CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

A matilha

Chegado o dia da matilha,
Alvejado, O Demónio cede,
Rachado na hora, O parido
Torna-se no arco que já teme.

Olhos nos olhos fita a fera,
Avança com a mão em riste,
Só ofuscante luar encara,
Manchada a seu sangue quente.

Não passa de mais um reles
Conspirante acossado, traído,
Simples tumulo no meio deles,
Desterrados dos barcos sem mito,

Sem leme, sem mastro e sem quilha,
Rasgando as infectas feridas,
Num mar desfeito destas lágrimas,
Sem ida, nem fundo nem partilha.

Joel Matos

Submited by

segunda-feira, dezembro 21, 2009 - 17:00

Ministério da Poesia :

No votes yet

Joel

imagem de Joel
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 6 horas 50 minutos
Membro desde: 12/20/2009
Conteúdos:
Pontos: 39366

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Joel

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Ministério da Poesia/Geral É hoje o dia… 301 204 07/12/2019 - 12:47 Português
Ministério da Poesia/Geral As estrelas, os Estrôncios e os Sonhos. 34 491 06/23/2019 - 12:41 Português
Ministério da Poesia/Geral Sendo eu outro 77 260 06/10/2019 - 18:56 Português
Ministério da Poesia/Geral Meu cabelo é água e pêlo, sonho é sentir vê-lo… 37 292 06/10/2019 - 18:03 Português
Ministério da Poesia/Geral Sou feliz porque não escrevo… 49 282 06/10/2019 - 15:28 Português
Poesia/Geral O triunfo dos relógios ... 167 318 06/07/2019 - 20:02 Português
Ministério da Poesia/Geral O meu préstimo… 250 320 06/07/2019 - 19:59 Português
Ministério da Poesia/Geral (Busco a eternidade-num-saco-vazio) 265 337 06/07/2019 - 19:55 Português
Ministério da Poesia/Geral Pois tudo o que se move é sagrado. 368 263 05/23/2019 - 20:40 Português
Ministério da Poesia/Geral Minha voz não vê … 232 326 05/22/2019 - 19:48 Português
Ministério da Poesia/Geral (Ouçam-me, pra que eu possa…) 123 295 05/22/2019 - 15:34 Português
Ministério da Poesia/Geral Sou um homem complicado… 156 233 05/22/2019 - 09:22 Português
Ministério da Poesia/Geral Aos pássaros acresce o voar 112 302 05/22/2019 - 09:18 Português
Ministério da Poesia/Geral Tão livre quanto prisioneiro… 388 245 05/22/2019 - 09:03 Português
Poesia/Geral Nada tenho pra dizer ... 285 631 05/18/2019 - 16:54 Português
Ministério da Poesia/Geral Tudo isso me dói e odeio… 124 393 05/17/2019 - 12:42 Português
Ministério da Poesia/Geral Governador de mim… 416 568 05/16/2019 - 15:46 Português
Ministério da Poesia/Geral Atrás de mim Gigantes 200 373 05/16/2019 - 11:16 Português
Ministério da Poesia/Geral Qual viagem… 390 641 05/11/2019 - 16:37 Português
Poesia/Geral Morto vivo eu já sou … 496 627 05/09/2019 - 11:06 Português
Poesia/Geral Tesoureiros da luz, 677 802 05/09/2019 - 10:59 Português
Ministério da Poesia/Geral Na extrema qu’esta minh’alma possui. 156 287 04/24/2019 - 20:03 Português
Ministério da Poesia/Geral Como rei deposto numa nação de rosas ... 266 499 04/23/2019 - 09:37 Português
Ministério da Poesia/Geral Por amor ao meu país… 230 495 04/23/2019 - 09:05 Português
Ministério da Poesia/Geral Posso soltar as asas… 330 553 04/14/2019 - 19:58 Português