CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

um resto de sonho...

reflecte-se a lua sobre os telhados

a frescura da noite roça-me o rosto,

vinda da folhagem do salgueiro,

ali do lado oposto.

trago os olhos fatigados,

mas hei-de subir a encosta,

com meu traje domingueiro,

solto ao vento fitas de cor

e o tempo deixa de correr

nos cabelos trago flor

nos lábios um riso florido,

e bordado a seda o lenço

com meu nome

e apelido.

e eu sem senso...

vou ter forças para tanto?

sonhos são borboletas tontas

à vida ando deitando contas,

gemeu-me o coração e eu fiquei

à espera...

e o tempo me falou...

tudo o que sonhas, passou,

e quem espera desespera.

minha esperança anda p'lo chão

silêncio em mim... e de verdade?

descubro que é a saudade

onde estou

e onde vou,

com ela abraço a vida,

causa-me estremecimento,

se apodera do pensamento,

é ferida,

que faz doer,

se cruza nos meus dias

num tempo sem saber

que lágrimas, também são

feitas de alegrias.

luto contra a dureza

do tempo e dos traços sorrateiros

que em mim fez nascer

com clareza

e brevidade,

um pássaro os veio trazer

numa manhã de vento e saudade.

natalia nuno

rosafogo

Submited by

sexta-feira, janeiro 25, 2013 - 11:29

Poesia :

No votes yet

natalianuno

imagem de natalianuno
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 1 ano 13 semanas
Membro desde: 12/17/2009
Conteúdos:
Pontos: 697

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of natalianuno

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Desilusão adeus ao que não volta mais... 1 647 07/23/2019 - 16:47 Português
Fotos/História Templo de Ho Che Minh/Camboja 0 732 07/23/2019 - 14:41 Português
Fotos/Cidades Hong Kong 0 731 07/23/2019 - 14:33 Português
Poesia/Geral palavras d'água... 0 531 04/07/2019 - 12:18 Português
Poesia/Desilusão foi ao espelho e nunca mais voltou... 0 613 04/14/2016 - 16:46 Português
Poesia/Desilusão não matem os pássaros 0 683 04/14/2016 - 16:41 Português
Poesia/Desilusão pequena prosa poética 0 723 04/06/2016 - 23:11 Português
Poesia/Amor palavras por dizer... 0 585 04/05/2016 - 17:25 Português
Poesia/Amor passo o tempo a desejar-te 0 639 04/05/2016 - 17:18 Português
Poesia/Desilusão já não me sei... 2 627 04/05/2016 - 17:13 Português
Poesia/Geral tantas ilusões... 0 622 04/02/2016 - 16:29 Português
Poesia/Geral um resto de sonho... 0 881 01/25/2013 - 11:29 Português
Fotos/Cidades MOSCOVO-METRO 0 1.516 01/23/2013 - 00:13 Português
Fotos/História CHINA-MURALHA 0 1.561 01/23/2013 - 00:06 Português
Poesia/Meditação sonho dum momento só meu 6 1.003 01/22/2013 - 23:19 Português
Poesia/Geral desafio o silêncio 4 1.382 01/21/2013 - 23:58 Português
Poesia/Amor MEU AMOR 5 1.266 01/21/2013 - 15:36 Português
Poesia/Dedicado gosto de coisas simples 1 1.276 08/11/2012 - 19:19 Português
Poesia/Desilusão NO EXÍLIO DA MEMÓRIA 3 1.097 06/01/2012 - 18:44 Português
Poesia/Desilusão ESPELHO D'ÁGUA 1 929 04/26/2012 - 22:04 Português
Poesia/Tristeza ENTRE O SONHO E O VAZIO 5 1.147 04/19/2012 - 21:13 Português
Poesia/Geral GOTAS DE ORVALHO 3 981 04/17/2012 - 18:03 Português
Poesia/Geral ALGUÉM ME ABRIU OS BRAÇOS 4 796 04/17/2012 - 17:53 Português
Fotos/Monumentos CATEDRAL D'UOMO MILÃO 0 4.700 04/13/2012 - 14:27 Português
Fotos/Monumentos Catedral de Milão 0 1.784 04/13/2012 - 14:22 Português