CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Erros...

Decepção seguida de sofrimento
Assim é a vida, não tem como escapar
Amores passageiros
É o que se encontra se quer amar

Uma coisa rápida, insípida, estúpida
Não tem solução essa é a regra
Não se burla o tempo
Não é questão de opção

Vida cruel? Que nada.
Sonhos cruéis quer dizer. Ilusão cruel.
Fetiches e escolhas fazem o meu dia
E do sofrimento é amigo fiel

Mas se o coração insiste
O que se pode fazer?
Ser feliz enquanto se pode
Arriscar-se sem medo de sofrer

Erro é parte da vida
A decepção é seguida de sofrimento...
Mas mesmo assim eu amo!
Sou feliz, ou tento, mesmo que seja só naquele momento.

Submited by

quinta-feira, fevereiro 17, 2011 - 00:34

Poesia :

No votes yet

L.S. Paiva

imagem de L.S. Paiva
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 7 anos 48 semanas
Membro desde: 01/28/2011
Conteúdos:
Pontos: 526

Comentários

imagem de MarneDulinski

Erros...

L.S.Paiva!

 

Erro é parte da vida
A decepção é seguida de sofrimento...
Mas mesmo assim eu amo!
Sou feliz, ou tento, mesmo que seja só naquele momento.

Em toda união existe um prliminar conhecimento, namoro, noivado (quando não direto). e casamento, mas para isso, é necessário uma progressão no relacionamento, para haver o conhecimento, as vezes não dá certo, não quer dizer que foi uma aventura, faz parte da vida, de toda união, de todo relacionamento, pode dar certo ou nãoi!

Meus parabéns,

MarneDulinski

imagem de L.S. Paiva

Sábias palavras amigo

Sábias palavras amigo MarneDulinski o poema erros... é uma forma de demostrar que pra crescer e vencer é necessário uma longa jornada cheia de quedas, progressos e derrotas!

Decepção amorosa seguida de paixão! Ida e volta na repetição!

 

Grato.

L.S.Paiva

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of L.S. Paiva

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Aforismo Eterno teatro 6 977 03/13/2011 - 02:52 Português
Anúncios/Outros - Oferece-se Fragmentos - Uma nova forma de poesia... (1º Livro do Autor) 0 1.024 03/08/2011 - 04:18 Português
Poesia/Aforismo Suindara' 4 1.537 02/25/2011 - 15:31 Português
Poesia/Aforismo Voluntários 2 972 02/17/2011 - 15:15 Português
Poesia/Dedicado Impossível tradução 2 937 02/17/2011 - 15:11 Português
Poesia/Dedicado Não é tarde 2 898 02/17/2011 - 15:09 Português
Poesia/Dedicado Desabafo 2 678 02/17/2011 - 15:07 Português
Poesia/Geral Um novo desafio 4 922 02/17/2011 - 15:04 Português
Poesia/Geral Reflexos e reflexões 1 946 02/17/2011 - 05:56 Português
Poesia/Dedicado Pequeno presente 2 995 02/17/2011 - 05:16 Português
Poesia/Dedicado Abraço coletivo 2 927 02/17/2011 - 05:14 Português
Poesia/Dedicado Revelação 2 596 02/17/2011 - 05:00 Português
Poesia/Dedicado Revelação 2 672 02/17/2011 - 04:54 Português
Poesia/Geral É quando o jogo vira 2 890 02/17/2011 - 04:46 Português
Poesia/Aforismo A vida e seus conceitos 2 833 02/17/2011 - 04:44 Português
Poesia/Aforismo O que move o poeta 2 761 02/17/2011 - 04:42 Português
Poesia/Geral Não insista 2 693 02/17/2011 - 04:40 Português
Poesia/Geral Erros... 2 756 02/17/2011 - 04:37 Português
Poesia/Dedicado Esta declaração se procede 2 770 02/17/2011 - 04:33 Português
Poesia/Dedicado Surpresas 2 728 02/17/2011 - 04:30 Português
Poesia/Dedicado Surpresas 2 778 02/17/2011 - 04:28 Português
Poesia/Amor Inestimável é o poder de amar 2 775 02/17/2011 - 04:26 Português
Poesia/Geral Antecipação 2 931 02/17/2011 - 04:22 Português
Poesia/Geral A pior dor humana 2 620 02/17/2011 - 04:20 Português
Poesia/Dedicado Espero-te 2 655 02/17/2011 - 04:17 Português