CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Por onde passo não há s’trada.

Não acredito sinceramente em tudo,
Por mais que afirme crer em muito
Que outros creem e aceitem deveras,
Como numa tocha acesa sem fumo,

Sou uma bola de neve negra no futuro
Direto onde quebro, me desfaço areia
No fim de um anónimo fim d’dia, nulo
Pra sentir que sou quem seria, Mórmon

Se fosse pensar quem eu m’penso
E me sinto durante a torácica descida,
Apenso à geometria duma estéril s’fera
Em vidro, oca e baça por dentro, ácida

Ao centro. Sou tudo quanto há a meio
De uma vazia sala sem troféus, ações,
Além das atitudes despidas de gestos
Que decidem o meu decidir moroso,

Processo em que me revelo capaz
De mentir sem o atávico esforço geral
-mente atribuído erroneamente a outros
Mais rapaces que eu me sinto e sou.

Não há na vida uma só verdade clara,
Tão cara quanto a minha, claro que eu
Encarno como meu o sonho que é ser
Senhor do universo, toda a dor do cervo,

Todo o insucesso que soube chamar
De meu, ouso ouvir-me dizendo não sei
Quando me perco, me confunde enredo,
O que acredito ser lei, minto o que sinto

Embora não sinta absolutamente nada,
Por mais que minta a mim próprio e muito,
Sem querer ou querendo dizer o que
Deveras minto, sem ser exato ou certo,

Que sinto, me perdi de mim próprio e
Estranhamente me desconheço, enfim
Caminho, não sou eu nem minha a
Passada, nem por onde passo, s’trada.

Joel Matos (13 fevereiro 2024)

https://namastibet.wordpress.com
http://namastibetpoems.blogspot.com
https://joel-matos.blogspot.com

Submited by

terça-feira, fevereiro 13, 2024 - 21:58

Poesia :

Your rating: None (1 vote)

Joel

imagem de Joel
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 5 dias 12 horas
Membro desde: 12/20/2009
Conteúdos:
Pontos: 42009

Comentários

imagem de Joel

enfim Caminho, não sou eu nem

enfim
Caminho, não sou eu nem minha a
Passada, nem por onde passo, s’trada

imagem de Joel

enfim Caminho, não sou eu nem

enfim
Caminho, não sou eu nem minha a
Passada, nem por onde passo, s’trada

imagem de Joel

enfim Caminho, não sou eu nem

enfim
Caminho, não sou eu nem minha a
Passada, nem por onde passo, s’trada

imagem de Joel

enfim Caminho, não sou eu nem

enfim
Caminho, não sou eu nem minha a
Passada, nem por onde passo, s’trada

imagem de Joel

enfim Caminho, não sou eu nem

enfim
Caminho, não sou eu nem minha a
Passada, nem por onde passo, s’trada

imagem de Joel

enfim Caminho, não sou eu nem

enfim
Caminho, não sou eu nem minha a
Passada, nem por onde passo, s’trada

imagem de Joel

enfim Caminho, não sou eu nem

enfim
Caminho, não sou eu nem minha a
Passada, nem por onde passo, s’trada

imagem de Joel

enfim Caminho, não sou eu nem

enfim
Caminho, não sou eu nem minha a
Passada, nem por onde passo, s’trada

imagem de Joel

enfim Caminho, não sou eu nem

enfim
Caminho, não sou eu nem minha a
Passada, nem por onde passo, s’trada

imagem de Joel

enfim Caminho, não sou eu nem

enfim
Caminho, não sou eu nem minha a
Passada, nem por onde passo, s’trada

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Joel

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Geral Pra lá do crepúsculo 30 782 03/06/2024 - 12:12 Português
Poesia/Geral Por onde passo não há s’trada. 30 1.202 02/18/2024 - 21:21 Português
Poesia/Geral Sonhei-me sonhando, 17 515 02/12/2024 - 17:06 Português
Ministério da Poesia/Geral A alegria que eu tinha 23 531 12/11/2023 - 21:29 Português
Ministério da Poesia/Geral Notas de um velho nojento 7 576 12/06/2023 - 22:30 Português
Ministério da Poesia/Geral (Creio apenas no que sinto) 17 304 12/02/2023 - 11:12 Português
Ministério da Poesia/Geral Vamos falar de mapas 15 1.140 11/30/2023 - 12:20 Português
Ministério da Poesia/Geral São como nossas as lágrimas 9 346 11/28/2023 - 12:11 Português
Poesia/Geral Entrego-me a quem eu era, 28 843 11/28/2023 - 11:47 Português
Ministério da Poesia/Geral O Homem é um animal “púbico” 11 420 11/26/2023 - 19:59 Português
Ministério da Poesia/Geral A essência do uso é o abuso, 1 649 11/25/2023 - 12:02 Português
Ministério da Poesia/Geral Insha’Allah 2 399 11/24/2023 - 13:43 Português
Ministério da Poesia/Geral No meu espírito chove sempre, 12 528 11/24/2023 - 13:42 Português
Ministério da Poesia/Geral Os destinos mil de mim mesmo. 21 573 11/24/2023 - 13:42 Português
Poesia/Geral “Daqui-a-nada” 20 1.143 11/24/2023 - 12:17 Português
Ministério da Poesia/Geral Cada passo que dou 0 514 11/24/2023 - 10:27 Português
Ministério da Poesia/Geral Quem sou … 0 485 11/24/2023 - 10:26 Português
Ministério da Poesia/Geral Ricardo Reis 0 140 11/24/2023 - 10:24 Português
Ministério da Poesia/Geral A dança continua 0 336 11/24/2023 - 10:23 Português
Ministério da Poesia/Geral A importância de estar … 0 336 11/24/2023 - 10:17 Português
Ministério da Poesia/Geral Se eu fosse eu 0 190 11/24/2023 - 10:15 Português
Ministério da Poesia/Geral Má Casta 0 382 11/24/2023 - 10:14 Português
Ministério da Poesia/Geral Neruda Passáro 0 765 11/24/2023 - 10:12 Português
Ministério da Poesia/Geral Pouco sei, pouco faço 0 234 11/24/2023 - 10:11 Português
Ministério da Poesia/Geral Do que tenho dito … 0 442 11/24/2023 - 10:09 Português