CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Priscilla

Da mão de Priscilla
Caía docemente um livro lido ,
Por entre os lençois de linho
Adivinhavam-se contornos
De searas ondulantes e dunas preguiçosas ,
"Boa noite" pensou ele
Enquanto acriciava o rosto dela ,
"Eu vou-te amar esta noite quente
E ainda vou ouvir cantar a cotovia na madrugada ,ainda dormente"
Pensou ; antes de adormecer.

No sonho ,ouviu-se
Uma canção ainda indiscrita ,
E uma rosa pousou
Fixamente nos cabelos de Priscilla ,
Dormia ,sonhava uma melodia incantata ,
Indizivel ,os labios semi/abertos com sons semi/descobertos ,
Um lençol cetim branco
Tranlúcido ,encantada ,
Encantava a cotovia,
No parapeito da janela entreaberta,
Num quarto algures , decerto semi-deserto ,
O amor floresceu sob o a romaneira,
Frente á janela ,lá em shang-ri-la.

Jorge Santos

Submited by

segunda-feira, dezembro 21, 2009 - 19:09

Ministério da Poesia :

No votes yet

Joel

imagem de Joel
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 1 dia 13 horas
Membro desde: 12/20/2009
Conteúdos:
Pontos: 40718

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Joel

Tópico Título Respostasícone de ordenação Views Last Post Língua
Ministério da Poesia/Aforismo andorinhão 0 2.366 11/19/2010 - 18:13 Português
Ministério da Poesia/Aforismo sentir mais 0 1.312 11/19/2010 - 18:13 Português
Ministério da Poesia/Aforismo palabras 0 2.407 11/19/2010 - 18:13 Português
Ministério da Poesia/Aforismo A matilha 0 2.984 11/19/2010 - 18:13 Português
Ministério da Poesia/Aforismo ao fim e ao cabo 0 1.334 11/19/2010 - 18:13 Português
Ministério da Poesia/Aforismo o bosque encoberto 0 1.393 11/19/2010 - 18:13 Português
Ministério da Poesia/Aforismo nem teu rubor quero 0 1.490 11/19/2010 - 18:13 Português
Ministério da Poesia/Aforismo em nome d'Ele 0 2.081 11/19/2010 - 18:13 Português
Ministério da Poesia/Aforismo Troia 0 2.015 11/19/2010 - 18:13 Português
Ministério da Poesia/Aforismo desabafo 0 2.082 11/19/2010 - 18:13 Português
Ministério da Poesia/Aforismo Inquilino 0 1.284 11/19/2010 - 18:13 Português
Ministério da Poesia/Aforismo Pietra 0 2.053 11/19/2010 - 18:13 Português
Ministério da Poesia/Aforismo não cesso 0 1.495 11/19/2010 - 18:13 Português
Ministério da Poesia/Dedicado professas 0 1.812 11/19/2010 - 18:13 Português
Ministério da Poesia/Aforismo amor sen'destino 0 2.219 11/19/2010 - 18:13 Português
Ministério da Poesia/Aforismo Balada para um turco 0 1.589 11/19/2010 - 18:16 Português
Ministério da Poesia/Dedicado Francisca 0 2.536 11/19/2010 - 18:16 Português
Ministério da Poesia/Aforismo tudo e nada 0 1.529 11/19/2010 - 18:16 Português
Ministério da Poesia/Dedicado Priscilla 0 1.528 11/19/2010 - 18:16 Português
Ministério da Poesia/Aforismo Asa calada 0 2.469 11/19/2010 - 18:16 Português
Ministério da Poesia/Aforismo flores d'cardeais 0 1.670 11/19/2010 - 18:16 Português
Ministério da Poesia/Dedicado Magdalena 0 1.867 11/19/2010 - 18:16 Português
Ministério da Poesia/Aforismo peito Abeto 0 1.632 11/19/2010 - 18:16 Português
Ministério da Poesia/Aforismo rapaz da tesoura 0 1.679 11/19/2010 - 18:16 Português
Ministério da Poesia/Aforismo Koras 0 2.500 11/19/2010 - 18:16 Português