CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

V de Vitória - Revolução -

Trabalho digno ou V de Vitória Revolução

Julgo que não sou potente
Quanto um rinoceronte,
Nem inocente é esta voz,
-Motor de explosão-aparento
Reacção em cadeia. Basta!

Sejai pirotécnicos, pavios
E não estrelas d’Hollywood
Decadentes, gastas, mortas.
Napoleão tinha um sonho,
Que não era um sonho,

Na verdade a mão nem era ao peito
Mas na glande e na barriga grande,
Não pode ser inocente a arte de
Quem sofre, nem impotente o lorpa,
Gamela-pote de merda-mixórdia,

Boca pode ser cão d’espingarda,
Não sou escasso quanto o bisonte,
Nem Geronimo acreditava,
Haver prado pra toda a gente,
Sou potente e é de pólvora

Que vos falo tb. (boa gente qb),
Sejamos, sejai pirotécnicos, gatilhos
Da morte, Revolução é forja,
Ferro e fogo é o mote, o aguilhão.
Nem mansa é a arte desta glote,

Não pode, nem podem dar-me voz
De prisão, gado gordo é gado morto,
Cavalo bravo é golpe, é galope,
É bairro de pobre, é Maio onde vivo,
Primeiro eu digo -Viva o trabalho

Depois grito – Viva o trabalho
Digno, derrota não dá escola,
Nem pensão é esmola de preto,
Cinco dedos tem uma mão,
Dois juntos -V de Vitória, acção

É pão …

Jorge Santos (05/2018)
http://namastibetpoems.blogspot.com

Submited by

sexta-feira, junho 8, 2018 - 11:16

Ministério da Poesia :

Your rating: None Average: 5 (1 vote)

Joel

imagem de Joel
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 1 dia 2 horas
Membro desde: 12/20/2009
Conteúdos:
Pontos: 40540

Comentários

imagem de Joel

.

.

imagem de Joel

.

.

imagem de Joel

.

.

imagem de Joel

.

.

imagem de Joel

.

.

imagem de Joel

.

.

imagem de Joel

.

.

imagem de Joel

.

.

imagem de Joel

-

-

imagem de Joel

-

-

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Joel

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Ministério da Poesia/Geral Mezzo… 10 516 04/06/2018 - 10:06 Português
Poesia/Geral Despertar é desilusão 10 505 04/06/2018 - 09:57 Português
Poesia/Geral Os idos me são saudosos 10 383 04/06/2018 - 08:37 Português
Poesia/Geral A música pára a vida ... 10 490 04/06/2018 - 08:35 Português
Ministério da Poesia/Geral Felicitas 10 358 04/02/2018 - 11:11 Português
Ministério da Poesia/Geral No fundo. 10 197 03/31/2018 - 11:18 Português
Ministério da Poesia/Geral A missão dos céus 10 275 03/31/2018 - 11:10 Português
Ministério da Poesia/Geral E eu me amarro… 10 1.011 03/29/2018 - 20:01 Português
Ministério da Poesia/Geral Fujo… 10 322 03/29/2018 - 16:43 Português
Ministério da Poesia/Geral Duvido 10 77 03/29/2018 - 10:38 Português
Ministério da Poesia/Geral Não entendo 10 550 03/28/2018 - 17:11 Português
Ministério da Poesia/Geral Trago Estaminal 10 362 03/28/2018 - 17:09 Português
Poesia/Meditação Tenho dias 10 976 03/28/2018 - 17:08 Português
Ministério da Poesia/Geral Acto supremo 10 220 03/28/2018 - 17:06 Português
Ministério da Poesia/Geral Servo Sol… 10 81 03/28/2018 - 16:18 Português
Ministério da Poesia/Geral Chove 10 68 03/28/2018 - 16:16 Português
Ministério da Poesia/Geral Não é preciso pedir… 10 382 03/28/2018 - 16:11 Português
Ministério da Poesia/Geral (Meu reino é um prado morto) 10 487 03/28/2018 - 16:07 Português
Ministério da Poesia/Geral Livre, Astronauta e leve 10 170 03/28/2018 - 16:04 Português
Ministério da Poesia/Geral Morar em volta de meus passos 10 220 03/28/2018 - 15:58 Português
Ministério da Poesia/Geral Sem ser me são, não sendo… 10 94 03/28/2018 - 15:56 Português
Ministério da Poesia/Geral Malmequeres 10 425 03/28/2018 - 15:52 Português
Ministério da Poesia/Geral Cicatrizes hão-de encher-me de poderes … 10 102 03/28/2018 - 15:50 Português
Ministério da Poesia/Geral A lucidez na loucura ou Os cabelos de Berenice 10 140 03/28/2018 - 15:40 Português
Ministério da Poesia/Geral Quando calha… 10 176 03/28/2018 - 15:25 Português