Poema à Toa (Moacyr Sacramento)

Não amo a cor dos olhos
AMO O OLHAR!

Não amo a brancura dos dentes
AMO O SORRISO!
Não amo o contorno dos lábios
AMO O BEIJO!

Não amo o formato dos braços
AMO O ABRAÇO!

Não amo o alongado dos dedos
AMO A CARICIA!

Não amo as curvas das pernas
AMO O ANDAR!

Não amo o volume dos seios
AMO O ACONCHEGO!

E que bom não seja isto uma escultura
seja apenas um poema à-toa
Porque não amo um corpo
AMO UMA PESSOA...

Moacyr Sacramento (O Moa),
Dentista e Poeta, da cidade das serestas: Conservatória, Valença - RJ.

Submited by

Monday, September 6, 2010 - 03:28

Poesia :

No votes yet

AjAraujo

AjAraujo's picture
Offline
Title: Membro
Last seen: 1 year 49 weeks ago
Joined: 10/29/2009
Posts:
Points: 15584

Comments

AjAraujo's picture

E que bom não seja isto uma

E que bom não seja isto uma escultura
seja apenas um poema à-toa
Porque não amo um corpo
AMO UMA PESSOA...

Add comment

Login to post comments

other contents of AjAraujo

Topic Title Replies Views Last Postsort icon Language
Poesia/Intervention Orfeu Rebelde (Miguel Torga) 0 2.541 02/22/2012 - 12:57 Portuguese
Poesia/Meditation Os homens amam a guerra (Affonso Romano de Sant´Anna) 0 672 01/22/2012 - 12:13 Portuguese
Poesia/Dedicated Eppur si muove [Não se pode calar um homem] (Affonso Romano de Sant´Anna) 0 1.418 01/22/2012 - 11:59 Portuguese
Poesia/Intervention O Leitor e a Poesia (Affonso Romano de Sant´Anna) 0 7.358 01/22/2012 - 11:48 Portuguese
Poesia/Intervention Um despertar (Octavio Paz) 0 943 01/22/2012 - 00:14 Portuguese
Poesia/Aphorism Pedra Nativa (Octávio Paz) 0 1.695 01/22/2012 - 00:10 Portuguese
Poesia/Intervention Entre Partir e Ficar (Octávio Paz) 0 1.483 01/22/2012 - 00:05 Portuguese
Poesia/Aphorism Fica o não dito por dito (Ferreira Gullar) 0 760 12/30/2011 - 08:19 Portuguese
Poesia/Intervention A propósito do nada (Ferreira Gullar) 0 1.585 12/30/2011 - 08:16 Portuguese
Poesia/Intervention Dentro (Ferreira Gullar) 0 8.262 12/30/2011 - 08:12 Portuguese
Poesia/Thoughts O que a vida quer da gente é Coragem (Guimarães Rosa) 2 2.001 12/26/2011 - 21:55 Portuguese
Poesia/Dedicated Adeus, ano velho (Affonso Romano de Sant'Anna) 0 1.878 12/26/2011 - 12:17 Portuguese
Poesia/Meditation Para que serve a vida? 0 1.390 12/11/2011 - 01:07 Portuguese
Poesia/Dedicated Natal às Avessas 0 755 12/11/2011 - 01:03 Portuguese
Poesia/Intervention A voz de dentro 0 1.013 11/19/2011 - 00:14 Portuguese
Poesia/Intervention As partes de mim... 0 1.399 11/19/2011 - 00:00 Portuguese
Poesia/Thoughts Curta a Vida "curta" 0 1.754 11/13/2011 - 13:46 Portuguese
Poesia/Intervention Lobo solitário 0 1.245 11/13/2011 - 13:46 Portuguese
Poesia/Thoughts A solidão na multidão 0 1.555 11/13/2011 - 13:43 Portuguese
Poesia/Thoughts Não permita que ninguém decida por você... Seleção de Pensamentos I-XVI (Carlos Castañeda) 0 1.982 11/12/2011 - 12:55 Portuguese
Poesia/Thoughts Não me prendo a nada... (Carlos Castañeda) 0 1.084 11/12/2011 - 12:37 Portuguese
Poesia/Thoughts Um caminho é só... um caminho (Carlos Castañeda) 0 1.326 11/12/2011 - 12:35 Portuguese
Poesia/Meditation Procura da Poesia (Carlos Drummond de Andrade) 0 853 11/01/2011 - 13:04 Portuguese
Poesia/Intervention Idade Madura (Carlos Drummond de Andrade) 0 1.431 11/01/2011 - 13:02 Portuguese
Poesia/Meditation Nosso Tempo (Carlos Drummond de Andrade) 0 1.851 11/01/2011 - 13:00 Portuguese