CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

[Sina]

Entre calçadas
Prédios se erguem,
Na mesma velocidade
Que as pessoas se afastam.

Buracos em ruas mal feitas
Que servem apenas para serem preenchidos,
Com demagogias e discursos vazios.

Pseudos intelectuais
Com frases em outdoor...
Liderando a manada
Para lugar nenhum.

Mais do mesmo
Para massagear o ego,
De uma classe que vive de distopias.

Entre o nascer e o pôr do sol
O tempo corre dentro de ônibus lotados,
Mas vazios de esperança.

Monotonia, rotina...
Aflições do dia a dia,
Tolices, de uma vida cretina.

Reféns da estrutura,
Da falta de escolhas.
De oportunidades,
Que nunca aconteceram.

Repetindo orações,
Lagrimas e medo.
O poder muda de mãos
Mas é sempre mais do mesmo.

Nascer, sobreviver e morrer sem se perceber.
Seres descartáveis, discursos para propaganda...
Slogan, debate fútil da semana.

Salvadores da pátria
Não salvam a esperança,
Afoga-se em palavras
Repetidas no espelho.

Tentando se convencer
Ser o dono do poder,
Velhas coroas...
Para novos reis.

A sina...
Não se esconde de olhares
Acostumados a sofrer.

Uma hora, um dia, uma vida...

Pra quem não existe,
Tanto faz, como tanto fez.

Pablo Danielli

Submited by

terça-feira, julho 17, 2018 - 14:24

Poesia :

No votes yet

Pablo Gabriel

imagem de Pablo Gabriel
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 1 semana 6 horas
Membro desde: 05/02/2011
Conteúdos:
Pontos: 2851

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Pablo Gabriel

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Meditação [Círculos] 0 40 03/12/2019 - 16:34 Português
Poesia/Meditação [Mundo] 0 185 12/07/2018 - 19:47 Português
Poesia/Meditação [Curtido] 0 174 11/26/2018 - 19:20 Português
Poesia/Meditação [Caminhar] 0 240 11/21/2018 - 13:21 Português
Críticas/Outros [A filosofia do povo] 0 308 10/30/2018 - 13:13 Português
Poesia/Meditação [Morto] 0 318 10/25/2018 - 18:56 Português
Poesia/Meditação [Novos velhos] 0 260 10/24/2018 - 13:52 Português
Poesia/Meditação [Preço] 0 318 10/23/2018 - 14:12 Português
Poesia/Meditação [Destempero] 0 270 10/05/2018 - 20:19 Português
Poesia/Meditação [Brasília] 0 234 08/03/2018 - 19:28 Português
Poesia/Meditação [Enlatado] 0 781 07/24/2018 - 14:13 Português
Poesia/Meditação [Malandro] 0 291 07/19/2018 - 14:11 Português
Poesia/Meditação [Sina] 0 503 07/17/2018 - 14:24 Português
Poesia/Meditação Escolhas e liberdades 0 438 07/16/2018 - 13:21 Português
Críticas/Outros [A morte do jornalismo] 0 771 06/22/2018 - 19:53 Português
Poesia/Meditação [Epifania] 0 610 06/20/2018 - 20:18 Português
Poesia/Meditação [Vida] 0 626 06/04/2018 - 14:31 Português
Poesia/Meditação [Cajado] 0 394 04/30/2018 - 17:36 Português
Poesia/Amor [J] 0 392 03/27/2018 - 20:10 Português
Poesia/Amor [Olhos castanhos] 2 302 03/20/2018 - 10:58 Português
Poesia/Meditação [Poesia do fim] 2 476 03/14/2018 - 20:46 Português
Poesia/Meditação [Tudo é silêncio] 0 422 11/07/2017 - 13:26 Português
Poesia/Amor [Teus] 0 565 10/10/2017 - 14:39 Português
Poesia/Meditação [Ilusão] 2 366 05/09/2017 - 20:09 Português
Poesia/Pensamentos [Vida] 0 644 05/09/2017 - 20:05 Português