Saudade (Pablo Neruda)

SAUDADE... - Que será... eu não sei... tenho buscado
em certos dicionários poeirentos e antigos
e outros livros que ocultam o significado
dessa doce palavra de perfis ambíguos.

Dizem que as montanhas são azuis como ela,
que nela empalidecem longínquos amores,
e um nobre e bom amigo meu (e das estrelas)
nomeia com os cílios e as mãos em tremores.

E no Eça de Queiroz sem olhar a adivinho,
o segredo se evade em sua doçura e sede,
como essa mariposa, corpo em desalinho,
sempre longe - tão longe! - de minhas calmas redes.

Saudade... tens, vizinho, o real significado
dessa palavra branca que, peixe, se evade?
Não... treme na boca seu tremor delicado...
Saudade...


©Pablo Neruda - (Fundación Pablo Neruda), 1974
Título Original: Crepusculario
Tradução: José Eduardo Degrazia
L&PM, Ed. 2004

Submited by

Tuesday, July 12, 2011 - 14:14

Poesia :

No votes yet

AjAraujo

AjAraujo's picture
Offline
Title: Membro
Last seen: 1 year 39 weeks ago
Joined: 10/29/2009
Posts:
Points: 15584

Add comment

Login to post comments

other contents of AjAraujo

Topic Title Replies Views Last Postsort icon Language
Poesia/Intervention Orfeu Rebelde (Miguel Torga) 0 2.452 02/22/2012 - 11:57 Portuguese
Poesia/Meditation Os homens amam a guerra (Affonso Romano de Sant´Anna) 0 651 01/22/2012 - 11:13 Portuguese
Poesia/Dedicated Eppur si muove [Não se pode calar um homem] (Affonso Romano de Sant´Anna) 0 1.406 01/22/2012 - 10:59 Portuguese
Poesia/Intervention O Leitor e a Poesia (Affonso Romano de Sant´Anna) 0 7.263 01/22/2012 - 10:48 Portuguese
Poesia/Intervention Um despertar (Octavio Paz) 0 917 01/21/2012 - 23:14 Portuguese
Poesia/Aphorism Pedra Nativa (Octávio Paz) 0 1.657 01/21/2012 - 23:10 Portuguese
Poesia/Intervention Entre Partir e Ficar (Octávio Paz) 0 1.471 01/21/2012 - 23:05 Portuguese
Poesia/Aphorism Fica o não dito por dito (Ferreira Gullar) 0 729 12/30/2011 - 07:19 Portuguese
Poesia/Intervention A propósito do nada (Ferreira Gullar) 0 1.551 12/30/2011 - 07:16 Portuguese
Poesia/Intervention Dentro (Ferreira Gullar) 0 8.196 12/30/2011 - 07:12 Portuguese
Poesia/Thoughts O que a vida quer da gente é Coragem (Guimarães Rosa) 2 1.944 12/26/2011 - 20:55 Portuguese
Poesia/Dedicated Adeus, ano velho (Affonso Romano de Sant'Anna) 0 1.874 12/26/2011 - 11:17 Portuguese
Poesia/Meditation Para que serve a vida? 0 1.360 12/11/2011 - 00:07 Portuguese
Poesia/Dedicated Natal às Avessas 0 752 12/11/2011 - 00:03 Portuguese
Poesia/Intervention A voz de dentro 0 975 11/18/2011 - 23:14 Portuguese
Poesia/Intervention As partes de mim... 0 1.394 11/18/2011 - 23:00 Portuguese
Poesia/Thoughts Curta a Vida "curta" 0 1.711 11/13/2011 - 12:46 Portuguese
Poesia/Intervention Lobo solitário 0 1.220 11/13/2011 - 12:46 Portuguese
Poesia/Thoughts A solidão na multidão 0 1.472 11/13/2011 - 12:43 Portuguese
Poesia/Thoughts Não permita que ninguém decida por você... Seleção de Pensamentos I-XVI (Carlos Castañeda) 0 1.885 11/12/2011 - 11:55 Portuguese
Poesia/Thoughts Não me prendo a nada... (Carlos Castañeda) 0 1.064 11/12/2011 - 11:37 Portuguese
Poesia/Thoughts Um caminho é só... um caminho (Carlos Castañeda) 0 1.319 11/12/2011 - 11:35 Portuguese
Poesia/Meditation Procura da Poesia (Carlos Drummond de Andrade) 0 842 11/01/2011 - 12:04 Portuguese
Poesia/Intervention Idade Madura (Carlos Drummond de Andrade) 0 1.393 11/01/2011 - 12:02 Portuguese
Poesia/Meditation Nosso Tempo (Carlos Drummond de Andrade) 0 1.769 11/01/2011 - 12:00 Portuguese