CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Os vales da realidade

Depois do último caminho
quero estar no centro do sonho
saber que na vida
o amor foi o motor de busca
no corpo perdido...

Na alma sentir
o aroma da terra molhada
num dia de Primavera
onde as folhas de Outono
se enrolam em sorrisos...

No banco da solidão
escrever poemas da vida
onde cabem todas as formas...

Descer num palmilhar quente
os vales da realidade
com o arco-íris pintado nos lábios
apenas por saber
que um só verso teve reverso!

Deixo aqui um apelo
UM LIVRO POR UM BOM MOTIVO!
https://www.facebook.com/VamosAjudarAMarianaLivros
O caso da Mariana é real mora aqui ao meu lado

Submited by

sábado, julho 7, 2012 - 19:19

Poesia :

Your rating: None (1 vote)

AnaCoelho

imagem de AnaCoelho
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 5 anos 14 semanas
Membro desde: 11/14/2008
Conteúdos:
Pontos: 1789

Comentários

imagem de Nanda

Aninha

Na realidade na tua poesia sente-se o amor que a constroi em todas as suas formas.
Beijinho
Nanda

imagem de Rafael Neves

Onde sentir que não se

Onde sentir que não se sente
é ser um copo a transbordar
de dádivas, alegrias vãs e quentes
tinta para pintar o vale
da realidade em tons de sonho,
e acordar para ele.

Poema muito inspirador :)

imagem de Henrique

Vales da realidade onde vale

Vales da realidade onde vale tudo!!!

Perder para encontrar...

Renascer de todas as mortes...

Dar verso a todos os reversos...

Bj :-)

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of AnaCoelho

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Meditação Densidade do olhar 2 894 03/15/2018 - 09:38 Português
Poesia/Amor Contigo aprendi a sonhar 2 1.003 03/15/2018 - 09:37 Português
Poesia/Meditação Onde as nuvens pousam 1 512 11/07/2015 - 11:14 Português
Poesia/Meditação Lágrimas quentes 0 850 12/22/2012 - 20:02 Português
Poesia/Amor Juntos galgaremos as margens 1 1.078 12/20/2012 - 09:00 Português
Poesia/Aforismo Há uma pauta aberta 0 794 10/08/2012 - 06:36 Português
Poesia/Intervenção Fazer das letras os gestos 0 1.374 07/21/2012 - 21:14 Português
Poesia/Meditação Os vales da realidade 3 568 07/09/2012 - 08:10 Português
Poesia/Meditação Um oásis que flutua 0 402 06/25/2012 - 16:33 Português
Poesia/Dedicado Não há lábios nem lágrimas 0 879 06/24/2012 - 12:16 Português
Poesia/Meditação Num grito estagnado 1 854 06/21/2012 - 18:21 Português
Poesia/Amizade Amigo...preenchimento do verbo amar 1 784 06/20/2012 - 20:54 Português
Poesia/Meditação Cadências cálidas 1 668 06/14/2012 - 10:10 Português
Poesia/Meditação Esquina da palavra 1 1.395 06/13/2012 - 08:40 Português
Poesia/Intervenção Pura ilusão cega 3 704 04/15/2012 - 17:35 Português
Poesia/Meditação Esquina de cada utopia 1 1.017 01/06/2012 - 17:32 Português
Poesia/Meditação Os braços sonham ser asas 0 1.410 12/31/2011 - 01:49 Português
Poesia/Meditação Mar de nada 1 938 12/11/2011 - 19:44 Português
Poesia/Meditação Traição do destino 0 981 12/04/2011 - 22:41 Português
Poesia/Meditação Caminho aberto 0 1.011 11/30/2011 - 22:23 Português
Poesia/Meditação Desígnios da vida 0 774 11/29/2011 - 21:06 Português
Poesia/Amor Amor entre poetas 2 1.923 10/20/2011 - 13:08 Português
Poesia/Dedicado Agora Setembro Renasce 0 2.353 09/23/2011 - 05:35 Português
Poesia/Meditação Os argumentos de um poema 0 1.593 09/22/2011 - 03:49 Português
Poesia/Meditação EXCERTOS DA ALMA 1 1.439 09/19/2011 - 15:25 Português