CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Dentro da Configuração

Na câmara de mil insectos
espero sentado, amarrado...
Amarrado a grilhões e ao medo
rodeado de insectos
As moscas que me acompanham
As aranhas que me atormentam
Aranhas que tecem teias,
cortinas e armadilhas
em cada canto, em cada sombra
e apanham moscas
que se prendem nos cantos, nas sombras
e sumbem desesperadas,
amarradas a grilhões e ao medo
como eu estou nesta câmara...

Luz trémula, pálida e doentia...
Passo a passo, com pés de lã
Vem ela...vem até mim, cruel assassina
pelos portais de sombra até à luz trémula.

Na câmara de mil horrores
ela tem-me sentado, amarrado...
amarrado a grilhões e ao medo.
Dedos perscrutantes
captura gritos em molduras de pregos
o frio do aço que arrepia
o calor da adrenalina que sobe com o medo.
Sou mosca nesta teia
e ela aranha que atormenta.
Força-me ao rosto a máscara,
a face do desgosto e desespero,
entrelaça-me no seu jogo de venenos
a lâmina gélida num beijo
neste frio...frio nesta câmara.

Tortura...tudo isto e muito mais
Tormento...todos estes e muitos mais
A luz trémula que falha e depois regressa
As sombras que viram costas a tamanho horror
O silêncio dos gritos capturados no aço
Os sons ténues de calor e humidade sanguinea
Tortura...todas estas e muitas mais
Tormento...tudo isto e muito mais
O medo enloquecedor de tudo ainda não feito
Os cantos sombrios que vertem terror
A máscara e seu propósito negro e macabro
As sombras...essas viram costas a tamanho horror

Luz trémula, pálida e doentia...
Passo a passo, pé ante pé, ela recua
Recolhe seus instrumentos e regressa
aos portais de sombra, longe da luz trémula.

-------
The torture chambers - 2005

Submited by

sexta-feira, março 7, 2008 - 11:55

Poesia :

No votes yet

Ishmael

imagem de Ishmael
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 8 anos 23 semanas
Membro desde: 03/07/2008
Conteúdos:
Pontos: 134

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Ishmael

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Paixão A tua Arte 4 312 03/10/2011 - 00:21 Português
Poesia/Paixão (sem título) 5 351 03/10/2011 - 00:20 Português
Poesia/Paixão Marialva 3 380 03/10/2011 - 00:19 Português
Poesia/Gótico A Carne tornou-se Arte 5 346 03/10/2011 - 00:17 Português
Fotos/ - 10 0 824 11/24/2010 - 00:33 Português
Poesia/Geral Máscara de Fogo 0 790 11/17/2010 - 18:31 Português
Poesia/Geral Máscara de Fogo 0 897 11/17/2010 - 18:31 Português
Poesia/Tristeza Dentro da Configuração 0 717 11/17/2010 - 18:31 Português
Poesia/Soneto Tortura 0 613 11/17/2010 - 18:31 Português
Poesia/Desilusão Cidade 4 352 03/14/2010 - 16:24 Português
Poesia/Fantasia Insaciáveis 1 291 03/04/2010 - 13:36 Português
Poesia/Soneto Mão Fria 1 267 02/28/2010 - 15:48 Português
Poesia/Desilusão Sangue 1 323 02/28/2010 - 14:46 Português
Poesia/Alegria Máscara de Fogo 2 321 02/27/2010 - 22:33 Português
Poesia/Erótico Poema físico 1 272 02/27/2010 - 21:50 Português
Poesia/Dedicado A Fiel Amante 2 253 02/27/2010 - 21:28 Português
Poesia/Tristeza Arma 2 431 02/27/2010 - 16:20 Português
Poesia/Gótico Dentro da Configuração 1 243 02/27/2010 - 15:48 Português
Poesia/Tristeza perpétuo efémero 2 224 02/26/2010 - 18:59 Português
Poesia/Tristeza Isolusionismo 2 381 02/26/2010 - 18:21 Português
Poesia/Soneto Escarlate 1 500 02/23/2010 - 20:04 Português
Poesia/Soneto Tortura 1 328 02/07/2010 - 15:05 Português
Poesia/Tristeza Os Afogados 2 277 09/26/2009 - 22:52 Português
Poesia/Meditação Pulso 2 262 08/19/2009 - 11:03 Português
Poesia/Dedicado Presença 2 286 05/06/2009 - 22:20 Português