CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Eu sou tudo aquilo por onde me perco…

(Sou tudo aquilo por onde me perco)

Eu sou tudo aquilo por onde me perco,
Excepto aquele outro que não quero ser e sou,
Paisagens do que suponho eu ser real sonho
Ver na mente calcinada, imaginando d’screvo

Estações de carvão e lagos sem peixes dentro
Em vez de florestas de abetos verdes cinza,
Impérios do nada, paredes lisas e corredores
Para o vazio, assim sou eu e torno ao que sei ser

Defeito, eu e tudo aquilo por onde me perco.
Só há uma maneira de me separar do sonho,
É sonhar-me desperto, seja lá que isso for
Em vez de me inquietar com o que não desejo,

Uma flor, uma estrela, um fim do mundo
A cores, excepto aquele sonho curto em que sou
Outra pessoa, um ermo, uma brisa suave,
Uma outra passagem para o pensamento meu,

Fosse assim o céu, assim fosse eu
Afinal, pois se tudo por onde me perco
Sou, um olhar, o sonho de existir e a ilusão
Do que vejo sem haver,

Uma flor, uma estrela, um fim do mundo
A branco e preto, estações de carvão e lagos
Sem peixes por perto…

Jorge Santos(01/2018)
http://namastibetpoems.blogspot.com

Submited by

quinta-feira, fevereiro 8, 2018 - 10:24

Ministério da Poesia :

Your rating: None Average: 5 (1 vote)

Joel

imagem de Joel
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 3 horas 8 minutos
Membro desde: 12/20/2009
Conteúdos:
Pontos: 34860

Comentários

imagem de Joel

.

.

imagem de Joel

.

.

imagem de Joel

.

.

imagem de Joel

.

.

imagem de Joel

.

.

imagem de Joel

.

.

imagem de Joel

.

.

imagem de Joel

.

.

imagem de Joel

.

.

imagem de Joel

.

.

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Joel

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Ministério da Poesia/Geral Na extrema qu’esta minh’alma possui. 152 141 04/23/2019 - 09:41 Português
Ministério da Poesia/Geral Como rei deposto numa nação de rosas ... 266 399 04/23/2019 - 09:37 Português
Ministério da Poesia/Geral Por amor ao meu país… 230 362 04/23/2019 - 09:05 Português
Ministério da Poesia/Geral Qual viagem… 271 288 04/23/2019 - 09:04 Português
Ministério da Poesia/Geral Posso soltar as asas… 330 426 04/14/2019 - 19:58 Português
Ministério da Poesia/Geral Frágil 353 431 04/14/2019 - 19:53 Português
Ministério da Poesia/Geral O Cavaleiro da Dinamarca. 780 323 04/14/2019 - 19:52 Português
Poesia/Geral (Vive la France) 465 448 04/14/2019 - 19:48 Português
Ministério da Poesia/Geral Calmo 332 616 04/14/2019 - 19:46 Português
Poesia/Geral A ilusão do Salmão ... 544 575 04/14/2019 - 19:45 Português
Ministério da Poesia/Geral Sofro por não ter falta , 612 865 04/13/2019 - 11:39 Português
Ministério da Poesia/Geral Ridículo q.b. 509 814 04/12/2019 - 16:22 Português
Ministério da Poesia/Geral À dimensão do horto … 347 297 04/11/2019 - 09:45 Português
Ministério da Poesia/Geral Trago em mim dentro 771 374 04/10/2019 - 10:53 Português
Poesia/Geral Último Poema 435 1.597 04/10/2019 - 10:50 Português
Ministério da Poesia/Geral Colossal o Oceano, 434 455 04/10/2019 - 10:49 Português
Ministério da Poesia/Geral O Gebo e o Sonho. 404 660 04/10/2019 - 10:48 Português
Ministério da Poesia/Geral Convenço, convencei, convençai… 491 535 04/09/2019 - 12:00 Português
Poesia/Geral Certidão de procedência 406 462 04/09/2019 - 11:58 Português
Poesia/Geral - Papoila é nome de guerra - 359 263 04/09/2019 - 11:56 Português
Poesia/Geral Como terra me quero, descalço e baixo ... 480 533 04/09/2019 - 11:52 Português
Poesia/Geral O erro de Descartes 479 563 04/09/2019 - 11:49 Português
Ministério da Poesia/Geral V de Vitória - Revolução - 537 1.058 04/03/2019 - 16:43 Português
Ministério da Poesia/Geral Minha alma é um lego 506 1.053 03/30/2019 - 17:19 Português
Ministério da Poesia/Geral Eu sou tudo aquilo por onde me perco… 420 1.052 03/30/2019 - 17:17 Português