CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Eis Aqui e Agora, O Meu Conceito De Amor.

Eis Aqui e Agora o Meu Conceito De Amor.

O que é o amor?
Será apenas um acaso na química cerebral?
Não baby, eis superior
Eis algo maior, sem igual.

É um riacho sentimental
Não, maior ainda, são todos os mares
Todas as águas, tudo o que há de natural
Eis pura poesia, eis todos os pares.

Todas as águas do mundo numa caichoeira só
E quero me banhar de tudo isso, de toda ela
Sentir o peso do amor no meu corpo
Me afogando por puro prazer, um prazer que me completa.

Eis um mistério, eis uma mágica
Não é perfeito nem pontual
Eis fatal como no meu peito uma faca
E eis belo e leal.

Eis um sonho que se realiza
E sendo momentâneo ou não
É o poder da conquista
É o chamado do coração
E que me chega como um furacão.

Não existem barreiras no amor
Ele cura qualquer dor
O amor é capaz de tudo
Ele te faz levitar
Ele faz falar um mudo
Ele faz um morto ressucitar
E exagerando mais em fundo
Faz um cego olhar
Faz um aleijado andar
Faz um machista amar.

Porque o amor é isso
É o pai do impossível, quem ama é imortal
É um toque superior que me toca
E que me leva ao ápse de um orgasmo sentimental
Me livra do peso de ser um mero mortal
E me liberta para novos caminhos do amor real.

Eis aqui e agora, o meu conceito de amor
Eis aqui e agora, todo o sentimentalismo de um ator
Eis aqui e agora, todo poder milagroso que este sentimento nos tras
Eis aqui e agora, o orgasmo infinito, e todo o prazer que me satisfaz.

=]

Submited by

quarta-feira, maio 5, 2010 - 04:58

Poesia :

No votes yet

Giovane

imagem de Giovane
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 8 anos 23 semanas
Membro desde: 02/01/2010
Conteúdos:
Pontos: 351

Comentários

imagem de Henrique

Re: Eis Aqui e Agora, O Meu Conceito De Amor.

Bom poema!!!

:-)

imagem de Librisscriptaest

Re: Eis Aqui e Agora, O Meu Conceito De Amor.

"É um riacho sentimental
Não, maior ainda, são todos os mares
Todas as águas, tudo o que há de natural
Eis pura poesia, eis todos os pares."

De facto o amor tem a fluidez da agua, porque atravessa tudo e se não o soubermos beber, se apenas o quisermos segurar, ele escapa-se por entre os dedos...
Beijinho em ti, Giovane
Inês Dunas

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Giovane

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Soneto Hipertensão (Hipertenluz). 1 589 04/19/2011 - 23:31 Português
Fotos/ - 3002 0 746 11/23/2010 - 23:53 Português
Fotos/ - 3003 0 892 11/23/2010 - 23:53 Português
Fotos/ - 3001 0 971 11/23/2010 - 23:53 Português
Fotos/ - Assis, Giovane 0 868 11/23/2010 - 23:53 Português
Poesia/Amor O Pobre Poeta Pintado De Várias Faces. 0 439 11/18/2010 - 15:31 Português
Poesia/Geral Proibido Proibir. 0 435 11/18/2010 - 15:04 Português
Poesia/Paixão De Acordo Com a Música. 0 434 11/18/2010 - 15:01 Português
Poesia/Desilusão Desiludido e Solitário. 0 495 11/18/2010 - 15:01 Português
Poesia/Desilusão A Tea From My Tears. 1 332 05/30/2010 - 13:01 Português
Poesia/Paixão Coração Perpétuo. 1 588 05/17/2010 - 23:08 Português
Poesia/Paixão Garota Rara. 1 446 05/10/2010 - 01:17 Português
Poesia/Amor Eis Aqui e Agora, O Meu Conceito De Amor. 2 522 05/06/2010 - 20:39 Português
Poesia/Pensamentos Perguntas Sem Respostas? 1 420 05/06/2010 - 20:39 Português
Poesia/Amor Meus Dons. 2 725 05/04/2010 - 21:33 Português
Poesia/Amor Cosmopolita Dos Amores. 1 478 04/30/2010 - 21:53 Português
Poesia/Geral Pra Longe Dessa Paranóia. 1 577 04/30/2010 - 21:20 Português
Poesia/Desilusão Realidade Cruel. (Desafio Poético) 1 653 04/29/2010 - 00:03 Português
Poesia/Geral Oh! Minha Terra. 1 455 04/29/2010 - 00:02 Português
Poesia/Pensamentos O Martelo Do Poder. 1 476 04/21/2010 - 15:57 Português
Poesia/Paixão Vem e Acaba Comigo. 1 667 04/21/2010 - 15:57 Português
Poesia/Paixão Quem Sabe Um Dia? 2 562 04/21/2010 - 15:56 Português
Poesia/Amor Ah! O Amor. 1 534 04/17/2010 - 04:25 Português
Poesia/Geral Comodismo Fatal. 1 513 04/14/2010 - 17:43 Português
Poesia/Desilusão Alarme Falso. 0 878 04/14/2010 - 07:00 Português