CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Lembras-te ?

Lembras-te?

Aquele sitio que tu tão bem conheces amigo…Lembras-te ? Aquele lugar em que estiveste comigo a falar longas horas?  onde  ninguém se refugia, em que as almas terrenas fogem dele, acham-no, a ele, o sitio fastidioso, triste, assustador, frio, arrepiante, desafiador, arrogante, ditador…Lembras-te?

Durante a nossa conversa ela, a tal, estava sempre presente. Estávamos na casa dela e ela está em todas as nossas casas. Mas ali é a sede dela. Lembras-te? Tu sentiste-te mal mas eu bem…Sabes o que eu senti? Uma paz, uma tranquilidade, uma leveza …e o sol estava alto e eu corri tão feliz para junto daqueles que ainda amo tanto…Lembras-te?

E tu achaste tudo tão estranho e criticaste…mas depois compreendestes que afinal é difícil esquecer de um dia para o outro um amor assim…e acompanhaste-me até ao pouso deles…o definitivo…e choraste comigo… O sol continuava alto e um leve e meigo ventinho se pôs e passou próximo de nós e sussurrou-nos:
- Até a um dia…

Ficamos arrepiados…nós sabemos que foi ela…quisemos fugir mas para quê? Ela está sempre presente em nós…tu sabes amigo…mas eu já não tenho medo dela…ás vezes confesso que tenho mais medo de estar deste  lado…A verdade, a tal, aquela… que todos buscamos e procuramos incessantemente ainda não me respondeu…mas amigo o sol continuou ainda alto durante algum tempo…e eu não queria sair dali…confesso que  também achei  estranho, algo me prende àquele sitio…e tu  disseste-me para ter cuidado pois ela chama  por mim.. Ficaste assustado e quiseste fugir …e pensaste que eu estava louca mas vou-te dizer amigo que não troco aqueles momentos fugidios para estar com os outros…os outros…o barulho…a complexidade da sociedade, o poder, o dinheiro, o frenesim da vida. E tu perguntaste com os olhos esbugalhados: - Estás louca? trocas a vida por isto?
E eu ri-me e disse-te:
- que vida? qual vida amigo? Tu vives?

E começaste a correr. E eu ri-me e depois solucei…perdi outro amigo…mais um que me acha louca… e pensei que perder, fugir, sentir, chorar, rir, ganhar…é a vida…e a outra, ela, a tal acompanhou-me até casa como habitualmente…    

Submited by

sexta-feira, agosto 10, 2012 - 22:24

Ministério da Poesia :

Your rating: None Average: 2 (1 vote)

juliabarbosa

imagem de juliabarbosa
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 8 anos 11 semanas
Membro desde: 04/24/2012
Conteúdos:
Pontos: 74

Comentários

imagem de juliabarbosa

Lembras-te

Olá Henrique

Obrigado pelo seu comentário. Já não vinha ao clube há muito tempo.Concordo com o que diz, há muitas formas de recordar e é através destas que se vive. Um abraço
Júlia

imagem de Henricabilio

Existem tantas formas de

Existem tantas formas de recordar
- umas significam vida em movimento, outras
são apenas sofrimento.

1 abraç0o!

Abilio

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of juliabarbosa

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Meditação O Despertar 5 730 10/31/2012 - 22:30 Português
Ministério da Poesia/Meditação Lembras-te ? 2 780 10/30/2012 - 12:51 Português
Poesia/Meditação Monólogo - O fiel 2 767 10/29/2012 - 14:07 Português
Poesia/Amor Foi apenas um sonho 5 936 10/28/2012 - 17:39 Português
Ministério da Poesia/Meditação O fiel 0 1.269 10/28/2012 - 15:44 inglês
Ministério da Poesia/Meditação O fiel 0 1.410 10/28/2012 - 15:44 inglês
Poesia/Meditação Monólogo - O fiel 0 548 10/28/2012 - 15:33 Português
Poesia/Meditação Monólogo - O fiel 0 16 10/28/2012 - 15:33 Português
Ministério da Poesia/Dedicado A velhinha 0 1.162 10/03/2012 - 23:49 inglês
Críticas/Outros A menina que conhecia o mar 2 1.110 09/04/2012 - 14:35 Português
Poesia/Meditação A ultima viagem 4 807 06/05/2012 - 22:59 Português
Críticas/Outros Ser Diferente - Agostinho da Silva - A minha reflexão - Júlia Barbosa 0 1.728 05/16/2012 - 15:37 Português
Críticas/Outros Vinicius de Moraes - Reflexão - Júlia Barbosa 2 793 05/08/2012 - 00:33 Português
Críticas/Outros Vinicius de Moraes - Reflexão - Júlia Barbosa 0 675 05/04/2012 - 14:52 Português
Críticas/Outros Vinicius de Moraes - Reflexão - Júlia Barbosa 0 807 05/04/2012 - 14:51 Português