AGONIA DO ANO

É dois mil e dezenove
Ano em curso no espelho
Já o chamam de ano velho
Muito embora ninguém prove
Pois só o tempo remove
O calendário atual
Que agoniza no final
Pra morte que me comove

-Talvez por te acharem feio
Para um ano de existência
Vivem por antecedência
O ano que ainda não veio
Mas eu não tenho receio
E nem me importa que fiques
Desde que tu não repliques
As roubalheiras do meio

Não sei por que o descarte
Com tão pouca existência
Tão grande é tua paciência
Para cumprir tua parte
E o ano novo em encarte
Por enquanto é falsidade
Pois o que tem validade
Ainda cumpre a sua parte

O homem fez seu decreto
Contra a própria natureza
Não adianta tristeza
Final de ano é certo
E o calendário discreto
Vai pra cova sem retovo
E nasce o ano novo
De esperança, repleto.

Sérgio da Silva Teixeira
BAGÉ/RS/BRASIL.

Submited by

Sunday, December 29, 2019 - 23:45

Poesia :

No votes yet

Sérgio Teixeira

Sérgio Teixeira's picture
Offline
Title: Membro
Last seen: 3 days 4 hours ago
Joined: 01/24/2011
Posts:
Points: 380

Add comment

Login to post comments

other contents of Sérgio Teixeira

Topic Title Replies Views Last Postsort icon Language
Poesia/Sonnet SONETO DO ACASO 0 55 02/07/2020 - 10:45 Portuguese
Poesia/General INÚTIL SABER (DÉCIMAS) 0 204 01/22/2020 - 21:41 Portuguese
Fotos/Personal LIVRO RECENTE 0 63 01/05/2020 - 13:06 Portuguese
Fotos/Personal LIVRO RECENTE 0 55 01/05/2020 - 12:59 Portuguese
Poesia/General AGONIA DO ANO 0 77 12/29/2019 - 23:45 Portuguese
Poesia/General DEVANEIO 2 442 12/22/2019 - 11:08 Portuguese
Poesia/General ADEUS À PRIMAVERA 0 250 12/22/2019 - 10:36 Portuguese
Poesia/General O IDÓLATRA 0 103 11/10/2019 - 16:29 Portuguese
Poesia/General RIMAS COM SINAIS 0 203 10/16/2019 - 00:35 Portuguese
Poesia/Sonnet SONETO DO SER INVISÍVEL 2 355 10/02/2019 - 22:54 Portuguese
Poesia/General SUPERSTIÇÃO (SEXTA-FEIRA TREZE) 1 325 09/13/2019 - 16:22 Portuguese
Poesia/General SENTIMENTOS E CORES 1 373 08/19/2019 - 12:00 Portuguese
Poesia/General MEU TEMPO, MEU REINO 2 353 08/18/2019 - 18:38 Portuguese
Poesia/General SOLSTÍCIO DE INVERNO 2 520 06/23/2019 - 11:42 Portuguese
Poesia/General CANTO, SILÊNCIO E LIBERDADE 3 563 06/03/2019 - 11:39 Portuguese
Poesia/Sonnet SONETO AO EXPEDICIONÁRIO "SEU ZÉCA" 0 400 05/05/2019 - 13:35 Portuguese
Poesia/General OS SONS DO TEMPO 0 385 04/27/2019 - 15:12 Portuguese
Poesia/Sadness AS FLORES FIÉIS 0 362 04/12/2019 - 18:07 Portuguese
Poesia/General A ILUSÃO DE SER POETA 2 472 04/04/2019 - 18:50 Portuguese
Poesia/General MUITO ALÉM DO MÊS DE ABRIL 0 368 04/01/2019 - 23:10 Portuguese
Poesia/General QUANDO O SILÊNCIO AUMENTA 0 301 03/27/2019 - 11:11 Portuguese
Poesia/General O DIABO INOCENTE 2 581 03/12/2019 - 15:11 Portuguese
Poesia/Sadness SOFRIMENTO 2 561 02/15/2019 - 16:53 Portuguese
Poesia/General REFAZENDO O MUNDO 2 2.164 01/26/2019 - 17:13 Portuguese
Poesia/General A VIDA E O NADA 0 485 01/22/2019 - 07:20 Portuguese