CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Amor entre poetas

Amar um poeta
é amar acima da linha sentida…

Amar um poeta
com o amor da poetisa
é amar
os sentidos sublimes da vida…

Impulsos vibrantes
quando oscilam
do amor para a dor…

Profundo mergulho
nas distintas sensibilidades…

Naufragar no sal
imergir nas areias desérticas
emergir num manto anil…

Amar um poeta
no amor da poetisa
é transpor a demência da loucura sadia…

É amar perdidamente
chorar docemente
assim como quem canta
no bico de uma águia
a voar a planície
e os píncaros do “Everest” com vida…

O amor entre poetas
é amar o destino destemidamente
como quem sente assim
livremente as páginas da existência
com reverência…

 

Submited by

quinta-feira, outubro 20, 2011 - 07:00

Poesia :

No votes yet

AnaCoelho

imagem de AnaCoelho
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 6 anos 26 semanas
Membro desde: 11/14/2008
Conteúdos:
Pontos: 1789

Comentários

imagem de RICARDORODEIA

Maravilhoso!"Maravilhado"! 

Maravilhoso!

"Maravilhado"!

 

... só uma dúvida me inquieta a existência... interferências que sinto a intermitencias ... entre a emoção que experimentei

e a consciência de que o poeta, não é simplesmente e apenas poeta... mas todas as outras coisas mais...

 

sublime

 

parabéns ao Teu Coração.

 

Abraço. 

imagem de RZorpa

Confesso a minha

Confesso a minha vulnerabilidade, como me sinto pequeno, perante o Belo. É como se fosse anestesiado e encantado ficasse...

Assim me sinto, perante este poema...

Rz

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of AnaCoelho

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Meditação Densidade do olhar 2 1.500 03/15/2018 - 09:38 Português
Poesia/Amor Contigo aprendi a sonhar 2 1.500 03/15/2018 - 09:37 Português
Poesia/Meditação Onde as nuvens pousam 1 1.012 11/07/2015 - 11:14 Português
Poesia/Meditação Lágrimas quentes 0 1.181 12/22/2012 - 20:02 Português
Poesia/Amor Juntos galgaremos as margens 0 1.595 12/20/2012 - 02:10 Português
Poesia/Aforismo Há uma pauta aberta 0 1.015 10/08/2012 - 06:36 Português
Poesia/Intervenção Fazer das letras os gestos 0 1.726 07/21/2012 - 21:14 Português
Poesia/Meditação Os vales da realidade 3 1.007 07/09/2012 - 08:10 Português
Poesia/Meditação Um oásis que flutua 0 580 06/25/2012 - 16:33 Português
Poesia/Dedicado Não há lábios nem lágrimas 0 1.288 06/24/2012 - 12:16 Português
Poesia/Meditação Num grito estagnado 1 1.255 06/21/2012 - 18:21 Português
Poesia/Amizade Amigo...preenchimento do verbo amar 1 1.258 06/20/2012 - 20:54 Português
Poesia/Meditação Cadências cálidas 1 1.083 06/14/2012 - 10:10 Português
Poesia/Meditação Esquina da palavra 1 1.723 06/13/2012 - 08:40 Português
Poesia/Intervenção Pura ilusão cega 3 1.203 04/15/2012 - 17:35 Português
Poesia/Meditação Esquina de cada utopia 1 1.381 01/06/2012 - 17:32 Português
Poesia/Meditação Os braços sonham ser asas 0 1.690 12/31/2011 - 01:49 Português
Poesia/Meditação Mar de nada 1 1.418 12/11/2011 - 19:44 Português
Poesia/Meditação Traição do destino 0 1.406 12/04/2011 - 22:41 Português
Poesia/Meditação Caminho aberto 0 1.298 11/30/2011 - 22:23 Português
Poesia/Meditação Desígnios da vida 0 1.129 11/29/2011 - 21:06 Português
Poesia/Amor Amor entre poetas 2 2.344 10/20/2011 - 13:08 Português
Poesia/Dedicado Agora Setembro Renasce 0 2.760 09/23/2011 - 05:35 Português
Poesia/Meditação Os argumentos de um poema 0 2.116 09/22/2011 - 03:49 Português
Poesia/Meditação EXCERTOS DA ALMA 1 1.842 09/19/2011 - 15:25 Português