07/12/2019 - 12:47 Português
Ministério da Poesia/Geral As estrelas, os Estrôncios e os Sonhos. 34 552 06/23/2019 - 12:41 Português
Ministério da Poesia/Geral Sendo eu outro 77 377 06/10/2019 - 18:56 Português
Ministério da Poesia/Geral Meu cabelo é água e pêlo, sonho é sentir vê-lo… 37 383 06/10/2019 - 18:03 Português
Ministério da Poesia/Geral Sou feliz porque não escrevo… 49 371 06/10/2019 - 15:28 Português
Poesia/Geral O triunfo dos relógios ... 167 381 06/07/2019 - 20:02 Português
Ministério da Poesia/Geral O meu préstimo… 250 407 06/07/2019 - 19:59 Português
Ministério da Poesia/Geral (Busco a eternidade-num-saco-vazio) 265 451 06/07/2019 - 19:55 Português
Ministério da Poesia/Geral Pois tudo o que se move é sagrado. 368 388 05/23/2019 - 20:40 Português
Ministério da Poesia/Geral Minha voz não vê … 232 433 05/22/2019 - 19:48 Português
Ministério da Poesia/Geral (Ouçam-me, pra que eu possa…) 123 387 05/22/2019 - 15:34 Português
Ministério da Poesia/Geral Sou um homem complicado… 156 329 05/22/2019 - 09:22 Português
Ministério da Poesia/Geral Aos pássaros acresce o voar 112 383 05/22/2019 - 09:18 Português
Ministério da Poesia/Geral Tão livre quanto prisioneiro… 388 341 05/22/2019 - 09:03 Português
Poesia/Geral Nada tenho pra dizer ... 285 739 05/18/2019 - 16:54 Português
Ministério da Poesia/Geral Tudo isso me dói e odeio… 124 464 05/17/2019 - 12:42 Português
Ministério da Poesia/Geral Governador de mim… 416 668 05/16/2019 - 15:46 Português
Ministério da Poesia/Geral Atrás de mim Gigantes 200 494 05/16/2019 - 11:16 Português
Ministério da Poesia/Geral Qual viagem… 390 720 05/11/2019 - 16:37 Português
Poesia/Geral Morto vivo eu já sou … 496 707 05/09/2019 - 11:06 Português
Poesia/Geral Tesoureiros da luz, 677 890 05/09/2019 - 10:59 Português
Ministério da Poesia/Geral Na extrema qu’esta minh’alma possui. 156 356 04/24/2019 - 20:03 Português
Ministério da Poesia/Geral Como rei deposto numa nação de rosas ... 266 612 04/23/2019 - 09:37 Português
Ministério da Poesia/Geral Por amor ao meu país… 230 664 04/23/2019 - 09:05 Português
Ministério da Poesia/Geral Posso soltar as asas… 330 658 04/14/2019 - 19:58 Português